Em: Consultório Etimológico

Para Laryssa:

Bom, devo confessar que peguei a frase pronta…
É mais ou menos algo como “A fênix renasce de suas cinzas mais forte e poderosa que antes”.
Mas assim em português não tem o mesmo brilho, o mesmo charme, timbre, elegância, que têm em latim…

Ps. o tradutor do google, que por incrível que pareça traduz latim, ainda é um pouco experimental neste idioma e traduz de forma meio sem sentido, mas já dá para quebrar o galho…

——————————-

Mudando de alhos para bugalhos, quais os étimos de:

1 – Timbre
2 – Charme
3 – Alho
4 – Bugalho

E aproveitando que restam duas (agora sem relação com o restante deste post)

5 – Acrobacia
6 – Poleiro

Resposta:

Aquele charme é difícil  mesmo de ser obtido em outros idiomas.

1) Do Francês TIMBRE, “tambor”, derivado do Latim TIMPANUM, “tambor grande”, do  Grego TYMPANON, idem, de TYPTEIN, “bater”.

2) Do F. CHARME, “encantação, feitiço, canção, lamentação”, do Latim CARMEN, “canção”, de CANERE, “cantar”.

3) Do L. ALLIUM, “alho”.

4) Do L. BACCACULUM, diminutivo de BACCA, “baga”.

5) Do G. AKROBATES, “dançarino na corda bamba, ginasta”, de AKROS, “no alto”, mais BAINEIN, “caminhar, ir”.

6) Do L. POLUS, “polo, eixo”.

¤ ¤ ¤