Etimologia no Maternal

Aulinha De Pintura [Edição 17]

– Ai meu coração, Santo Antão! Que porcaria, Santa Maria! Isto me arrepia, Santa Sofia! Parem já com isso, crianças! Isto era para ser uma aula de pintura, não um cataclismo! E, para quem não sabe, cataclismo é uma palavra que vem do Latim cataclysmos, “inundação, dilúvio”, pelo Grego kataklysmos, do verbo kataklízein, “recobrir com leia mais

Aulinha De Pintura [Edição 16]

Ai meu coração, Santo Antão! Que porcaria, Santa Maria! Isto me arrepia, Santa Sofia! Parem já com isso, crianças! Isto era para ser uma aula de pintura, não um cataclismo! E, para quem não sabe, cataclismo é uma palavra que vem do Latim cataclysmos, “inundação, dilúvio”, pelo Grego kataklysmos, do verbo kataklízein, “recobrir com água”, leia mais

Aniversário [Edição 15]

                   – Então a senhora é que é a mãe do Humbertinho! Muito prazer, sou a Tia Odete, professora dele. Ele é o único aluninho que me convidou para a sua festa de aniversário até hoje.                  Devo lhe dizer que ele é certamente o mais brilhante de todos, um verdadeiro exemplo de menino que não leia mais

Ginástica [Edição 14]

Meninada! Todos quietos! Agora é hora de Educação Física, mas está chovendo e a Diretora decidiu que eu vou ficar com vocês na aulinha e distrair a turma até o fim do período, como se ela achasse que eu tenho sete vidas que nem os gatos. E olha que não tenho feito nada contra ela! leia mais

Mais Material Escolar [Edição 13]

Quietos, todos! Estão pensando que a Tia Odete não percebe nada só porque usa óculos? Pois eu enxergo e ouço muito bem, bandidinhos. Por exemplo, vejo que o Joãozinho ali não pára de olhar para uma misteriosa revistinha que tem escondida na mochila; que o Zorzinho está escrevendo sem parar coisas que nada têm que leia mais

Passeando Na Pracinha [Edição 12]

  – Ai, meus santos, valei-me! De quem foi a idéia de fazermos um passeio na praça? Artur, largue essas lesmas! Robertinho, saia de dentro do chafariz! Joãozinho e Sidneizinho, larguem a Maria Tereza e a Helozinha! Val, cale a boquinha! Mariazinha, não se meta com o que os outros estão fazendo! Se arrependimento matasse leia mais

Problemas [Edição 11]

Ai, Senhor! De hoje eu não passo! Não é possível; se eu não morrer, vou parar no hospício. Quem foi que derramou toda a tinta têmpera no chão e pisoteou em cima? Não pensem que eu não vou descobrir. Por ora, vamos nos reunir aqui num cantinho para falar sobre alguma coisa que nos deixe leia mais

Frutas [Edição 10]

– Quem foi que deixou um resto de maçã roída na minha cadeira? E esta casca de banana no chão? E estas cascas de amendoim sobre a minha mesa? E estas sementes de laranja sobre as classes? Crianças, assim não dá! Feio, feio! Como é que uma pobre mestra pode sobreviver num meio destes? Sentem-se leia mais

Limites [Edição 9]

– Robertinho, desça de cima da mesa! Sidneizinho, deixe a roupa da Helô em paz! Miguelito, pare de comer lápis que isso dá prisão de ventre! Mariazinha, tire o nariz daí! Crianças, chega! Parem! Eu vou matar alguém hoje! Hein? Ah, Humbertinho, pelo menos você se importa com uma pobre professora e me traz um leia mais

Casa [Edição 8]

Crianças, muito bem. O materialzinho de aula está guardado, todas as tarefas estão terminadas, mas falta ainda um tempinho para podermos voltar para casa. Para nos distrairmos um pouco, a Tia Odete vai contar umas coisas sobre a origem da palavra casa. Em Latim, o que nós hoje dizemos casa era chamado domus. Era tão leia mais

Educando [Edição 6]

Muito bem, criançada. Se vocês não pararem quietos, não vou poder educar vocês, como os papais e mamães me pediram. Como assim, o que é educar? Não podem saber mesmo, pois parece que vocês nunca foram expostos a tal coisa. Então vamos fazer uma rodinha que a tia Odete vai falar sobre o assunto. Educare, leia mais

Material Escolar [Edição 5]

Muito bem. Quem foi que escondeu o caderno do Oscarzinho? Por que tanta risada, Sidneyzinho, foi você? Tem certeza que não? Enquanto o criminoso que fez isso não se acusar, a Tia Odete vai contar para vocês a origem dos nomes do materialzinho que vocês trazem nas mochilinhas para fingir que estudam. Caderno, por exemplo, leia mais

A Fala [Edição 4]

Crianças! Quietos, todos!! A turma hoje está incontrolável. Valzinha, pare de falar. Val, eu já disse… Muito bem, você pediu. Meninos, amarrem a Val na cadeira e passem-lhe uma mordaça na boca. Assim… isso… Cuidado para não machucar. Bem. Aaahh… Não é melhor, um pouco de silêncio? Já que tivemos problemas com a fala, nada leia mais

Abundar [Edição 2]

Crianças, eu vi muito bem que vocês ficaram dando risadinhas quando eu falei que nesta sala abundam os inquietos. Acharam que eu tinha dito alguma coisa meio indecente, não é? Não é nada disso, não. Se vocês prestarem atenção, a Tia Odete vai explicar umas coisas interessantes. Em Latim havia uma expressão, ab unda – leia mais

Primeiro [Edição 1]

Crianças, já que está chovendo e não dá para ir para o pátio, nós vamos lidar com um assunto muito importante. Prestem bem atenção: Uma raiz Indo-europeia gerou uma enorme família que se espalhou pela História e pela Geografia. Ela significava “antes, à frente”. Em Grego passou a ser prin, com o mesmo significado, em Latim leia mais

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!