Palavra sem

uma busca implacável

Palavras: sem , Shem

tenho estudado etimologia desde que comecei a explorar mais o significado das coisas pelo seu nome, me encontrei procurando a mim mesmo.

sou descendente de Semitas – que até onde meus conhecimentos me permitem saber , significa filho de Sem ( Shem – Shm)

mas não sei a origem dessa palavra, ou mesmo seu significado, tenho dificuldades para encontrar respostas sobre, agradeço se puder ajudar, e já sou grato pela atenção.

Resposta:

Você está certo. E SHEM foi um dos filhos de Noé; seu nome em Hebraico significa “renome, prosperidade”.

PREPOSIÇÕES

Palavras: a , ante , após , até , com , contra , de , desde , em , entre , para , perante , por , sem , sob , sobre , trás

 

Uma preposição é uma palavra invariável que conecta elementos de uma frase e determina entre eles uma relação. As preposições eram usadas já no Latim, pois o fato de serem as palavras declinadas (terem a última sílaba diferente conforme o caso) nem sempre era o bastante para expressar adequadamente as expressões sintáticas com toda a clareza.

Em Latim havia mais preposições do que temos em Português. Daremos informações sobre as origens das preposições essenciais a seguir. Onde não citarmos o Latim, é porque é deles que elas derivam.

As preposições essenciais, ou seja, as palavras se apresentam exclusivamente como tal, são dezoito.

 

PREPOSIÇÃO –  de praepositio, “ato de colocar à frente”, de prae, “antes, à frente”, mais ponere, “colocar, pôr”.

 

A –  de ad, que por sua vez veio do Indo-Europeu ad-, “para, perto, em”.

 

ANTE –  de ante, “antes, na frente de, oposto a”, do Indo-Europeu anti, “antes, frente a frente, à frente de”.

 

APÓS –  de ad, mais post, “atrás, depois”, do Indo-Europeu apo-, “para fora, afastado”.

 

ATÉ –  esta origem é discutida. Há que diga que vem do Árabe hatta, de mesmo significado, que gerou o hasta espanhol.

 

COM –  de cum, “junto, acompanhado de”.

 

CONTRA – de contra, “contra, em oposição a”, que originalmente tinha o significado de “em comparação com”.

 

DE –  de de, que originalmente dava a sensação de afastamento no espaço, “para fora, afastado de, movimento de cima para baixo”, e figurativamente “por causa de, relativamente a, de acordo com”, do demonstrativo Indo-Europeu de-.

 

DESDE –  sua origem é de ex de, uma expressão que indica o ponto, no tempo ou espaço, do qual se inicia alguma coisa ou fato.

Do de acabamos de falar, o ex quer dizer “fora, afastado” e vem do Indo-Europeu eghs-.

 

EM – de in, designativo de lugar, do Indo-Europeu en-, de mesmo sentido.

 

ENTRE –  de inter, “entre, no meio de, situado entre vários”, do Indo-Europeu enter-, “entre”, um comparativo do en- que acabamos de ver.

 

PARA –  de per (que veremos logo adiante), “por, através de”, mais ad, indicando direção, tendo passado pela forma arcaica pera.

 

PERANTE –  esta é fácil; forma-se de per + ante.

 

POR –  de pro, “no lugar de, antes, tal como, por”, do Indo-Europeu per-, “à frente, através de”.

 

SEM –  de sine, “desprovido, sem”, do Indo-Europeu sene-, “à parte, separado”.

 

SOB –  de sub, “embaixo, abaixo, de trás”. Surgiu do Indo-Europeu upo-, “de baixo, abaixo, de baixo para cima”.

 

SOBRE –  de super, “acima, sobre, além”, do Indo-Europeu uper-, “acima de”.

 

TRÁS –  de trans, “além, sobre, atravessado sobre”, talvez do verbo Indo-Europeu trare-, “cruzar”.

Resposta:

homônimos

Palavras: canto , cem , manga , sem

A pergunta da ana.maria sobre assento/acento me fez pensar em palvras com mesma grafia ou fonética porém com significados diferentes.
Qual a etimologia das seguintes palavras:

1 – canto (o local / quina, pois o canto do verbo cantar já se encontra na lista de palavras. Para os curiosos procurem por “cantar”)
2 – Manga (a fruta, pois a manga da camisa já consta na lista de palavras)
3 – sem (está na lista de palavras mas não diz a origem)
4 – cem

para os curiosos:

cessão, sessão, seção e secção estão na lista de palavras, vide: http://origemdapalavra.com.br/artigo/problemas-existenciais/

sede (vontade de beber) e sede (local) também estão na lista de palavras.
no link http://origemdapalavra.com.br/palavras/sede/ há 2 textos no primeiro há a origem de sede (local) e no segundo a origem de sede (vontade de beber)

ps. pesquisando “web afora” (acho que a internet é meu mundo rsrsrs). Sempre que vejo algo de etimologia o autor ou nasceu ou mora em Porto Alegre. O que há por aí que produz tantos etimólogos? serão as aulas da tia Odete?

Resposta:

Rodrigo sempre sendo útil. Agradecemos a ajuda.

1) Há três significados para “canto”. O que v. cita vem de um idioma pré-mediterrâneo, com a palavra CANTHUS, “aro de roda, borda de vaso”.

Daí “retirar as bordas de uma construção” e  “obras de cantaria”.

E a “cantareira”, local onde há pedras para construção.

2) Do Malaio MANGA, do Tâmile MANKAY, o nome da fruta.

3) Do Latim SINE, “falta, privação”.

4) Do L. CENTUM, “uma centena”.

 

Na capital do RS há uma ativa comunidade etimológica,  com destaque nos meios acadêmicos.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!