Em: Consultório Etimológico

back home

Ave Grã Traça! Estou tentando me recuperar : em pouco tempo perdi minha única sobrinha e meu único pai. Sinto falta de nossas conversas mas fiquei “down”. Hoje vim para perguntar sobre o sufixo PSIA (autopsia, epilepsia, narcolepsia etc.). Não gosto muito de perguntar sobre nomes mas me intriga a quantidade de VIOLANTE pelo mundo latino. Nada a ver com violência, claro (ou sim?), acho que não.
Um afago nas antenas e SIUS PLAU.

Resposta:

E você não acha que este é um lugar bom de frequentar, seja nas boas ou nas más fases? Estão todos por aqui preocupados com a sua ausência.

Você se referiu a dois sufixos diferentes, nas verdade. O de “autópsia” vem  do Grego OPSIS, “vista”, já que uma autópsia é “ver com os próprios olhos”  –  do examinador, não do defunto.

Nos dois outros casos, o sufixo deriva do Grego LEPSIS, “ataque, reação súbita”.

Não encabule com nomes; sobrenomes é que nos atrapalham, a ponto de não estarmos mais respondendo.

Mas “Violante” vem do Germânico WIOLAND, de WIOL, “bem-estar, riqueza”, e LAND, “terra, país”.

“Iolanda” é outra forma desse nome.

Andou pela Catalunha há pouco?

¤ ¤ ¤