Traduções malfeitas (4 de abril de 2011)

Bom dia amigos,

Gostaria de fazer um comentário:

Estava lendo um de seus posts, TRADUÇÕES MALFEITAS, de 4 de abril de 2011 e acabei lembrando que há uns anos atrás assisti a um capítulo do seriado ROME (2006).

Nele, uma coorte está retornando a Roma, quando Marco Antônio ordena que parem a marcha.

O motivo era a jovem pastora que estava à beira da estrada. Marco Antônio leva-a a uma árvore próxima, levanta seu vestido e o resto vocês já adivinharam. Ali mesmo, à beira da estrada, na frente dos soldados (sim, os romanos são práticos com as coisas da vida. Ai dos filósofos gregos).

Então, um legionário, indignado, fala ao centurião (seguindo as legendas em português), enquanto há um terceiro soldado, logo atrás dos dois, segurando o ESTANDARTE da legião:

– Ele não pode fazer isto. Ele está abaixo do padrão!!!

Então o centurião responde raivoso:

– Cale a boca soldado. Ele é o general Marco Antônio e não está abaixo do padrão.

Diálogo estranho. Acontece que a palavra inglesa STANDARD, que foi utilizada no diálogo original, para além de significar PADRÃO, em português, também significa ESTANDARTE, ou seja, a bandeira de guerra que identificava as diferentes legiões. O pobre soldado estava apenas exigindo um pouco mais de disciplina, enquanto mobilizado na tropa, mesmo tratando-se de um general.

Ai dos tradutores brasileiros.

Resposta:

Muito bem observado, Pablo. Gratos pela colaboração.