Palavra inesgotável

Matizes, Inexpugnável, Inesgotável, Inimputável, Inexaurível, Hélade

Nobre Traça (T-Raça) Celestial. Eu estava consultando o vosso poderoso acervo estético de apoio aos nossos ouvidos, e, na Seção Apoio da Edição, nos acervos de palavras sobre Pintura, Eu percebi que não tem a Etimologia da palavra Matizes que Eu usei recentemente num poema dedicado aos Mestres Anglo-Holandeses. Queria Eu que os Meus Poemas tivessem a força da O-Raça-o da C-Oro-a. Segue abaixo o meu Poema que cita a Palavra \\\\\\\”Matizes\\\\\\\” entre outras belas palavras numa construção harmônica Master B que Eu aproveito para solicitar a vossa Luz para o estudo ( Matizes, Inexpugnável, Inesgotável, Inimputável, Inexaurível, Hélade ). Grato pelo vosso convívio e abraços a Tia Ode-te.

Pigmentos de Van Dyck e Van Der Meer – Traços de Amor e Flores de Beleza

Traço que vale…
traços que valem poesia
a proporção desejada,
é Regra de Ouro,
Régia Áurea… Ágora reunião do agora
regra sutil como o aroma da flor,
imperativa subjuntiva essência concentrada que sempre exale,
tal como a beleza das matizes do por-do-sol que acontece todo dia,
é assim aguardada a constância da amada esperada,
esse é o símbolo do inexpugnável tesouro,
é o céu a minha alegoria e a terra o meu pedestal fragmentado no grau do meridiano da hora,
Cosmos e Progradus do Amor.

Que os traços valham…
que as flores exalem e com a sua beleza pigmentada encantem a poesia que brota,
que a consciência da boa Arquitetura prevaleça,
que se faça presente o melhor dos que sempre amavam,
que o Amor e a Beleza dêem o tom na Harmônica na nota,
que o meu Eu superior se enalteça.

O pensamento científico reto…
com Van Dyck e Van Der Meer no pigmento
Mestres Holandeses
crença que decora a mente da Realeza em Castelos e Palácios Ingleses,
e o gênio inglês Mestre Construtor Joseph Aspdin que inventou o cimento,
possibilitou a plasticidade do Amor e da Beleza no concreto.

Amor Beleza Perfeita…
o subjuntivo está dentro do sujeito,
o Amor, ao mesmo tempo verbo e substantivo substância,
a Beleza Perfeita ao mesmo tempo…
é adjetivo e advérbio
que acompanha e qualifica o Amor,
Amor e Beleza em União…
qualificam o Reino da Realeza,
é o Reino da Reunião da Hélade Auto-eleita,
da boa emoção, da boa razão e do bom proveito,
inesgotável, inimputável e inexaurível em importância,
é o Reino do Amor e da Beleza no Imortal Intento…
onde Eu produzo o Meu mais forte Provérbio, proverbi-ion, ion-provérbio,
que derrama da boca dos Euro-Reis de Anjo-Evocador…
da Ideal Criação, da Ideal Situação,
do Reino da Sinapse da Circunstância Superior da Verdade e da Certeza.

AUTHOR : Rui Ricardo GMNSW

Resposta:

Parabéns pela sua criatividade e pela complexidade poética.

Quanto às suas consultas, informamos que nossa Lista de Palavras contém as origens de matiz, inimputável e Hélade. As demais origens são:

Inexpugnável: do Latim INEXPUGNABILIS, “que não pode ser tomado à força”, formada por IN, negativo, EX, “para fora”, PUGNARE, “lutar, atacar, tomar por força”.

Inesgotável: de IN mais gutta, “gota”, dando a idéia de líquido a escorrer, como se espera que aconteça com os esgotos.

Inexaurível: de IN mais EXAURIRE, “tirar o conteúdo, derramar totalmente”.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!