Pergunta #3612

Não fui eu quem fez essa alaúza toda, professor. Tem alguém usando meu nome.Eu nuuuunca faria isso!

Resposta:

Ana.Maria:

Uma equipe da Polícia Federal já está a caminho de sua casa para apreender seu computador e fazer um levantamento.

Pergunta #3611

Tiácono (coff-coff, tossindo de tanto rir), antes que eles cheguem, escreva aí no quadro verde a origem da palavra JABACULÊ. Anda logo, a hora do almoço deles está acabando.

Resposta:

Ana.Maria:

Nosso Tiácono não sabe ainda que "jabaculê" vem do Quimbundo BAKULA, "pagar".
E você está por demais saidinha hoje.

Pergunta #3610

Tiácono:
Quá,quá, quá!
KKKKKKK !!!
Ahahahahahahaha!!
Batendo os pés no chão: Drudrudrudrudru!
(trouxe o bicho de goiaba que vamos colocar dentro da maçã deles? trouxe o chiclete para prender debaixo da mesa deles? o sapo que vamos soltar no meio da aula está ainda respirando dentro daquela caixa? o ratinho que separei para soltar na saída está ainda aí com vc?)

Resposta:

Ana.Maria:

Me-ni-na!! Aguardo-a na segunda-feira com seus pais e avós para uma conversa muito séria na escolinha. Favor não levar mochila, nem caixas nem pacotes.

Tia Odete.

Pergunta #3609

Ana.Maria, Tribufu vem do Tupi TRIBÚ′FU, expressão criada quando os nativos brasileiros avistaram os portugueses pela primeira vez e em um rompante de genialidade intuitiva gritaram: TRIBÚ′FU, querendo significar que a tribo deles estava fu***… a partir daí passou a signifcar “coisa feia”, e o resto é história…

obs: Aos neófitos, sugiro aguardarem a versão do professor porque intuo que divergirá um pouco da minha.

Resposta:

Tiácono:

Tia Odete manda dizer que quer ter uma conversa com você e os seus pais na semana que vem.
Não sei a razão, só estou passando o que ela me pediu.

"Tribufu" é uma palavra de formação expressiva. Ou seja, alguém um dia a inventou sem ter porque e ela pegou.

Pergunta #3608

Tiácono: origem da palavra TRIBUFU.
Vai que é sua!!!

Pergunta #3607

Pattyconisa: Antes que abra um dossiê de rebaixamento de zona contra mim, saiba que estou disposto a oferecer toda a ajuda possível aos neófitos! Apenas não estou conseguindo tempo para isso… mas você viu que já respondi sobre a origem de “cemitério” aqui no consultório, né? E depois outra pessoa perguntou sobre a mesma palavra e o professor citou a minha resposta como referência… vá lá! Não estou tão mal assim!
Pensei que a minha vestimenta diaconal já estivesse decidida! Escolhi aquele modelito militar que você enviou quando foi-me relevado que eu deveria apresentar-me aos demais como um diácono… devo fazer algo mais? Devo bordar “Obrigado Patty” nas costas? No mais, saiba que sou igualmente seu fã…

Ana.Maria, agradeço novamente o apoio e concordo plenamente com você: deixe o Felipe provar o seu valor!

Professor, reafirmo aqui a minha disposição em ajudar os neófitos no que for possível. Mal posso esperar para que alguém pergunte sobre a outra palavra da qual conheço a origem para que possa ajudá-lo novamente como um fiel diácono. Por enquanto, sou eu que peço ajuda:

1) Crise
2) Decair
3) Plástico
4) Afeto (o sentimento)

Obrigado e até a próxima!

Resposta:

Tiácono:

Acho que a idéia do bordado é boa. Assim Patty não incomoda mais.

Enquanto você não puder ajudar nas respostas aos neófitos, vá ajudando o neófito Felipe a limpar e polir os carros, vá.

1) Do Grego(!) KRISIS, "ponto de resolução de uma doença", (usado por Hipócrates), literalmente "julgamento", de KRINEIN, "separar, decidir, julgar", do Indo-Europeu KREI-, "distinguir, discriminar, peneirar".
Em uso com significado não-médico a partir do séc. 17.

2) De DECADERE, "cair fora", formado por DE-, à parte, de lado", mais CADERE.

3) Grego PLASTIKOS, "passível de ser moldado", do verbo PLASSEIN, "moldar".

4) Esta já apareceu não faz muito! De AFFECTIO, "inclinação, influência", do verbo AFFICERE, "fazer algo a, atuar", formado por AD-, "a", mais FACERE, "fazer".

Pergunta #3606

Desculpe, mestre, mas ainda estou na viagem à Ásia e preciso tirar uma dúvida antiga. Ouvi minhas tias cantando BABALU em pequena e sempre me intrigaram as palavras, ainda mais sonoras assim. Depois dessa veio JAMBALAYA, que já destrinchei.Sei que babalu tem ligação com a “santería” de Cuba e alguns outros países de língua latina, com religiões africanas e no Brasil é o babá, babalaô ou babalorixá.
But… that´s the point: nas minhas tentativas de entender idiomas da Ásia, dei de cara com Babalu como sendo MONSTRO.
E agora? Nada a ver com o burrico do Pepe Legal nem com os Flintstones (Yabadadaduh!).Would you help me?

Resposta:

Ana.Maria:

Certo, em nosso hemisfério ocidental, BABALU vem do título dos sacerdotes, BABALOA, certamente ligados a babalaô e etcéteres.
Transformou-se em BABALU nos EUA, assim como VOUDUN virou VOODOO.
Quanto ao seu uso numa língua asiática, nada sabemos.
Não é difícil essa palavra ter sido criada de modo independente noutra parte do mundo, com outros significados.

Pergunta #3605

qual a origem da palavra mastectomia

Resposta:

Úrsula:

Essa palavra foi feita em 1923 para designar a retirada cirúrgica da mama e se forma de MASTOS, "seio", mais EKTOMIA, "retirar, cortar fora", de EKTO, "fora".

Pergunta #3604

SOMENTE PERDOE-ME OS ERROS DE DIGITAÇÃO. DIGITO PESSIMAMENTE…RSRSR

Resposta:

Aluísio:

Não se preocupe.
E gratos por nos indicar aos amigos.

Pergunta #3603

CARO PROFESSOR. VENHO AQUI DE VEZ EM QUANDO. E TENHO RECOMENDADO SEU SITE AOS AMIGOS. MINHA PERGUNTA É A SEGUINTE: A PALVRA “PUTA”, NA ACEPÇÃO EM QEU A USAMOS HOJE EM DIA, TEM ALGO A VER COM “PUTARE” DO LATIM? PODERIA TER ALGUMA RELAÇÃO COM “ALGUÉM DE QUE SE ′PENSA′ MAL”? OBRIGADO.

Resposta:

Aluísio:

Essa palavra, ao que tudo indica, é o feminino do Latim PUTTUS, "menino".
A associação de palavras usadas para designar pessoas jovens com esse tipo de profissional é muito comum em vários idiomas.
O verbo PUTARE, "pensar, supor", se relaciona a PURUS, "puro".
Seu pensamento foi bem formado mas não tem respaldo histórico.

Pergunta #3602

Carissimo e estimadissimo professor,
nao sou tao assiduo mas de vez em quando apareco.
rs
Hoje tenho uma carta na manga com a palavra Tabu.
O que o senhor na sua imensa sabedoria teria a me dizer sobre essa palavra.

E se o sr. ainda tiver um tempinho, que tal a palavra dogma (se bem que acho que vis estah ultima por aqui em algum lugar.

abracos e parabens pelo site,

Resposta:

Fábio:

Pois trate de aparecer mais!

"Tabu" vem do Proto-Polinésio TAPU, "sagrado, proibido". Palavras com significado similar são o Havaiano KAPU, o Taitiano TAPU, o Maori TAPU.
Esta palavra entrou para o Inglês e daí para outros idiomas em 1777, a partir de um livro escrito pelo Almirante Cook.

"Dogma" vem do Grego DOGMA, "opinião", literalmente "o que se pensa ser verdade", do verbo DOKEIN, "parecer bom, pensar".

"Imensa sabedoria"... Ouçam todos!

Pergunta #3601

Uau! Digitei “Pattyconisa” no site de busca do Google e me achei lá!!
Andas sumido!

Resposta:

Pattyconisa:

Nosso site está colocando muita gente no Google. Experimentem!
Não seria o caso de aumentar o dízimo, não?

Pergunta #3600

A etimologia do sobrenome Heck.
Obrigada

Resposta:

Cacá:

Este nome pode ter origem alemã, holandesa, inglesa.
Neste último caso, é o mesmo que HACK, HATCH, HATCHER e denota origem num lugar onde havia um portão de entrada para um parque ou bosque cercado.

Sendo usado em nosso país, o sobrenome tem mais probabilidades de ser alemão.
Não conseguimos descobrir o significado, mas a família tem antepassados no Tirol, Sachsen e Hessen. Pode ser escrito HAAK, HUCK, HACK, HOCH.

Pergunta #3599

gostaria de saber a origem das palavras:
* pipoca
* jacaré
*república
* alforria
* democracia
* canjica
* esquema,
* samba

Resposta:

Fernanda:

"Alforria" vem do Árabe AL-HURRIA, "liberdade".

"Samba" se origina de um idioma africano, mas não há certeza absoluta de qual. Uma hipótese é o Quicongo SAMBA, "espécie de dança".

As demais respostas você encontra nas perguntas 3565 e 3574.

Pergunta #3598

Qual a origem das palavras: eucalyptus mint

Resposta:

Luciana:

A primeira vem de EUCALYPTUS, cunhada em 1788 pelo botânico Brutelle, a partir do Grego EU-, "bem", mais KALYPTOS, "coberto", pois suas sementes estão contidas num invólucro bem fechado.

A outra vem do Latim MENTA, do Grego MINTHE, o nome de uma ninfa que se meteu em apuros e foi transformada nessa erva aromática.

Pergunta #3597

O que eu queria perguntar sobre Asia já foi respondido na pergunta sobre a linguagem dos índios.
Eu não tenho essa capacidade de perceber a origem além das fronteiras modernas. Muito para traz no tempo me perco. Tenho é uma antena danada, vejo uma palavra e quase sinto as formas.Parece que é um dom.Ah, sim,me ajudaram muito as leituras no site, e ajudam.Percebo é que não faço bom uso do dom.
No livro O CAÇADOR DE PIPAS, que é lindo, achei uma definição para minha facilidade mal usada com as palavras, mal aproveitada: “Quem tem um dom e não usa é uma pessoa burra”. Eu sou burra.
Esquire é Excelentíssimo Senhor, usa-se nas cartas endereçadas.

Resposta:

Ana.Maria:

Não é burra, nada disso. A gente custa a descobrir um dom e depois tende a não acreditar nele.
Aproveite, que essa sua capacidade é rara.

Pergunta #3596

Gostaria de saber a origem e o significado da palavra KIRIA. Tenho uma amiga com esse nome e gostaríamos de saber sua etimologia. Grato.

Resposta:

Lucélio:

Esse nome, tão sonoro e bonito, não faz parte do repertório dos nomes clássicos.
Talvez tenha sido dado a partir da palavra grega KYRIE, "tem piedade".

Pergunta #3595

Por gentileza,a origem dos nomes:
1)Fontoura
2)Braz
3)Machado
4)Moraes
Obrigado,
Ju

Resposta:

Ju:

1) Teve origem na Espanha, na localidade de mesmo nome. Seu brasão ostenta uma fonte (chafariz) de ouro e um galgo negro junto a uma árvore.

2) Parece originar-se da palavra hebraica BARSEL, "ferro".

3) Uma das famílias nobres mais antigas de Portugal. Ter-se-ia originado com D. Moninho Viegas, por ter ele, acompanhado de seus dois filhos, atacado com machado a porta do Castelo de Santarém quando a cidade foi tomada aos mouros em 1147.

4) Existem famílias com esse nome em Portugal e MORALES na Espanha. Tomaram seus nomes de localidades do mesmo nome, onde se destacavam as amoreiras, que fazem parte do brasão.

Pergunta #3594

por favor mim ajudem a achar a origem e o significado da palavra teocracia

Resposta:

Amanda:

É prá já.
"Teocracia" vem do Grego THEOKRATIA, "poder, comando dos deuses", formado por THEOS, "deus", mais KRATEIN, "comandar, dominar, ter poder".
Claro que, nas sociedades teocráticas, não eram os deuses que comandavam, eram sacerdotes espertos que faziam isso por eles.

Pergunta #3593

qual a origem da palavra compliance? (francês ou inglês)

Resposta:

Marcus Vinicius:

Essa palavra é inglesa e vem do Latim COM-, "junto", mais o verbo PLICARE, "dobrar".
Em seu significado de "ceder, atender, ser elástico" está implícito o ato de "dobrar-se junto".

Pergunta #3592

Gostaria de saber a origem do nome:
Araújo

Resposta:

Leonardo:

Há duas localidades na Espanha com esse nome (variante: ARAÚXO) e duas em Portugal. Nelas devem ter tido seu início essas famílias.

O primeiro deles em Portugal parece ter sido Rodrigo Aires de Araújo, na Galiza, que passou a usar esse sobrenome a partir do castelo de Araújo, onde viveu.

Pergunta #3591

Quero saber as origens das palavras:
Sião,Sinai e Carmelo

Resposta:

Leonardo:

1) Do Grego SEON, do Hebraico TSIYON, o nome de uma fortaleza canaanita sobre uma colina de Jerusalém, tomada por David e que se transformou num centro de adoração de extrema importância para o povo judeu.

2) Possivelmente derivado da divindade lunar SIN.

3) Do Monte Carmelo, no noroeste de Israel, que se diz KARMEL em Hebraico, "jardim".

Pergunta #3590

como é que eles sabem o endereço deste site? que chatice, né não?

Resposta:

Ana.Maria:

Sabem o endereço como todas as pessoas sabem. O pior é que não se dão conta de que não estão levando nada.

Pergunta #3589

Sossegaram as fãs de kitty, desembestaram os puxa-sacos mal intencionados, %¨*@#$++!!

Resposta:

Ana.Maria:

Nem sequer são puxa-sacos, são apenas mal-intencionados que voltaram. Nunca abram essas drogas.

Pergunta #3588

Amir Agha (senhor Amir) na Ásia.
Fuji San (senhor Fuji, o monte) no Japão.
Agha Khan e por aí vai.
Onde mais se usa o título depois do nome? Será pedir demais? Se for, desculpem.

Resposta:

Ana.Maria:

Na Inglaterra, um homem pode ser chamado MISTER JOHN SMITH ou JOHN SMITH, ESQUIRE (abreviatura: ESQ.), são tratamentos equivalentes.
Um cardeal coloca o título no meio do nome: JOÃO CARDEAL SILVA.

Pergunta #3587

Esqueci de complementar sobre idiomas PUROS: será que nossos índios brasileiros foram originais, falavam língua criada aqui antes de serem praticamente dizimados? De onde será que vieram os idiomas não escritos dos indígenas das Américas? E dizimados, que nada tem a ver com dízimos, é parente de que (ou tem?)?
Hiii… não vou puxar essa corda mais,já sei que ela não tem fim…

Resposta:

Ana.Maria:

Nossos índios vieram da Ásia; deve haver algumas raízes em comum com idiomas dessa região ainda. Mas não posso dizer ao certo.

"Dizimados" tem a ver com "dízimos", sim, também vem de DECEM, "dez"! Quando uma legião romana não se comportava com bravura numa batalha, os seus remanescentes eram colocados em forma e contados; a cada dez, um era retirado para ser executado.
Assim, na verdade, nossos índios não foram dizimados; com seus números aconteceu pior do que isso, pois sobraram bem menos de 90%.

Falando em dízimos, pessoal...

Pergunta #3586

Estou para ver metáfora como esta da dispaurenia. Que voltas a linguagem dá!Tanta bad word por aí e dispaurenia tem esses pruridos todos?
Estou lendo uns sites asiáticos, melhor seria dizer tentando ler, e notei umas palavras bem parecidas com as nossas.No Irã MODA é mãe, quase como se pronuncia MOTHER em ingles. No Afganistão thoophan é tufão, quase igual ao nosso. Vi uns cartoons do Oriente Médio, já quase lá na Ásia, e me espantei com palavras onde consegui ver semelhanças.
Fico sempre farejando (xeretando) idiomas e sempre me espanto.Assim como nas raças, não se pode dizer que algum idioma é PURO – no sentido de ter raízes étnicas entrelaçadas com a língua, comprometidas ideologicamente.
Sabe S.Sª de algumas vindas diretamente da Ásia? Pode me dar alguns exemplos, que não sejam as nossas conhecidas e que originaram palavras com as quais já temos intimidade?
Bigada!

Resposta:

Ana.Maria:

A palavra é "dispareunia".

Pois é, você andou vendo palavras que vieram do Indo-Europeu e estão por aí, perfeitamente reconhecíveis. Não é lindo?
Será que essa sua capacidade se deve às suas viagens em nosso site?
Não sei se entendi direitim sua pergunta. Pode reformular?

Pergunta #3585

NOSSA, VALEU HEIN…

MUITÍSSIMO OBRIGADA.

QUE SITE D+
AMEI.

Resposta:

Miriam:

Não agradeça, apenas apareça.

Pergunta #3584

AJUDE-ME.
QUAL A ORIEM DA PALAVRA MOTIVAÇÃO.
OBRIGADA.

Resposta:

Miriam:

Ajudo, ajudo!
Essa palavra vem do Latim MOTIVUS, "algo trazido à frente, deslocado", de MOTIVUS, "o que empurra, o que faz mover", do verbo MOVERE, "deslocar, mover".

Pergunta #3583

Ao ilustrado Felipe Caruso: Folgo em saber que minhas ondas sísmicas fizeram falta. Oxalá elas transmitissem tanta cultura. Penso na rápida concessão do honorífico título diaconal (sem muita lavação de autos) ou da condecoração à sua magistral competência. Assim poderei contribuir para uma onda de olecranalgia por aqui, não?

Tiácono: Na minha meditação tive uma alocução interior que estás muito ocioso e que não te desdobraste na ajuda aos neófitos. Se assim continuares abrirei um dossiê de rebaixamento de zona.
Aliás, tu ainda não nos mandaste a foto de tua vestição diaconal, como provarei que eu fui a responsável pela tua subida ao pódio de um renomado título? No mais, quero dizer que sou tua fã.

Teacher: Como o senhor expõe de um modo tão… tão… tão natural seu regozijo pela minha ausência?
Ei, o senhor me respondeu sobre o texto do Sherlock Holmes? Não encontro!
Algumas palavrinhas de lambuja para o senhor: atresia, tricúspide, stent, dispareunia, ablação, ciatalgia, mitral, ventura e aventura. São só 9, poderá me responder de 3 em 3…
No fundo, bem lá no fundo sei que o senhor pensa: O site sem a Paty não é o mesmo! Trouxe-lhe quitutes!
E já que eu volto!

Resposta:

Katriconisa:

Burrp, chlép, sglubrs. Desculpe a demora e o fato de eu estar assim com a barriga cheia, mas não pude resistir aos acepipes, que tão em boa hora chegam.

Meu regozijo por sua ausência não é assim, veja bem, fui tirado do contexto, a imprensa entendeu mal e vamos passar às respostas que é melhor.

1) Cunhada em Francês em 1871, como ATRÉSIE, do Grego A-, "sem", mais TRESOS, "ato de fazer um orifício".

2)Do Latim TRI-, "três, com três", mais CUSPIS, "ponta de lança, ponta em geral".

3) Do nome do dentista inglês Charles STENT.

4) Do Grego DIS, "mal, ruim", neste caso "com dor", mais PÁREUNOS, "aquele com quem se divide o leito, cônjuge". formado por PARA, "ao lado", mais EUNÊ, "leito conjugal".


5) Do Latim ABLATIO, "retirada", de AUFERRE, "retirar, roubar, obter".

6)Do Latim SCIATICUS, derivado do Grego ISKHIADIKOS, de ISKHION, "osso da bacia", que deu nome ao nervo, mais -ALGIA, "dor".

7) Do Latim MITRA, "faixa, adorno para a cabeça", de origem oriental.

8) Do Latim VENTURUS, "o que há de vir, o que está no futuro", particípio futuro de VENIRE, "vir".
Fixou-se na conotação de "fatos positivos, agradáveis, que hão de vir".

9) Também de VENTURUS, com o prefixo AD-, "a", do verbo ADVENIRE, "vir a acontecer".

Você estava com a primata hoje, hein?
Primeira Anterior 123456 última
; ?>