Em: Consultório Etimológico

Asterix com coreotetose

Toda vez que a complexidade da vida (humana, vegetal ou animal) me assusta, por algum acontecimento que cutuca a sensibilidade, constato novamente e humildemente que sabemos tão pouco de tudo.
Hoje, procurando respostas para perguntas que não se tem como achar solução, no máximo informação, me deparei com a afirmação de que certas drogas (remédios) podem causar respectivamente “coreoatetose” e “asterixis”.
Logo fiquei querendo dissecar etimologicamente a primeira e a segunda… bem , a segunda me fez foi rir. ASTERIX? Com aquele barril como roupa e aquilo na cabeça? Como assim?
Foi mais sagaz e irônico o criador do personagem do que eu supunha. Piradão o francês? Mais interessante se o nome dele derivou de doença mental do que se foi apenas um nome vago.
Mas minha pesquisa era para coisa mais séria; Asterix apenas entrou como pilates no enredo.

Sua Sapiência poderia me ilustrar sobre a origem de ambas as palavras, please?

Resposta:

1) Esses movimentos descoordenados receberam o nome a partir do Grego KHOROS, “dança”, mais ATHETOSIS, “não colocado”, de A-, negativo, mais TITHENAI, “inserir em, colocar, botar”.

2) Do Grego A, negativo, mais STERIXIS, “posição fixa”, já que este sintoma implica em não se poder manter a mão estendida em posição instável.

Perdeu a graça?

¤ ¤ ¤