Pergunta #1817

Qual a origem das palavras fúria e desilusão?
Agradeço.

Resposta:

Rafael:

"Fúria" vem do Latim FURIA, "loucura, violenta paixão", de FURERE, "estar louco, enraivecido".

"Desilusão" vem de "des-", "sem", mais "ilusão".
Esta última vem do Latim ILLUSIO, "ironia, deboche", de ILLUDERE, literalmente "brincar com", formado por IN-, "em", mais LUDERE, "brincar".

Pergunta #1816

Gostaria de saber se a palavra DURAN tem algum significado ou origem.

Agradeço.

Resposta:

Rivaldo:

Antes de mais nada, diga-me a que se refere essa palavra. É nome próprio? Designa algum objeto?
Dessa forma eu poderei estreitar minha pesquisa.

Pergunta #1815

Gostaria de saber algumas palavras de origem africana e de origem indígina usadas no Brasil?

Resposta:

Edmilson:

De origem africana:
CAMUNDONGO, BANGUELA, BUNDA, MOLEQUE.

De origem indígEna:
CAPIM, AÇAÍ, PITANGA, GURI.

Pergunta #1814

Prezado Mestre:

Vou variar um pouco e consultar acerca de “origem da língua”.

Sabemos que as neo-latinas são cinco e que a mais nova é a portuguesa (Última flor do Lácio, etc. etc.) Mas a menos divulgada é o romeno, razão pela qual me interesso muito por ela. Correndo os olhos por um texto, sem maior preocupação com minúcias, dá para entender muita coisa.
Mas agora ando encucado com o moldavo; talvez pela vizinhança com a Romênia, a língua é muito semelhante e tb. dá para entender razoavelmente, embora haja um bendito t – cedilha, aparentemente com o mesmo som do nosso ç. Acredito tratar-se de algo semelhante ao português da Brasil e de Portugal, do holandês e do alemão, etc.
Mas a neo-latinidade, existiria tb. no moldavo ???

Muito grato e sds.

(sou o marido da Ana Maria).

Pergunta #1813

Prezado Mestre:

Vou variar um pouco e consultar acerca de “origem da língua”.

Sabemos que as neo-latinas são cinco e que a mais nova é a portuguesa (Última flor do Lácio, etc. etc.) Mas a menos divulgada é o romeno, razão pela qual me interesso muito por ela. Correndo os olhos por um texto, sem maior preocupação com minúcias, dá para entender muita coisa.
Mas agora ando encucado com o moldavo; talvez pela vizinhança com a Romênia, a língua é muito semelhante e tb. dá para entender razoavelmente, embora haja um bendito t – cedilha, aparentemente com o mesmo som do nosso ç. Acredito tratar-se de algo semelhante ao português da Brasil e de Portugal, do holandês e do alemão, etc.
Mas a neo-latinidade, existiria tb. no moldavo ???

Muito grato e sds.

(sou o marido da Ana Maria).

Resposta:

Sérgio:

Há outras línguas neolatinas como o catalão, o reto-romance, o friúlico, o sardo, o provençal, o ladino, o galego, menos conhecidas por terem um número menor de falantes.
O moldavo é um dialeto do romeno, daí a grande semelhança. A Moldávia era parte da Romênia e foi incorporada pela falecida União Soviética em 1940.
Se a neo-latinidade existe no romeno, portanto, existe no moldavo.
Parabéns pela esposa e pela inquietude intelectual de ambos.

Pergunta #1812

ehehehehehehhe professor
o senhor acabou nao entendendo ahahahahaha
Eu nao queria saber a origem de argh e sim da argh Argentina…
Toda vez que falo Argentina vem um Argh antes ou depois. ahahahahahahahha desculpa se me expressei mal.
Gostaria de saber a origem dessa palavra.
Obrigado

Resposta:

Daniel:

Olha a confusão que eu fiz!
Você tem bronca mesmo com eles, hein?

"Argentina" vem do Latim ARGENTUM, "prata", pois os espanhóis que por lá se estabeleceram esperavam encontrar grandes quantidades desse metal, bem como de ouro, por lá.
O Rio da Prata, que passa junto à capital, acabou servindo mesmo para o transporte de prata das minas de Potosí.

Pergunta #1811

A ORIGEM DE COLESTEROL.
GRATO.

Resposta:

Fabrício:

"Colesterol" vem do Grego KHOLÉ, "bile", mais STEREOS, "sólido", mais o final -OL, de álcool, já que é um álcol esteróide.
O nome foi cunhado em 1894.

Pergunta #1810

Dado como peça de jogo vem do… vem do… Árabe!!! Ponto para as meninas!!
Um sábio aí já disse que conhecer uma palavra desde seu início é como conhecer uma pessoa desde sua infância.
Eu sou uma pentelhinha, né não?

Resposta:

Ana.Maria:

Parabéns. Você farofinou de novo.
Vivam as meninas!

Pergunta #1809

′Tarde professor

Conversando com um amigo la dos pampas, surgiu uma discussão:
1º o termo “gaucho” tem origem portenha?
e
2º qual a origem da palavra Argh!!!! “Argentina”?
eheheheheheh desculpa o termo, porém morei em Balneario Camboriu-SC por 10 anos, e quem vai pra lá, sabe bem o que esses muchachos de “mierda” fazem por lá. É de dar raiva…..
Abraços

Resposta:

Daniel:

A origem da palavra "gaúcho" é muito controvertida. Uma das hipóteses é de que venha do Quéchua WAICHU, "órfão". Certamente ela não tem origem portenha, pois devia andar sendo usada antes da instalação de uma cultura portenha propriamente dita.

"Argh" é uma interjeição, coisa que entrou no vocabulário nacional a partir do Pasquim, nos anos 60. Nada a ver com o país vizinho.
Também ouvi histórias de um certo tipo de turistas, mas posso dizer que o país lá é cheio de gente boa também.

Pergunta #1808

Não resolvi o cafifo por não ter cacifo.Estou ainda encafifada com DAT, que é palavra do árabe para JOGO; e busco as pontas para ver a ligação com dados, liga não, mas estou sim.Dá um empurrãozinho maior, professor? Jogo & Dado, a ligação entre as duas palavras, please?

Sugeri que todos citassem as palavras mais bonitas do idioma e não deram bola, mas as feias, será que a gente cita? Voto em seborréia, tem palavra mais feia?

Resposta:

Ana.Maria:

Seu olfato farofinou novamente.
Se "dado" como "parte de informação" vem do Latim, "dado" como objeto para jogar vem do...
Mas é melhor você dar uma olhada nas Conversas do Avô em sua edição nº 11, que ali encontrará coisas do seu agrado.

Se o pessoal não encontrou palavras bonitas, acho que menos ainda vai querer lidar com as feias...

Pergunta #1807

Amado Mestre
Estamos empre prontos a atender a todas as solicitações, então, recado pra Deli…já estamos preparando.
E já que tocamos no assunto, ó Vs Tracência, de onde vem “paçoca” ??

Resposta:

Prezado Diácono:

É bom ver presteza e prontidão. Depois falaremos nos dízimos que ainda não chegaram, por incrível que pareça!

"Paçoca" ou "passoca" vem do Tupi PO′ÇOC, de PO, "mão", mais ÇOC, "esmagar, fragmentar".

Pergunta #1806

Mas é terrível esse hexopopéico!E não é que me rebaixaram quando forneci os seus dados? Disseram que estou passando dos limites!Criatividade já sabiam que eu tinha, mas pirada assim…um professor que usa quatro mangas, ana.maria, faça-me o favor, já de joelhos no milho!

Dat, do árabe jogo, tem nada a ver, nãããão!? Mas nããão…? Dancei…

Resposta:

Ana.Maria:

Lamento saber do seu rebaixamento. Já pensou em chegar à banca examinadora de biquíni roxo e capa prateada?

Você dançou mesmo. Nesta.

Pergunta #1805

′Tarde professor

Graças a DEUS a “molestia” está controlada, fazem 21 anos que meu pai tem isso. O problema dele é que ele é estressado por natureza, e ai juntou a fome com a vontade de comer e deu nisso, ahahahahah – Não sei se o senhor sabe mais psoriase tem como caracteristicas pessoas estressadas – mas agora ele esta bem.
Como diria Gilberto Gil a uma saudosa musica ao Rio de Janeiro: Aquele Abraço…..

Resposta:

Daniel:

É verdade, esse problema tem um importante componente psíquico.
Se está controlado agora, haverá de ficar assim.
Felicidades a ele.

Pergunta #1804

Qualquer dia vou visitar seu planeta. Aceitam traças por lá?”Companhia” vem do Latim COMPANIA, “grupo que partilha o pão”. Bonito, não?Sniff, fung. Nem um creditinhozinho sai aí?
Tres perguntas, vou tentar responde-las depois de pigarrear(koff,koff, koff).
Traças lá comem papel que não foi reciclado, só daquele que já tem sobrando ( o que mostra que sobra papel, viu?).Nada de comer papel amado, guardado com carinho, livro bom e tal.
É bonito ser companheiro de partilhar o pão, mas companheiro de quadrilha, aqueles que roubam juntos, já têm outro nome:CORRUPTO, de corrompido, os que juntos rompem com as leis; bonito, não?
Créditos só virão, e com justiça, quando eu souber alguns dados seus, poucos que sejam; do latim datum mas que deve vir do árabe antes, sei lá, eu acho (farofino).

Resposta:

Ana.Maria:

Se o papel é saboroso, que mal tem?

Acho que esse tipo de companheiro de que você fala devia se chamar, com mais razão, "congraneiro".

DATA, "dados", é o plural de DATUM, do verbo DARE, "dar". E não tem relação com o Árabe.

Rendo-me. Vou passar alguns dados meus: sapatos tamanho traça nº 40; camisas, só de cor lisa - e faço questão das 4 mangas; óculos são um problema para quem tem olhos multifacetados; além de papel também gosto de roer chocolate.
Pode colocar tudo isso no seu trabalho.

Pergunta #1803

I surrender again: venho de um planeta onde os únicos crimes são roubar, matar e magoar/prejudicar alguém. O resto todo pode, assim não se precisa de lei alguma. Todos já sabem o sim e o não, pq é fácil decorar (colocar no coração) tão pouca restrição.Lá só interessa ser feliz; vim visitar a Terra apenas para dizer isso.
A palavra companheiro, pelo que sei, quer dizer “aquele que come o pão junto”, salvo engano. Mas “companhia” ainda não saquei.É um derivado mas parece que se perdeu, não acho a raiz, pode o senhor me ajudar?
Não vou dar seus devidos créditos no meu trabalho de filologia pq me pediram para preencher um formulário enoooorme sobre QUEM me ajudou, daí… peguei o crédito todinho pra mim, nem disse nada sobre o Professor (não quer dar os dados, fazer o que?).

Resposta:

Ana.Maria:

Qualquer dia vou visitar seu planeta. Aceitam traças por lá?

"Companhia" vem do Latim COMPANIA, "grupo que partilha o pão". Bonito, não?

Sniff, fung. Nem um creditinhozinho sai aí?

Pergunta #1802

Bom dia, querido prof.!
Hoje está bem light as coisas por aqui – raridade!!! rs…
Nesta ocasião, resolvi adiantar-me para receber a dose diária, assim, minha tarde se fará plena!

Pode, por gentileza ajudar-me com as palavras: “simpósio”, “congresso”, “palestra”?

Grande abraço ao Rebebes… e não esqueça da paçoca de amendoim… estamos aguardando… hummmmm, com água na boca!!!

Resposta:

Delilight:

Aproveite a leveza! Aqui vai a dose intratecal:

"Simpósio" vem do Grego SYN-, "junto", mais POSIS, "bebida", relacionado com POTARE, "beber".
Referia-se a uma ocasião em que eram feitas discussões sobre uma taça de vinho.
O participante dessas atividades era o SYMPOTES, "companheiro de bebida".
O que presidia a esse encontro era o SYMPOSIARKES.
Portanto, quando você for a um simpósio, não se esqueça de tomar uma bebedeira.

"Congresso": do Latim CONGRESSUS, "encontro, encontro hostil", particípio passado de CONGREDI, "aproximar-se, lutar contra".
O verbo se forma de COM-, "junto", mais GRADI, "caminhar", de GRADUS, "passo".

"Palestra": do Grego PALAISTRA, originalmente "local para lutas, ou treinamento", de PALAIEIN, "lutar".
Mais tarde o nome se identificou com "escola" e depois com "atividade desenvolvida na escola, aula".

Amendoim lembra madeirae celulose em geral. Traças apreciam paçoca também.

Pergunta #1801

Perdão…
…eu quis escrever PattyCONISA e não PatyyCONISA.

Fuuuiiii….

Resposta:

Rodrigo:

Certo, certo. Devemos ser rigorosos com as letras e as palavras.

Pergunta #1800

Ainda não estou convencido quanto sua sinceridade e amor para com seu rebanho na IEU, por isso ainda não entreguei todos os meus bens. Estou aguardando instruções e esclarecimentos da PatyyCONISA. Mas quanto às suas habilidades e conhecimentos na arte de desvendar os segredos etimológicos das palavras não tenho como negar sua eficácia. Em vista disso, lá vai…
… Qual a origem da palavra ANGELOLOGIA?

Resposta:

Rodrigo:

Oh, duvidar do supremo sacrifício que me proponho em ficar com o dinheiro, fonte de todos os males, dos meus fiéis para que suas almas possam ser salvas após este vale de lágrimas me entristece muito.
Você é um apóstata, um herege que precisa ser reconduzido ao bom caminho.
Dirigiremos nossas orações a você nesse sentido.
Recomendamos uma dieta simples de papel de baixa gramatura para que o seu corpo comece a se purificar.

"Angelologia" vem do Grego ANGELOS, "mensageiro", mais LOGIA, "estudo".

Parece que o seu Anjo da Guarda precisa ser substituído por um mais afinado com nossos propósitos.

Pergunta #1799

gOSTARIA DE SABER A ORIGEM DA PALAVRA QUÍMICA. OBRIGADO

Resposta:

Devair:

"Química" vem do Latim tardio ALCHIMIA, do Árabe AL-KIMIYA, "alquimia", de AL, artigo definido, mais um derivado do Grego CHEMIA, provavelmente um antigo nome do Egito, significando "lugar da terra negra".
Outra possibilidade é que esta última palavra venha do Grego KHYMATOS, "o que é derramado", de KHEIN, "derramar".

Pergunta #1798

qual a origem da palavra “comunicação”

Resposta:

Johane:

Essa palavra vem do Latim COMMUNICARE, "repartir, dividir entre vários", de COMMUNIS, "público, pertencente a vários, comum".
A fonte mais remota de COMMUNIS é o Indo-Europeu KO-MOI-N, "repartido entre todos".

Pergunta #1797

Gostaria que pudesse me ajudar na palavra, BALANÇA qual o seu significado ou origem.

Orgigado mais uma vez.

Resposta:

Wagner:

"Balança" vem do Latim BILANCIA, formado por BI-, "dois", mais LANX, "prato".

Pergunta #1796

Têm tanto um significado digital quanto metafórico? Que espertinho…
Sobre ter o meu site, nem sei o que faria com um, de fato nada me ocorre.Contar piadas, mostrar meus versos, dançar e cantar? Eu não teria com que estofar o site.

“E afinal, você vai contar de onde vem ou não? A resposta é condição sine qua non para receber a capa de que já falamos.” Arráh! It´s my turn! Voces podem dizer que sou curiosa, mas não sou a única, parodiando J.Lennon!Se nada me conta, nada contarei. A propósito, eu tb quero dar-lhe créditos no meu trabalho de filologia, e preciso dos seus dados… todos…

Eu me encabulo de conhecer bem o meu idioma, devo confessar.

Resposta:

Ana.Maria:

Nós, traças, gigantes, somos espertinhas...

Você teria muito a contar num site, sim. Só as suas viagens passadas com fotos e as viagens internas (que não dá para fotografar) já dão assunto para muito tempo.

Saber de que planeta você vem faz parte do Registro de Concessão de Mercês em nossa Sede. Você não pode ir a uma solenidade sem a capa.
Já eu preciso manter meu mistério.

Para o seu trabalho de filologia, você precisa apenas do meu nome e o nome do site, os quais você sabe.

E ninguém deve encabular de ter correspondido aos seus professores e aos seus pais, esforçando-se por aprender bem o próprio idioma. Vergonha deve ter quem não aprendeu e não se importa.

Pergunta #1795

Amado Mestre
Peço permissão para fazer uma homenagem a uma pessoa que representa muito para alguns de seus mais honoráveis membros. Ele foi nosso amigo, mestre, irmão, companheiro, mentor…..
Eu, Paty e Delicadeza devemos muito de nosso saber a essa pessoa que se foi, mas tenho certeza, que do outro lado, está olhando por cada um de nós.
FREI PAULO OBLAK…fica aqui registrado nossos Agradecimentos e Saudades !!!

Resposta:

Rebebes:

Acompanhamos vocês em sua tristeza.
Aproveito para dizer que quem sofre agora são vocês, ele certamente não.

Pergunta #1794

Amado Mestre
Perdoe a minha ausência por estes dias. Estava atarefado com alguns fiscais do IR, pois eles não acreditavam que as doações e dízimos eram enviados pra nossa sede principal e toda documentação está lá. Mostrei os comprovantes, mas mesmo assim, tive que fazer “das tripas coração” para que a fiscalização nos deixasse em paz.
Quero agradecer a lembrança da Tetê (1771). Vejo que nossas sementes plantadas estão crescendo e dando frutos.

Resposta:

Diácono:

Mande os fiscais para cá, na sede principal, que eu vou contar umas coisinhas para eles.
Curioso, não me lembro de ter assinado eses comprovantes... Memória de traça não vale nada mesmo!

Tudo o que se planta, até sem querer, dá algum tipo de fruto.

Pergunta #1793

Bom dia professor. tudo bem?
Começou uma coisa aqui em Curitiba, que nehum pé vermelho gosta: o tal do frio.
putz vida viu, agora vai esfriar de vero. fazer o que ne? nao quis vir para cá? ahahahahahah
Professor gostaria de saber, se possivel, a origem da palavra. “psoríase”.
Meu pai tem essa doença e ontem estavamos conversando sobre a mesma, e lembrei de ver contigo daonde tiraram este termo e daonde vem.
Grato

Resposta:

Daniel:

Já eu sou traça que prefere o frio, cobertores, chocolate quente, lareira...

O nome dessa moléstia vem do Grego PSORIASIS, de PSORAN, "ter coceira", de PSORA, "coceira", relacionado com PSEN, "esfregar".
Espero que ela esteja sob controle.

Pergunta #1792

Qual a origem da palavra mulher ?

Resposta:

Alexandre:

Esta palavra, de tão grande significado, não tem muita história: vem do Latim MULIER, "mulher", "mulher casada".

Pergunta #1791

Ah, esqueci umas coisas:
1)falou em falange distal dos dedos ou aquela mais interessante, a distal relativa à distância, já que eu não sou da Terra?
2) a foto abaixo é da minha cidade, as montanhas cariocas que amo.
3)pq não se diz PERGUNTO-TE? Nunca vi alguém falar assim…
4)é em baixo ou embaixo?
Boa semana !!!

Resposta:

Ana.Maria:

1) As Falanges que compõem nossa hierarquia são a Proximal, a Média e a Distal. Têm tanto um significado digital quanto metafórico.
E afinal, você vai contar de onde vem ou não? A resposta é condição sine qua non para receber a capa de que já falamos.

2) Bonita foto, idem cidade.

3) Diz-se PERGUNTO-TE, sim, mas para isso a pessoa não pode ser daquelas que encabulam de conhecer o seu idioma.

4) O advérbio é EMBAIXO. Não sendo professor de Português, de momento não me ocorre uso de EM BAIXO.

Pergunta #1790

A capa longa poderia ser prateada? Gosto muito de dourado, não…
Eu fico beeeeshta de ver como as pessoas que gostam de palavras são criativas, quase sempre em tudo. Desde pequena vejo plasticamente as palavras, a ponto de domingo me parecer goiabada (ou uma roupa de bolinhas vermelhas), Nair ser uma cunha de madeira áspera, Nelson um prato de mingau de maisena (a superfície), barulho ter ondas de tamanhos variados,prateleira ser como um soco no nariz, flacidez balançar suavemente, palhaço ter no meio um degrau.
Eu disse que aos domingos fico mais agitada, hã?

Resposta:

Ana.Maria:

Por excepcionais serviços prestados e pelo conjunto da sua obra, a Cúria Traçopolitana lhe concede a Capa Prateada com Borlas Carmesim. Mas não é para abusar!

Sua criatividade está a pedir um site próprio. Já pensou nisso?

Pergunta #1789

Ponto para os meninos! Então estarei aguardando (ô mania desgraçada de gerúndio esse povo tem agora )que S.Sª se lembre de outro exemplo.Vale para verbo e para neologismo.
Agora, Falange Distal…fala sério… superou-se em criatividade, Professor. Os homens são de Marte e as mulheres são de Vênus, por isso a distância maior entre eles mesmo que eu fosse da Terra.

“Absolutamente razoável” é econômico, político, mas absolutamente correto.

Resposta:

Ana.Maria:

Aguarde então.

Gostou de ser Falangista Distal?
O biquíni roxo terá uma capa longa dourada com capuz, em tecido diáfano.

Pergunta #1788

My fault, 2nd conjugation in Portuguese. Your crown is saved for the time you remember, will you? To figth in words is better than with sticks and stones just in this case.

Esse biquini aí é da Priscila, Rainha do Deserto? I will survive! E seria eu, na hipótese de receber tal honraria, a Diaconisa de que falange, de qual delas?
Falando sério: tenho percebido gírias com a primeira conjugação entendendo que as palavras menos sofisticadas são essas – as mais fáceis de conjugar e até de criar.Menos cultura, menos elaboração.
Estou mais calma neste domingo, deve ser a chuva sobre o calor carioca.
Beijokas!

Resposta:

Ana.Maria:

Deal.

Você vai ser a Diaconisa da Falange Distal quando se completar a burocracia da nomeação.

A idéia de que sejam feitas mais palavras com a 1ª conjugação devido à facilidade é absolutamente razoável.
Primeira Anterior 123456 última
; ?>