Proferir – só pode ser verbal?

Comentando uma mensagem de alguém no WhatsApp, eu disse que fulano proferiu atenciosa e carinhosamente a mensagem. — Acho que errei, pois quem profere, o faz verbalmente; não é?

Resposta:

Tem razão.