Pergunta #2460

Uhm…
Talvez tenha alguma ligação com bagunceiro mesmo
Talvez usem como nome próprio ou apenas como um pseudônimo… hehehe
Bom o que eu sei é que estou de volta e espero não incomodar ninguém!
Tia Odete está bem? Acaso ela também gosta de roer ′alimentos′?
Pode me falar sobre a palavra ′versátil′? Obrigadinha

Resposta:

Sheila:

Pode ser um pseudônimo, pode ser um nome verdadeiro. Tudo é possível num mundo cheio de surpresas.
É bom ter você de volta, ainda mais que você nunca incomodou ninguém.
Tia Odete gosta de roer alimentos. Como todas as pessoas, aliás.

"Versátil" vem do Latim VERSATILIS, "o que se vira, se move, que pode se voltar para várias atividades", de VERSARE, "manter girando, revirar na mente", derivado de VERTERE, "virar".

Pergunta #2459

Mestre Traça e colegas de site: eu estava sumida, mas não estava com a Maria Tereza em Chipre. É que enquanto uns passeiam, outros tem que trabalhar para fazer o país andar…
Infelizmente a Patty e eu não conseguimos nos encontrar. Ela não levou a bandeira da IEU como combinado e eu fiquei procurando alguém que tivesse “uma traça” dentro da bolsa e não achei!!
Perguntinha: [compasso] musical e [compasso] instrumento para desenhar/medir têm a mesma origem?

Resposta:

Lúcia:

Talvez seja melhor vocês não se terem encontrado. Senão minhas antenas iam arder...

Pois é, umas pessoas passeiam e a gente fica aqui agüentando, né? Espero que ela tenha trazido umas palavras de lá para nos brindar.

Sim, ambas as palavras vêm do Latim COMPASSARE, "medir, marcar com a passada", de COM-, "com", mais PASSUS, "passo".
O compasso musical muitas vezes é marcado, até de modo instintivo, com o pé.
E o instrumento, embora a gente tenda a pensar nele como algo feito para traçar círculos, tem um papel muito importante para marcar distâncias num mapa. Recebeu este nome a partir mais ou menos de 1390.

Pergunta #2458

Tenho 9 anos e estou fazendo minha tarefa de escola, preciso da origem das palavras: céu, capim, igarapé, rio, fruto, aldeia, água, dançar, Sol, Lua e festa. Pode mandar: para mim, por favor? Marcelle

Resposta:

Marcelle:

Eu já disse que não estamos aqui para fazer temas, mas quem há de resistir a uma mocinha de 9 anos tão bem educada? Vamos lá, mas não se acostume mal.

1) Vem do Latim COELUS, "céu".
2) Do Tupi KA′PII, formado por KA′A, "mato" e PII, "fino, estreito".
3) Do Tupi IARA′PE, "trechos dágua entre ilhas".
4) Do Latim FRUCTO, "produto, aquilo que se aproveita", do verbo FRUIRE, "desfrutar, gozar, aproveitar".
5) Árabe AD-DAYHA, "vila, aldeia".
6) Latim, ACQUA, "água".
7) Germânico DINTJAN, "mexer-se de um lado para outro".
8) Latim, SOL.
9) Latim LUNA.
10) Latim, FESTA, "dia solene, dia de celebração".

Pergunta #2457

oi
pode me dar a etimologia de ′alaúzo′?
grata

Resposta:

Sheila:

É uma história familar. Como você sabe, eu sou uma traça gigante que ficou sabida por ter roído muitos livros.
Pois quando eu estava por eclodir do ovo, a família estava em festa, fazendo grande alaúza. Tamanha foi ela que meus papais me deram o nome de Alaúzo, para marcar a ocasião.
E esta palavra tem origem desconhecida, para complicar.

Pergunta #2456

Escrevo minhas histórias e faço o que com o calhamaço? Já tenho montes de poesia e crônicas nas gavetas. Tenho um livro editado em 1997, de poesia.Não sei vender meu peixe, por modéstia ou medo simplesmente. Não sou medrosa na vida, apenas intelectualmente. Eu fui uma menina que crescia sem estímulos,que escondia seus pensamentos para não destoar.Tenho vergonha, parece que estou me exibindo se mostro o que escrevo e pinto.
Michel Onfray escreveu, entre outros, A ARTE DE TER PRAZER, que não é erótico, mas sim hedonista (que confundem com promiscuidade e não é). Para quem gosta de filosofia é muito bom, mas quem não gosta não passa da primeira página.

Resposta:

Ana.Maria:

E por que a gente precisa publicar o que escreveu? Pode-se escrever só pelo prazer, ainda mais que agora está tão fácil fazer isso com o computador.
Também tenho pilhas de escritos que ficarão nas gavetas do aparelho.
Está na hora de parar de esconder pensamentos.

Como se dizia em Roma: PRODI, "avança, vai para a frente", de PRO-, "à frente", mais I, "vai", do verbo IRE.

Pergunta #2455

Sua resposta saiu, de novo, truncada .E ele não fazia segredo: só para quem queria saber negava, aos outros,escrevia só o que queria, o voluntarioso!Seu prazer vinha de negar e consentir, dependendo do contrário; já leu Michel Onfray??
Gostou da história da Africa, né? Tenho muitas, como a do vendedor de tickets de trem em Passau, indo para Praga.Perguntei a que horas o trem passaria e ele ergueu o dedo indicador, apontando para cima. Perguntei se era uma da tarde ou daqui a uma hora, ele então ficou vermelho como só europeus ficam e engasgou. Então eu percebi que estava era me mostrando a tabela de horário (schedule), logo acima de nossas cabeças. Nada tinha a ver com o número UM!!!

Resposta:

Ana.Maria:

Sou malvadinho, mas não a ponto de ser comparado com o ilustre Marquês...
Nunca li Onfray, não. Presta?

Você precisa escrever as suas histórias de viagem. Pelo visto são muito saborosas.

Pergunta #2454

It is healthy, I shall come on your site more often, thank.

Pergunta #2453

Dr. Alaúzo, muito obrigada o senhor me ajudou muito. Agora poderei concluir o meu trabalho acadêmico, pois é um trabalho para dá a origem etimológica de alguns vocábulos de um romance regionalista.

Resposta:

Alil:

Às ordens. Mas diga qual é esse romance, que fiquei curioso.

Pergunta #2452

Doutor Alaúzo,
Quanta gente!Que legal!Isto é ótimo!
Tá que eu não gostou muito de multidão…
As palavras que preciso são:
HERESIA,
SEITA e
ECUMENISMO.
Bjs!
Até mais!

Resposta:

Bebelzinha:

Traças temem ser pisoteadas em multidões. Ficamos só sobrevoando.

"Heresia" vem do Latim HAIRESIS, "escola de pensamento, seita filosófica", palavra que os primeiros escritores cristãos usavam para designar "doutrina não-ortodoxa". Vem do Grego HAIRESIS, "escolha", do verbo HAIREIN, "escolher".

"Seita" é do Latim SECTA, "grupo religioso, seita", do verbo SEQUI, "seguir", que veio do Indo-Europeu SEKW-, "seguir".

"Ecumenismo" é do Latim OECUMENICUS, "geral, universal", da expressão grega HE OIKOUMENIKOS, "o mundo habitado". Este compreendia as terras conhecidas pelos Gregos onde eles consideravam haver sociedadas humanas desenvolvidas.
Vem de OIKEIN, "habitar", de OIKOS, "casa".
Assim, essa palavra é parente de "ecologia", por exemplo.

Simplesmente diga "Até mais", para não molestar as antenas, por favor.

Pergunta #2451

Muito obrigada,Dr.,o senhor ajudou muito!

Resposta:

Kelly:

É sempre um prazer saber que pudemos dar uma mão. Nem todos fazem o que você fez; um agradecimento mostra que a gente conseguiu ajudar e tampouco foi esquecida.

Pergunta #2450

origem da palavra fada

Resposta:

Eduardo:

"Fada" vem do Latim FATUM, "profecia, oráculo", de FARI, "falar".

Pergunta #2449

Estou grata pela sua resposta, porém gostaria que o sr. me fornecesse a origem dessas palavras, pois estou elaborando um trabalho acadêmico e necessito da origem das mesmas. Obrigada.
1- Bocado
2- Alpendre
3- Camarinha
4- Copiá
5- Matuto
6- Repasto
7- Safrejando
8- Marizeiro

Resposta:

Alil:

Se é trabalho, vamos ter um pouquinho de trabalho.
As respostas às 6 primeiras perguntas você encontrará nas respostas nº 2214 e 2281.
Clique na setinha do retângulo branco logo aqui acima que aparecerá uma lista de números. Escolha o intervalo onde estão os que eu lhe indiquei a aperte em "ir".

Agora as que faltam:

7) De "safra", que por sua vez é de origem desconhecida.

8) De "umari", nome de uma planta, do Tupi UMBE′RI, "espécie de planta".

Gostaria de saber que diabo de texto é esse que os professores deram para exercícios de Etimologia.

Pergunta #2448

Ah, completando,a origem da palavra sadismo vem de Sade, o marquês.Ele, na certa, também gostava de fazer segredo sobre sua origem e outros detalhes de sua vida, para quem tivesse tanta curiosidade como eu tenho, ficava alegrinho com isso.Tsk…tsk…tsk…

Resposta:

Ana.Maria:

Que eu saiba, tanto o velho Marquês não fazia segredo de sua vida que escreveu tudinho e mais um pouco sobre ela.
Com certeza você conhece a piada da sádica e do masoquista, não?

Pergunta #2447

Pipas não se autodeterminam, que bonito!Então sou pássaro, não sou pipa:” non ducor, duco”!
Já contei de estar na Africa e dar bom dia ao padeiro, que me respondeu em Português? Ao perguntar pq, ele me disse que quem fala Português (era da colônia portuguesa na Africa do Sul)tem no rosto a marca. Deve ser pelos músculos se movimentarem sempre com as mesmas flexões, penso eu.Então, cada rosto ganha traços do idioma em que seu portador fala, bonito também, não? Antropologia direto!
Obrigada pelas suas palavras sobre mim, mas sou medrosa pq já provoquei reações negativas e agora as temo.Temo muito e isso me trava um pouco, ou bastante, imagine então se não.

Resposta:

Ana.Maria:

É isso aí. Viu o porquê das asas?

Essa da África é interessantíssima. Um belo material a ser investigado.

Bem, aqui você não provocou nenhuma reação negativa, por isso solte-se.

Pergunta #2446

Por favor,o senhor poderia me dizer a etimologia das palavras mestiço e penúria?

Resposta:

Kelly:

"Mestiço" vem do Latim MIXTICIUS, "filho de pessoas de raças diferentes", de MIXTUS, "misturado", particípio passado de MISCERE, "mesclar, misturar".

"Penúria" é do Latim PAENURIA, "falta, necessidade", de PAENE, "escassamente, quase".

Pergunta #2445

– Volto ao bombo: tem algo a ver com flauta (ou instrumento estridente).ANTES da percussão e da onomatopéia vem o sopro nessa daí, pelo que sei – mas posso estar errada, sempre.Tem algo nesta palavra assim meio rombudo, e como vejo plasticamente percebo que pode gerar muita palavra “gordinha” como bombom, até, quem sabe? A paineira e o baobá são gorduchas no caule, para guardar água.Olha eu…já estou indo longe feito pipa ao vento…
– O menino lindo não é gaúcho, é de Curitiba, sim, e se S.Sª não é do Rio ou SP, meu farofino não sabe… talvez RS… hmmm… sim, claro, tudo a ver, como não percebi tudo antes???
– No seu caso não seria presunção falar de palavras, claro,pq é a sua tarefa aqui e não minha. Eu devo perguntar apenas e não dar tanto palpite.Mas vez ou outra não me seguro, medrosa embora.

Resposta:

Ana.Maria:

A palavra "bombo" é meio gordinha DE VISU e DE AUDITU, com essas duas "O" e o som cavo da vogal posterior média arredondada oral, que não por acaso se diz arredondada.

Mas "bombom" é uma reduplicação francesa de BON, "bom", de BONUS. É bem bom, mas sem relação.
Viu? É por isso que você deve ter asas. Pipas são amarradas, não se autodeterminam.

RS! Bom palpite. Também RO, ES e SC podem ser. Para não falar em SP e RJ, que não neguei.

Suas manifestações são ótimas e lucrativas. Pare de medrosear.

Pergunta #2444

Olá, boa tarde.
Quero conhecer a origem das palavras SOL e LUA.Desde já, grato pela atenção.

Resposta:

Marcelo:

Essas palavras estão ainda bem parecidas com as originárias.
Elas vêm, respectivamente, do Latim SOL e LUNA.

Pergunta #2443

“Isso não é abrir demais as asinhas, a gente precisa delas porque está nas alturas mesmo! “
Esqueci e voltei: o que está nas alturas, a complexidade?As asinhas? Não entendi, please…
E o meninão gaúcho lindo mesmo !!!!!!!!!!!!!!!!!!

Resposta:

Ana.Maria:

Você está nas alturas do conhecimento. O ar é rarefeito nessas regiões, a gente tem que bater as asas sem parar.

Pergunta #2442

3)Tenham cuidado com o mouse, para que não entre na ratoeira: não cliquem na casinha dos estranhos personagens “estrangeiros”.Para a palavra motivo desta fileira, vou procurar sim, mas é duro: nome e apelido são diferentes de palavras (substantivos, verbos e tal). Creio que não significam NADA PARA MIM , não.Aguarde um pouco, sim,menina? Eu estou ocupadésima mas volto.
Para S.Sª – não sou especialista em Bálcãs nem em nada, infelizmente; sou eclética e curiosa, leio e estudo muito,porém sou Doutora em Coisa Nenhuma.Digamos que eu seja só inteligente, mais nada.E nada fiz para merecer isso, portanto não me orgulho. Tenho orgulho apenas do meu caráter, mas já é ooooutra história.Chega por agora, falei muito de mim para quem nem diz se é do Rio ou SP!!!
Beijokas a todos
ana.maria

Resposta:

Ana.Maria:

Estrangeiros entre aspas mesmo. É gente daqui, por certo.

Nomes próprios costumam ser mais difíceis de pesquisar do que outras palavras.

Pois é muito bom ser curiosa e eclética, ainda mais quando isso é acompanhado de inteligência, como costuma ser.

Mas só existem Rio ou SP neste país? Por que a gente não poderia ser de outro ponto?

Pergunta #2441

2) Queria lembrar tb , se S.Sª me permite,que as amígdalas existem no cérebro com este nome tb, em forma de nozes (dupla saliência), não só no início da laringe.Outrossim, diria meu sábio avô, ínsula (ilha) deu o verbo isolar em Português, se tornar uma ilha, mas existe existe como ISOLA em Italiano. Capri è una bela isola, vicino Napoli.
Estou no Céu, S.Sª, por ser capaz de perceber ( e não é mérito meu)tudo ao meu redor com alegria no coração e beleza nos olhos.Pena que minhas antenas (tb as tenho) pegam de um tudo, o bom e o mau maniqueísta, fazer o quê?

Resposta:

Ana.Maria:

Sim, as amígdalas existem também no cérebro (já pensou, uma amigdalite cerebral?). Foi por isso que nosso cliente Ygor perguntou; ele leciona Neuroanatomia.

As correlações com ISOLA estão certíssimas.

Antenas não têm nem devem ter filtro. Se é para não pegar coisas ruins, não pegam as boas também.

Pergunta #2440

1)Fico bem envergonhada quando acho que fui mais longe do que deveria, então peço desculpas, para não parecer presunçosa. Muitas vezes quero comentar plavras aqui e me calo. Mas hoje vou arriscar.
Bombax (lá das bombachas) me inspirou a comentar que é o nome científico da paineira e algumas árvores vindas da Índia, da mesma espécie (algodoeiras). Engraçado que bombyx-ycis, do Latim, serve para designar inseto,que deve ser uma tanajura!E tb pode ser instrumento de percussão, talvez por ser palavra para algo gordinho feito tambor ou uma espécie de flauta.

Resposta:

Ana.Maria:

Você não foi longe nada.
Seus comentários são sempre valiosos. Se comentar palavras é presunção, como é que eu fico?

BOMBAX é nome científico de várias plantas que produzem fibras semelhantes às do algodão.
BOMBYX era o nome latino para o bicho-da-seda (BOMBYX MORI, "a lagarta das amoreiras").
Acho que o "bombo" de percussão deva ter-se originado numa palavra onomatopaica.

Pergunta #2439

Em época de Copa do Mundo, gostaria de saber a origem da expressão “frangueiro”, referente ao goleiro ruim, que não pega nada.

Resposta:

Gustavo:

Não somos chegados ao assunto, mas essa palavra se usa por semelhança com a pessoa que tenta pegar um frango em fuga, o qual muitas vezes consegue passar por entre as pernas do seu caçador.

Pergunta #2438

Bom dia professor
Com absoluta certeza a beleza puxou pra mae, e a pilantragem ao pai, resta saber quem eh aahahahahahahahahahha.
quando o guri nasceu me perguntavam se eu estava feliz, e eu respondia que sim, ai me falavam: imagina o pai ahahahahahah
Tenho amigos que perdem a amizade mas nao a piada.
Aproveitando gostaria de saber a origem do nome do amigo do zorro, amizade e piada.
Olha que lindo meu guri eh.
Abraços professor

Resposta:

Daniel:

Gracinha, o menino.
De gosto duvidoso, os seus amigos.

"Tonto" parece vir do Latim TONNITUS, "atordoado". Em Português, apresenta o sentido de "zonzo, aquele para quem o mundo parece girar". Mas, em Espanhol, quer dizer "mentecapto, tolo".
Acredito que, no caso do amigo do Zorro, ele tenha recebido esse apelido por essa via.

"Amizade" vem do Latim AMICITIA, "amizade", de AMICUS, "amigo", relacionado a AMARE, "amar".

"Piada" dizem que vem do verbo "piar", onomatopaico. Mas ainda não me convenceram da relação.

Pergunta #2437

Valeu Ana Maria !!!!! Vc é fera mesmo !!!
Vou abusar um pouquinho… tu não sabe a tradução ? Será q a q eu vi tava certa ? Se puder me ajudar só mais essa vez (hehehehehe…), fico agradecida.

Abraços

Resposta:

Marian:

Ela é mesmo uma fera. Aposto que ela vai conseguir.

Pergunta #2436

Bom Dia!

Qual a origem de TERRACOTA ?
Obrigada.

Resposta:

Maria Tereza:

Essa palavra vem da expressão italiana TERRA COTTA, "terra cozida".
COTTA vem do Latim COCQUERE, "cozinhar".

Pergunta #2435

Qual a origem das palavras cíngulo, límbico, ínsula, putâmem, amígdala???
Termos neuroanatômicos…

Resposta:

Ygor:

Nada como contar com um neuroanatomista entre nossas hostes.

"Cíngulo" vem do Latim CINGULUS, "o que rodeia, cintura", do verbo CINGERE, "rodear, abraçar, cercar".

"Límbico" vem de "limbo", que vem do Latim LIMBUS "borda, orla".

"Ínsula" é do Latim INSULA, "ilha", possivelmente do Indo-Europeu EN-SALOS-, "no mar", de SALUM-, "mar".

"Putâmen" é do Latim PUTAMEN, "sobras, cascas, material a descartar, ramos cortados", de PUTARE, com o sentido original de "limpar, desbastar, purificar". Essa mesma palavra gerou "podar".

"Amígdala" é do Grego AMYGDALA, "castanha", pela semelhança de forma. O seu uso anatômico é a palavra grega que foi usada para traduzir o Árabe AL-LANZATAN, "as duas amígdalas".

Agora resta fazer a correlação com as formas que você conhece bem.

Pergunta #2434

qual e o significado do termo copa do mundo de futebol?

Resposta:

Rafael:

Nosso site não trata de significados, só de origens de palavras.

Posso dizer que "copa" vem do Latim CUPA, "taça, copa", palavra que foi aplicada aos troféus pela semelhança com uma taça de beber.
"Mundo" vem do Latim MUNDUS, "mundo".
E "futebol" vem do Inglês FOOTBALL, "ludopédio", formado por FOOT, "pé", mais BALL, "bola".

Pergunta #2433

PARA ALGUÉM QUE ME PERGUNTOU A ORIGEM DE UMAS POUCAS PALAVRAS, ENTRE AS QUAIS “MESTIÇO” E “PENÚRIA”:
FAVOR REPETIR A PERGUNTA PORQUE, NUM SURTO DE HIPERMOTILIDADE, APAGUEI O QUE VOCÊ ESCREVEU E QUERO FAZER O SEFVIÇO COMPLETO.

Pergunta #2432

Gostaria de pedir a origem etimologica das palavras jagunço e pealador.

Resposta:

Karoline:

1) Origem discutida; talvez de ZAGUNCHO, espécie de dardo ou lança antiga, nome que teria passado ao usuário.

2) Espanhol, PEAL, "parte da meia que cobre o pé", do Latim PEDALIS, "relativo ao pé", de PES, "pé".

Pergunta #2431

Por favor,gostaria de pedir a origem etimologica das palavras caatinga,cócoras e corcovear.

Resposta:

Karoline:

1) Do Tupi KAA′TINGA, de KAA, "mato", mais TINGA, "esbranquiçado, claro".

2) Origem discutida. Uma hipótese é o Baixo Latim QUACQUARA, "codorniz", pois esta ave muitas vezes se abaixa junto ao chão para se camuflar melhor.

3) Também discutida. Sugere-se o Latim CUCURVUS, "recurvado".
Primeira Anterior 123456 última
; ?>