Consultório Etimológico

Pergunta #483

Queria saber se o nome Agamenon e o do santo S. Agapito são relacionados e qual o país de origem.

Resposta:

Péricles:
Esses dois nomes são de origem grega, tal como o seu.
O primeiro era AGAMÉMNON, formado por ÁGAN, prefixo de reforço, e MÉMNON, de MÉNO, “ficar, permanecer”. O significado é “aquele que é muito firme na luta”.
“Agapito”éra AGAPITÓS, “amado”, de AGAPÁO, “receber bem, amar”.

Pergunta #482

Mas, professor, qual a forma grega para “cultura”, ela possui as mesmas denotações?

Resposta:

JD:
Para dizer “Cultura” no sentido de “conhecimentos, uso da mente”, em Grego se dizia PAIDEÍA (para falar em “cultivar a terra”, a palavra era outra).
Esta palavra também abrangia os significados “Educação, Educação Infantil”. É usada como sufixo, por exemplo, em “Enciclopédia”.

Pergunta #481

Qual o origem da palabra Brasil e de brasileiro?

Resposta:

Edmilson:
“Brasileiro” deriva de “Brasil”.
E este? Não há certza absoluta.
A explicação mais usada é de que o nome vem do Pau-Brasil (Caesalpinia echinata), madeira que existia em abundância no país e que era usada para fabricar um corante vermelho.
O nome da árvore viria da mesma raiz que originou a palavra “Brasa”, devido à cor.
No entanto, os Árabes traziam para a Europa, desde o século 9, uma madeira que era usada com as mesmas finalidades e que tinha exatamente o mesmo nome.
A outra hipótese se baseia no fato de que, em mapas anteriores à nossa descoberta oficial, se aponta para a existência de uma ilha chamada “Berzil” ou “Brazil” para estas bandas do oceano. A origem deste nome para a ilha não é conhecida.
O nome do país foi “Vera Cruz” até meados do século 16, quando mudou para “Brazil”.
Será que o responsável viu os tais mapas antigos e gostou mais daquele nome? Ninguém sabe.

Pergunta #480

Obrigado, professor.

Mas também preciso da origem da palavra “cultura” e quero saber se o adjetivo “culto” tem a mesma derivação.

Preciso ainda da forma grega para a palavra “amor”.

Até mais.

Resposta:

JD, Filósofo:
“Cultura” e “Culto” vêm do Latim COLERE, “plantar, cultivar”. CULTUS era o resultado da plantação, a colheita.
Por extensão metafórica, o conhecimento, que também é semeado, regado (com horas de leitura em vez de água) e, espera-se, colhido mais tarde, recebeu este nome.
Um “Culto” religioso é uma maneira de plantar a aceitação divina.
“Amor, carinho, amizade” em Grego era AGÁPE. Esse nome foi dado às confraternizações dos cristãos primitivos, muitas vezes feitas em torno de uma refeição. Acabou mudando de lugar o acento e virando sinônimo de “banquete” em nossa língua: “Ágape”.

Pergunta #479

Por favor: o correto é “sobrancelha” ou “sombrancelha”? E qual a origem dessa palavra?
Outra: “bigode”. De onde vem?

Um abraço!

Resposta:

André:
“Sombrancelha” nunca! As pessoas às vezes dizem assim por semelhança com “sombra”, talvez pensando que o nome vem de que esses apêndices pilosos lançam sombra sobre os olhos. Nada disso. A palavra vem do Latim SUPER CILIUS, “sobre os cílios”.
“Bigode” tem uma origem controversa. No século 12, era um desaforo usado contra os Normandos. Parece que se origina de um resmungo do Germânico, BI GOTT! (por Deus!), que eles diriam enquanto mexiam no bigode.
Parece colorido demais para ser verdade, mas é o que sempre surge nas fontes.

Pergunta #478

Palavras: grama , teca

origem da palavra graga: grama e teca

Resposta:

Reinaldo:
Para iniciar, há duas palavras que resultaram em “Grama” em nosso idioma.
A primeira é Grega, GRÁMMA; queria dizer “letra do alfabeto” e depois assumiu o significado de “pequeno peso”. Passou para o Latim como GRAMMA, querendo dizer “unidade, objeto pequeno”.
Ela originou o nosso “Grama” como unidade de peso do Sistema Métrico Decimal. Pela origem, pertence ao gênero masculino.
No Latim havia GRAMEN, referente a plantas relvosas, que passou a “Grama”, esta do gênero feminino.
“Teca” não é uma palavra em si, mas um sufixo. Colocado depois de uma palavra, indica “conjunto, coleção”: “biblioteca”, por exemplo.
Vem do Grego TÉKHE, “depósito, lugar de guarda”, do verbo TÍTHENAI, “colocar”.

Pergunta #477

Como se originou a expressão “PRATA DA CASA”?

Resposta:

José:
Esta expressão vem da época em que eram comuns os faqueiros de prata nas casas distintas.
“Fazer as honras à prata da casa” significava comer em casa mesmo, sem usar faqueiro – “as pratas” – alheio.
A frase é muito expressiva; usa-se agora para indicar o recurso ao que é “da casa”, da região, do país.
Dizer que “fulano é prata da casa” é dizer que ele foi preparado naquele mesmo lugar: “Nosso reitor é prata da casa” – ele cursou ali sua faculdade, pós-graduações, etc.

Pergunta #476

Por favor, queiram me responder a origem da palavra PAPEL. Mais precisamente “blocos de papel”, aqueles que são usados, nos escritórios, como rascunhos.

“quero saber se essa palavra tem origem grega,latina, etc. E se tiver qual é o significado”.

Preciso de uma resposta rápida.
muito obrigado.

Resposta:

Sidiney:
“Papel” vem do Grego PÁPYROS, derivado de um palavra egípcia que nomeava a folha de uma determinada planta que servia para fazer um material semelhante ao papel. Esta planta acabaria se chamando “Papiro” mesmo.
Do Grego passou ao latim como PAPYRUS.
“Bloco de papel” é uma expressão adotada pela semelhança física das folhas amontoadas com um pedaço de tábua, ou bloco de madeira.

Pergunta #475

Olá, professor, preciso da origem da palavra “forma”, por favor.

Eu também fui a um festival de dança típica espanhola e me veio uma curiosidade, a origem da palavra “castanhola”, qual seria?

Obrigado.

Resposta:

Filósofo:
“Forma” vem do Latim FORMA, “molde, forma, contorno”.
Muitos relacionam essa palavra por metátese ao Grego MORPHÉ, de mesmo significado.
Essa palavra tem muitos derivados, entre os quais “fórmula”, “uniforme”, “formal”, “formato”.
“Castanhola” vem do Espanhol CASTAÑUELA ou CASTAÑETA, nome do instrumento feito com duas metades arredondadas de madeira.
E este nome vem de CASTAÑA, “castanha” (Latim CASTANEA), pela semelhança de forma e cor.

Pergunta #474

Dr.Alaúzo:
Voltando de um belo concerto de piano,coincidiu que abrisse um livro de poemas de Emily Dickinson e o primeiro verso lido foi:
He fumbles at your Soul
As Players upon the Keys…
Aproveito para perguntar a origem de SOUL, que considero uma linda palavra inglesa.
Muito obrigada.

Resposta:

Maria Tereza:
Assistir a cocertos parece que a eleva mais ainda e lhe dá uma coceirinha de saber origens. Recomendo a todos seguirem este exemplo.
SOUL, “alma” em Inglês, vem de uma palavra Germânica pré-histórica SAIWALO. E esta era relacionada ao Grego AIÓLOS, que continha as conotações de “rápido, resplandescente, cambiante, mutável”.
Em todas as culturas humanas se faz esta associação da alma com algo insubstancial, leve, um sopro.
Para benefício de outros leitores, traduzimos esse trecho da poesia, tão bonito:
“Ele mexe com a sua alma
Como pianista com as teclas…”

Pergunta #473

Minha sobrinha Fulustreca é levada da breca. Qual a origem da expressão?

Resposta:

Val:
Acho que a sua sobrinha, de tão interessante nome, talvez precise de uma tia com pulso firme.
Mas a sua consulta foi sobre Etimologia, e aqui está:
uma palavra Indo-Européia BHREGH originou o Sânscrito BHRAJ, o Gótico BRIKAN e outras, com o significado de “cãimbra, espasmo muscular”.
A criança agitada, que não pára quieta, foi comparada a uma pessoa que se retorce em espasmos.

Pergunta #472

Qual a origem da palavra oceano?

Resposta:

José:
Esta palavra vem do mito grego, no qual OKEANÓS era um grande rio que rodeava completamente as terras.
Ele foi personificado em Oceano, um Titã que detinha o poder sobre tais águas.
Mais tarde, a água que rodeia a Eurásia recebeu este nome.
Foi só pelo século 14 que as massas dágua receberam nomes de Oceanos diferentes.
Cristóvão Colombo foi nomeado, pelos Reis Católicos, “Almirante do Mar Oceano”, querendo dizer “das águas que rodeiam o mundo conhecido”.

Pergunta #471

Qual a origem da palavra “grilagem” ?

Resposta:

Francisco:
Vem de GRILO, o inseto, que por sua vez vem do Latim GRILLUS.
Os indivíduos que vendem terras que legalmnte não lhes pertencem são chamados de “Grileiros” porque são difíceis de encontrar quando são procurados, tal como grilo, cujo canto dá a ilusão de permitir descobri-los.

Pergunta #470

Olá, professor. A origem da palavra “libido”, por favor.

Resposta:

Salve, Psicofilósofo.
“Libido” vem do verbo latino LIBERE, “desejar, querer”.
Daí se fez LIBIDUS, “desejo erótico”.
Esta palavra se manifesta também na expressão AD LIBITUM, “à vontade, improvisando, sem seguir roteiro”. Os americanos a transformaram em AD LIB, “improvisar”.

Pergunta #469

Qual a origem da palavra Panela ?

Resposta:

Fausto:
Os romanos chamavam as suas frigideiras de PANNA. Daí se fez um diminutivo, PANELLA, que originou o nome deste nosso utensílio de cozinha.
Isto nos faz pensar: será que eles primeiro inventaram a fritura e só depois o cozimento?

Pergunta #468

Qual a origem da palavra colônia? Tem a ver com Christóvam Colón ou Cristóvão Colombo?

Resposta:

Carlos Henrique:
Não, quando nasceu Cristóbal Colón essa palavra já era usada há muitos séculos (aliás, esse sobrenome quer dizer “Pombo”).
“Colônia” deriva do Latim COLERE, “cultivar”.
COLONUS era um agricultor, alguém que se dedicava ao cultivo de plantas.
Como o estabelecimento de grupos em locais afastados da sua origem dependia do que a terra pudesse produzir para o seu sustento, passou-se a usar o nome “Colônia” para designar esses lugares.

Pergunta #467

Gostaria de saber a origem da palavras Diáspora e da palavra cidadania.

Resposta:

Nely:
“Diáspora” vem do Grego DIA-, “através” e SPORÁS, “espalhado”.
“Através do ato de espalhar” foi que o povo judeu migrou para diversos países.
“Cidadania” vem do Latim CIVIS, “cidadão”. Daí se formou CIVITAS, “a qualidade do que pertence a um povo, cidadania”, que também gerou “Cidade”.

Pergunta #466

Gostaria de saber a origem da palavra VOUCHER, algumas pessoas a usam como palavra inglesa outras como francesa

Resposta:

Jerrivan:
Essa palavra vem do Latim VOCARE, “chamar”. Passou ao Francês como VOUCHER, “convocar, conclamar” e chegou ao Inglês pelo verbo VOUCH, que inicialmente significava “chamar para testemunhar”. O sentido de “garantia” surgiu apenas no século 16.
Tal como é usada a palavra atualmente, para indicar a garantia de que foi feita uma reserva num hotel, por exemplo, pertence ao Inglês.

Pergunta #465

Dr.Alaúzo,
retornando à pergunta 461, a palavra TECITECA é empregada nos cursos de moda e de tecnologia têxtil para indicar o espaço onde realmente se catalogam tecidos diversos para pesquisa, constituindo desta forma um acervo de tecidos com informações diversas. Mas podemos verificar, de alguma forma, a época em que esta palavra passou a ser utilizada? E em que lugar?
Se me permite, ainda gostaria de saber se TECA,de teciteca, “caixa” é de origem latina
obrigada pelas informaçòes

Resposta:

Maria Izabel:
Foi o meu colega de site, o Detetive X-8, que se colocou no rastro desta palavra e trouxe as suas suposições, que se mostraram acertadas. Honras a ele!
Não há registro do surgimento desta palavra. Ela certamente é muito recente e de uso de um segmento especializado, a ponto de não ser usada com freqüência tal que seja registrada em dicionários.
O sufixo “teca” é grego. Vem de TEKHÉ, “caixa, recipiente” (vide “discoteca”, “biblioteca”), que por sua vez se deriva do verbo TITHENAI, “colocar”.
O neologismo é um misto de Latim e Grego, tal como “Televisão”, onde a primeira parte é grega e a segunda é latina.
Honestamente, parece demasiado artificial.

Pergunta #464

Gostaria de saber a origem e o significado da palavra intra-luminal.

Resposta:

Lívia:
“Intraluminal” (sem hífen) é formado pelo prefixo latino INTRA-, “dentro” e a palavra LUMEN, “luz, claridade, esplendor”.
Usa-se em referência ao interior de corpos ocos como, por exemplo um vaso sanguíneo.
O sangue que flui dentro de uma artéria está, como se diz em Medicina, “na luz” do vaso.
Um catéter que seja introduzido ali está em posição intraluminal.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!