Em: Consultório Etimológico

ausência e presença

Bem que “ausência” poderia ter um parentesco com “presença”. Não é verdade que quanto mais doída ela for, mais presente a pessoa se torna?
Logo, ausência é uma forma de ficar…
Ih! Acho que aqui não é lugar para filosofar…. Perdoem minhas divagações….

Resposta:

Não perdoamos as divagações, elas são é bem-vindas. E são muito bem apanhadas também. Esta de agora é um pequeno poema.

E essas duas palavras são irmãs mesmo. A primeira vem do Latim ABSENS, “estar fora, estar afastado, ausente”, particípio de ABESSE, formado por AB-, “fora”, mais ESSE, “ser, estar”. É a origem também de “absenteísmo”.

E a outra é de PRAESENS, “à disposição, imediato, no lugar”, de PRAEESSE, formado por PRAE-, “à frente de”, mais ESSE.

¤ ¤ ¤