Pergunta #10267

A origem da palavra e o seu significado na lingua de origem e a utilizacao no portugues… Obrigado novamente

Resposta:

A origem da palavra está dada.
O uso em nosso idioma seguiria o significado original.
Para nosso desgosto, a palavra está dicionarizada.

Pergunta #10266

Gostaria de saber a origem da palavra “Delicatessen”
Muito Obrigado! Excelente Site…

Resposta:

Essa palavra se usa nos EUA desde 1889, um empréstimo do Alemão DELIKATESSEN, "comidas finas, delícias", do Francês DELICATESSE, do Latim DELICATUS, "delicioso, fino, atraente".

Gratos pelo elogio, curta-nos.

Pergunta #10265

Sua Sapiência me consideraria equivocada ao ligar a palavra “merci” ( agradecimento em Francês ) a “você” ( pronome em Português )? A ligação seria através de Vossa Mercê, Mercedes, vosmecê e por aí.
E o lysia de análise é o mesmo de “lise de aderência”, certo?
Boa semana para todos vosmecês!
am

Resposta:

Sim, minha Sapiência e digna Tracelência a consideraria equivocada caso a respeitável Diaconisa insistisse nessa ligação.
MERCI vem de MERX, "mercadoria, material para venda", que passou, pelas inescapáveis ligações monetárias, a significar por um tempo "salário, recompensa", derivando, com influência eclesiástica, para "favor, graça divinas".
Como a gratidão é uma consequência do favor ou graça, o sentido de "obrigado" entrou em uso já no séc. XII.

A outra parte está certa.

Pergunta #10264

Qual a origem da palavra “Oleo”?

Resposta:

É o Latim OLEUM, "óleo de oliva", do Grego ELAION, "oliveira".
Passou a ser usada para substâncias lipídicas de baixa viscosidade depois de 1300.

Pergunta #10263

gostaria de saber as origens das palavras:
incólume, intrínseco, analítico, sintético,virtual e virtude.

desde já agradeço

merci, mille fois merci

Resposta:

1) Do Latim INCOLUMIS, "inteiro, não danificado".

2) Do L. INTRINSECUS, "dentro, para o interior de", de INTRA-, "dentro", mais SECUS, originalmente "o que segue", relacionado a SEQUI, "seguir".

3) Do Grego ANALYSIS, "rompimento", de ANALYEIN, "afrouxar", de ANA-, "para cima, através", + LYSIS, "afrouxamento".

4) Do G. SYNTHESIS, "coleção, grupo, conjunto", de SYN-, "junto", + TITHENAI, "pôr, colocar".

5) Do L. VIRTUS, "excelência, potência, eficácia", literalmente "qualidade masculina, virilidade".
O sentido de "capaz de produzir determinado efeito" levou ao de "ser algo na essência".

6) Do L. VIRTUS.

Il n′y a pas de quoi, vous êtes bienvenu ici.

Pergunta #10262

Qual a diferença etmológica da palavra ALUNO e EDUCANDO

Resposta:

Leia a edição nº 6 da seção "Etimologia no Maternal" e a nº 35 de "Conversas com Meu Avô" que você descobrirá.

Pergunta #10261

Qual o significado da palavra Tacutu? Que é o nome de um Rio que fica em Roraima e que faz fronteira com a Guiana Inglesa.

Resposta:

Rogério, seus temas de casa terão que ser feitos de outro modo.
Não somos um dicionário nem atlas geográfico.

Pergunta #10260

Patty, está de volta? Que bom!
É só, estou correndo.

Pergunta #10259

Ok… Os reféns estão a salvo, graça a sua extraordinária rápidez.

Masis uma coisinha

1) Do Latim PENETRARE, “colocar dentro, entrar em”, relacionado com PENITUS, “dentro, íntimo” e PENUS, “a parte mais íntima de um templo”.

O órgão genital masculino tem algo a ver? Sua origem tem raiz similar? Quero saber diferenciar.

Resposta:

Você escapou da cadeia.

Não "pênis" vem do Latim PENIS, de mesmo significado, originalmente "cauda", do Indo-Europeu PES-, "pênis".

Pergunta #10258

Hello, teacher!
Agora consegui a senha secreta para entrar na caixa verde.

Como sabe, são urgentes as respostas, estou com os reféns, se demorar muito…já era. Nem adianta contratar o NCIS!

PENETRAR ESQUADRINHAR, EXAMINAR, SONDAR, PERSCRUTAR.

Também quero reinvindicar um uniforme nosso para o meu diaconato!

Resposta:

A Interpol, a CIA, o FBI, a Scotland Yard e o X-8 estão atrás de você. Não complique as coisas, é melhor largar os reféns, procurar o posto policial mais próximo e se apresentar logo.

1) Do Latim PENETRARE, "colocar dentro, entrar em", relacionado com PENITUS, "dentro, íntimo" e PENUS, "a parte mais íntima de um templo".

2) Do L. SCRUTINARE, "buscar, inquirir", de SCRUTARE, "examinar, procurar", de SCRUTA, "trapos, lixo". A idéia básica é procurar entre coisas sem valor para achar algo de interessse.

3) Do L. EXAMINARE, "testar, colocar à prova", de EXAMEN, "meio de pesar ou avaliar", provavelmente de EXIGERE, ""pesar acuradamente".

4) Do Francês SONDER, "avaliar a profundidade da água", do Anglo-Saxão SUNDGYRD, "vara para sondar".

5) Do L. PER- "totalmente". Para o resto, olhe em 2).

Pergunta #10257

Por favor, vocês têm alguma sugestão de livro sobre as 10 classes de palavras? Sei que não é a área específica desse site, mas não custava eu tentar, né?!

Resposta:

Realmente, não é nossa área e não temos como falar do assunto.
Há tempos estamos tentando substituir a Tia Odete, do nosso Maternal, por alguém que ensine Português, mas está difícil.

Pergunta #10256

Logo vocês conseguirão patrocínio para acrescentar ferramentas de busca… heheheh… O site é muito bom e logo haverá parceiros… Aproveitando a passadinha por aqui, qual a origem da palavra “FLORICULTURA”? Ela é composta ou derivada?

Resposta:

Oba, você está se candidatando a nos patrocinar?

Essa palavra é composta por palavras que vêm do Latim FLORA, a deusa romana das flores, de FLOS, "flor", mais CULTUM, particípio passado de COLERE, "cultivar, cuidar de, honrar".

Pergunta #10255

Não se trata de uma pergunta etimológica, mas de uma sugestão… Sinto falta de uma ferramenta de busca no “origemdapalavra”. Desse modo, uma mesma palavra não seria descrita várias vezes, você digitaria a palavra cuja origem interessa e o site mostraria uma resposta já divulgada…eheheheh… Que tal?

Resposta:

A sugestão é ótima. Mas custa dinheiro e, não sei se v. reparou, este site é sustentado apenas pelos autores, não tem patrocínio.
Mas nos aliviaria bastante o trabalho.

Pergunta #10254

origem das palavras: convidaram – festa – pobre – homens – convencer – pagar – droga – nascer

Resposta:

1) Do Latm CONVITARE, alteração de INVITARE, "distrair, convidar, entreter".

2) L. FESTA, "festas, feriados".

3) L., PAUPER, "pobre".

4) L., HOMO, "homem".

5) L., CONVINCERE, "predominar decisivamente", de COM -, intensivo, + VINCERE, "vencer, derrotar".

6) L., PACARE, "agradar, acalmar", de PAX, "paz".

7) Do Francês DROGUE, "produto farmacêutico, tintura".

8) L., NACQUERE, "nascer".

Pergunta #10253

qual o significado e a origem das palavras: agonizar, geração e variedade

Resposta:

1) Do Grego AGONIA, "luta pela vitória", de AGON, "reunião para uma competição", de AGEIN, "guiar, liderar".

2) Do Latim GENERARE, "dar à luz".

3) Do L. VARIETAS, "diferença, diversidade", de VARIUS, "diferente, manchado".

Pergunta #10252

Muito obrigada mesmo. E parabéns pelo site, muito bem formulado!

Resposta:

Nós é que agradecemos a sua gentileza e a sua foto.

Pergunta #10251

Por favor, eu gostaria de saber a origem dessas cinco palavras: harpa, hispânico, hóspede, hangar e harém.
Ficaria muito agradecida, além de estar me ajudando, também irá tirar minhas dúvidas

Resposta:

1) Do Latim HARPA, "certo instrumento de cordas", de origem germânica.

2) Do L. HISPANIA, "Espanha".

3) Do L. HOSPES, que tanto servia para "hóspede" como para "hospedeiro".

4) Do Inglês HANGAR, "depósito para veículos de tração animal", provavelmente alteração do Holandês HAM-GAERD, "galpão junto de uma casa".

5) Do Árabe HARAM, originalmente "aposentos das mulheres", literalmente "algo proibido ou mantido sob guarda".

Pergunta #10250

“Você tem mais amplitude para incorreções políticas do que nós aqui, Emília do Monteiro Lobato.”.
Taí o exemplo de seu estilo, que citei. Que nada! Eu sou é tão metida E “lambida” como dizia a Tia Nastácia)quanto a Emília e aí é que acabo falando de tudo quanto é assunto, de futebol a tortas de maçã.Como aqui não é lugar para falar de tudo, sua elegância responde assim.
Valeu!, diria o Romário!

Resposta:

Grato por dizer-me elegante.
E grato por ser metida assim.

Pergunta #10249

Somos sectaristas mesmo e assim “étnico” é usado para tudo que não for de aspecto americano/europeu.E exótico é o que vem de fora, qualquer “fora”.
Mas existe algo na palavra falada que determina comportamentos, como já comentei aqui: os músculos faciais de quem fala Português me foram apontados como motivo, na Africa do Sul, para saberem o meu idioma pátrio. Interessante…
A gata da minha irmã, ao ouvir a palavra BIBELÔ, sobe na balança do banheiro. Com um primata, mais evoluído, eu conseguiria até mais que com o Miguell, quem sabe? Basta estimular.E estímulo não é comum na educação brasileira,onde professores até podem ser ofendidos em classe.

Resposta:

Está aí, a classe que mais deveria ser respeitada no país o é pouco.

Você tem mais amplitude para incorreções políticas do que nós aqui, Emília do Monteiro Lobato.

Pergunta #10248

Consertando:”…mas não para o uso comum, diário, apontando como exótico aquilo que nos é estranho”.
Tentar explicar que certos nomes não têm origem é incômodo no seu estilo elegante (ou diplomático ou as duas coisas) de ser. Eu diria tranquilamente que estão é inventando nomes demais, sem precisar citar a segunda parte: pobreza cultural. Numa favela do Rio nasceu, entre outros , um Miguell. MIGUELL! Não precisamos ser como Portugal, que renega nomes mais atuais e é um tal de Maria João, João Maria, Joaquim, José e coisas assim tradicionais.

Resposta:

O pior é que as criaturas passam a aguentar as invenções dos pais pelo resto da vida.

Pergunta #10247

bom dia ,estou com um trabalho de escola que pediram significado de varias palavras , será que podem me ajudar………..
almofada
mamute
maio
pizza
boliche
ofuro
xampoo
tchau
abusei , mas me ajudem por favor, obrigado

Resposta:

Ai, esse tema de novo... Ele percorre o Brasil inteiro há muito tempo.
Procure na resposta nº 8616.

Pergunta #10246

Prezado Professor,

Incialmente, meus parabéns pelo excelente site.
Minha pergunta – Diante de tantas explicações que já li, gostaria de saber sua resposta. Qual será mesmo a “pronúncia” correta da sigla do Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (IPHAN): “Ipan” ou “ifan”? Forte abraço

Resposta:

Gratos pelo excelente elogio, isso é bom.

Sua pergunta não se correlaciona com nosso escopo, mas consultamos um historiador nosso amigo que diz que essa pronúncia sempre foi "IFAN", desde a criação do Instituto em 1937.

Pergunta #10245

(dor nas costas, comi a palavra)
Os nomes próprios Jorge, Guilherme e José existem praticamente em todo tempo/lugar. Pq será? Pior é que de uns tempos para cá deram de inventar nomes no Brasil – acrescentam letras duplas ou um final em Y, coisas assim. Existem nomes estrangeiros que são escritos como se ouvem.Desculpem, não quero magoar suscetibilidades, mas isso não parece pobreza cultural?
Por fim: fico meio brava quando a palavra EXÓTICO é usada para definir coisa estranha, no sentido de “diferente” mais que de “estrangeiro” ( ou vindo de fora, o correto).Não vejo que diferente deva ser necessariamente estrangeiro, embora na prática as culturas sejam mesmo diferentes.Mas não para o uso comum, diário, apontando exótico aquilo que nós é estranho. Entendeste a implicância? Entendes tb pq uso o pronome TU? Sim, é que “aí” se fala muito TU…

Resposta:

Quando estivemos na Batúvia, no Grogistão e na República Malaukai não vimos esses nomes, com o que sua estatística fica comprometida.
Mas fora isso, eles são comuns mesmo, um de origem grega, outro germânico, outro semita.

Tentar explicar que nomes como os a que v. se refere não têm origem é bastante incômodo. Concordamos plenamente com sua segunda interrogação.

E é muito engraçado ver a palavra "étnico" usada como você diz de "exótico". Pelo visto, "étnico" é tudo que não for de aspecto americano/europeu.

TU? Estranho prá chuchu.

Pergunta #10244

Oi, Grande Traça! Estou a mil, agora com mais dois livros para revisar e editar. Não consigo ficar aqui por muito tempo: nas costas. Mas estou animada com a proposta: dois livros meus serão colocados nas livrarias até o começo do ano que vem. Pena que eu não possa dizer quais e onde, seguindo o exemplo de sigilo total (X7 diz quá-quá!).
Beijokas da
ana.maria
PS: então chegamos ao mundo todo, mesmo, atá a Portugal???

Resposta:

Parabéns, bastante trabalho é sinal de competência.
Essa X-7 é uma chantagista. Estamos pensando em denunciar à Polícia.

Você não se lembra da Selma, nossa cliente de Portugal nos tempos do começo? Já andamos por lá. O site, digo.

Pergunta #10243

na pergunta 10242, onde está escrito harmania, quis dizer harmonia… digitei errado.
Desculpe

Resposta:

OK...

Pergunta #10242

Gostaria de saber a origem da palavra Harmonia, e se Harmony é a mesma coisa.

Existe algum site que eu possa pesquisar mais? preciso achar um simbolo que defina harmania.

Deste já obrigado.

Resposta:

Essas palavras significam o mesmo, uma em Português e outra em Inglês.
Derivam do Grego HARMONIA, "acordo, concordância de sons".

Quanto a sites que tenham o que v. procura, não temos referências.

Pergunta #10241

Se possivél gostaria que me ajudassem com a origem da palavra Ternura.
Muito Obrigada

Teresa

Resposta:

Pois não, prezada cliente de além-mar. Essa linda palavra vem do Latim TENER (acento na 1ª sílaba), "suave, brando, afetuoso".

Pergunta #10240

Olá! Alguém pode me ajudar? Qual a origem da palavra ′presente′?

Resposta:

É o Latim PRAESENS, "ato de estar à frente", de PRAE, "antes, à frente", + ESSE, "ser, estar".

Pergunta #10239

qual a origem da palavra gloria

Resposta:

É o Latim GLORIA, "grande honra ou elogio".
Como se vê, não mudou nada em milhares de anos.

Pergunta #10238

Olá! Gostaria de saber a origem da palavra “PAGODE”.

Resposta:

Olhe a pergunta 9497.
Primeira Anterior 12345
; ?>