Em: Assunto da Edição

MAUS TRATOS

 

Um péssimo hábito de nossa espécie é tratar mal os outros. Seja por pura maldade, arrogância, cobiça ou mesmo por uma distorção mental, essas ocorrências são coisa de todo dia em nosso planeta.

Enquanto não conseguirmos eliminar essa conduta tão desagradável, vamos nos conformar com estudar as palavras usadas para descrevê-la.

 

MALTRATAR  –  evidentemente se forma por mal, do Latim malus, “mau, ruim, nocivo”, mais tratar, do Latim tratare, “lidar, manejar, administrar”, relacionado ao verbo trahere, “puxar, arrastar, trazer”.

 

HUMILHAR  –  do Latim humiliare, de humilis, “humilde, de baixa extração”, literalmente “no chão”, de humus, “terra, chão”.

 

ESPEZINHAR  –  de , do Latim pes, “pé”, pelo sentido de usá-lo para pisar repetidamente ou, metaforicamente, maltratar.

 

ENXOVALHAR  –  alguns atribuem sua origem a enxovia, “prisão”, do Árabe ax-xaiuia, “prisão, cárcere”. Mas não há certeza.

 

VILIPENDIAR  –  do Latim vilipendere, “desprezar, dizer que algo vale pouco”, de villis, “barato, vil”, mais pendere, “pesar, balançar, avaliar preço”.

 

ENVILECER  –  do Latim invillescere, também “tornar vil, rebaixar”, do mesmo villis acima citado.

 

AVILTAR  –  do Latim viltare, “tornar vil, menosprezar”. Os romanos gostavam deste tipo de desaforo, já se vê.

 

DESPREZAR  –  forma-se pelo prefixo latino des-, de oposição, mais pretium, “apreço, estima”, do Indo-Europeu pret-yo, “comerciar, vender”.

 

DEPRECIAR  –  tem a mesma origem do anterior; seu uso principal é relativo a “rebaixar o preço, o valor de alguma coisa”.

 

MENOSPREZAR  –  mais um derivado de pretium. Este começa com menos, para dar a ideia de rebaixamento.

 

ACANALHAR  –  esta deriva de canalha, do Latim canis, “cão”. Por motivos desconhecidos, o nome deste nosso melhor amigo é usado como ofensa em grande número de idiomas. Injusto.

 

achincalhar  –  esta se origina de um jogo chamado chinquilho ou malha. Trata-se de jogar uma ferradura para atingir uma estaca cravada no chão. Sugere-se que chinquilho  se tenha formado a partir de cinco, da época em que eram usadas cinco estacas.

E o que tem com o sentido de “desdenhar, escarnecer”? Que, durante o jogo, é comum rebaixar o adversário.

Claro que isso acontece em todo tipo de jogo, mas quando inventaram a palavra pareceu adequado…

 

INFAMAR  – do Latim infamia, “desonra,  má fama, má reputação”, de in-, negativo, mais fama, “reputação, fama”.

 

MACULAR  –  do Latim maculare, “manchar”, de macula, “mancha, sujeira”.

 

MANCHAR  –  tem a mesma origem da anterior.

 

DESLUSTRAR  –  de des-, negativo, mais lustrar, do Latim lustrare, “polir, limpar”.

 

DESDENHAR  –  sua origem é o prefixo negativo des-, mais um derivado do Latim dignari, “considerar de valor ou adequado”, de dignus, “valioso”.

 

APOUCAR  –  de pouco, do Latim paucus, “escasso, em pequena quantidade”. Em Latim arcaico queria dizer “ficar pequeno, diminuir”.

 

MENOSCABAR  –  do Latim minuscappare, “fazer mal alguma atividade, deixá-la por acabar”, de minus, “menos”, mais accapare, “levar a efeito, terminar, acabar”.

 

¤ ¤ ¤
Em: Consultório Etimológico

origem

Bom dia! Gostaria de saber a origem das palavras achincalhar e chocalho?

Resposta:

1) Possivelmente de chinquilho,  de “cinco” (originalmente um jogo da malha com cinco paus). Como sua prática era ocasião para risadas e deboches, essa palavra obteve o sentido atual.

2) Do Latim Medieval CLOCCA, “sino”, com origem Celta.

¤ ¤ ¤