Em: Consultório Etimológico

Tadinho do meu amigo Fausto…

Oh, Faustinho!! Considera-se um adicto, é? Peraí se meu chazinho de melissa não dá um jeito nos seus tiques!

Tadinho! Tão jovem e já tão viciado…

Minha atiçada curiosidade deseja saber as origens de PATOTA, MAGIARES, MONDAR e ALCUÍNO.

Muito chá nessa virada de tempo e chocolate quente (amargo, é claro)!

Resposta:

Agradeço se você der um jeito em nosso jovem amigo.

1) Do Lunfardo PATOTA, “grupo de pessoas com um determinado fim”, de PATO mesmo, pela semelhança de comportamento, sempre se deslocando em bandos.

2) Sinônimo de húngaro. Era o nome que davam a si mesmo os membros os membros do grupo étnico MAGYAR, derivado do Fino-Úgrico MANC-, “pessoa, homem”.

3) Do Latim MUNDO, “limpo, purifico”.

4) Do Germânico ALKWIN, de ALHS, “templo”, mais exatamente “prédio fechado e protegido”, junto com WIN, “amigo”.

¤ ¤ ¤