Palavra dizer

DIZER

 

 Mais uma noite no escritório de um bravo detetive que elucida as origens das palavras. Enquanto o vento espalha lixo pelas ruas e fatos escusos acontecem pelo bairro inteiro, pelo menos uma transação é legítima naquela vizinhança: a troca de informação verdadeira pelo dinheiro da palavra-cliente. Claro que seria mais bonito se o preço que ele cobra não fosse escorchante, mas, enfim, a cliente aceita pagar, problema dela.

Ela está sentada à frente dele, ansiosa por saber de onde veio e que parentes ela tem neste mundo que tanto depende das palavras e tanto as maltrata.

Ele a olha friamente, coisa que não dá para perceber porque seu rosto está tapado pela gola da gabardine levantada  e pelo chapéu de feltro desabado.

Em todo caso, ele produz um silêncio frio, que ajuda a manter o suspense. Então ele começa a falar:

– Então temos aqui Dizer, uma palavra muito usada. Todos dizem que alguém disse alguma coisa, mesmo sem ser verdade. Veja a senhora, seus antepassados vieram do Latim dicere, “dizer, falar, contar”.

E a antepassada desse antepassado foi o Indo-Europeu deik-, “indicar”.

Veja a prezada cliente como é bonita a Etimologia. Observe com que sabedoria as pessoas, há milhares de anos, criavam palavras a partir de conceitos abstratos que se encaixavam com perfeição.

Pois quando dizemos alguma coisa não estamos apontando para um fato, colocando-o em relevo, chamando a atenção para ele?

Tanto é assim que dessa raiz Indo-Europeia veio também o Latim digitus, “dedo”.  E o Grego deiknynai, “provar”.

Destarte, a gíria “dica”, significando “informação” ou “indicação” se apresenta extremamente adequada, já que deriva de “indicar”, que vem de in-, “em”, mais dicare, “proclamar, asseverar”, parente próximo de dicere.

Muitos derivados sua avó deixou nos dias atuais; vejamos:

Ditar, “pronunciar um texto em voz alta”. Mas também quer dizer “impor idéias ou condutas, prescrever, determinar”.

Daí temos ditador, ditadura e companhia, gente cujo tempo esperamos que já tenha passado e não volte mais.

Também temos o nome de um aparelho que era usado em empresas, o Ditafone, derivado da marca comercial Dictaphone, formada pela raiz de dicere mais o Grego phone, “voz”.  Há algumas décadas, era o máximo um executivo ditar a correspondência nesse aparelho e esperar que a datilógrafa a transcrevesse para o papel.

“Aquilo que deve ser cumprido” é a definição de ditame, outra parenta sua, prezada cliente.  Em Latim, dictamen quer dizer “determinação proclamada por uma autoridade, lei”.

Ditado, além de ser o que as professoras antigamente faziam para os alunos escreverem e avaliar como andava a sua ortografia, significa “provérbio, frase curta que sintetiza um pensamento”.

Eu mesmo, modéstia à parte, minha senhora, já inventei diversos provérbios, tais como “Água mole em pedra dura tanto bate até que molha”, “A pressa é inimiga da lentidão”… Fiz  muitos outros, que talvez um dia publique se os amigos insistirem muito.

Mas vamos voltar à nossa consulta; sei que a senhora está fascinada e que gostaria de ficar mais por aqui, mas o tempo passa  e pelo preço que a senhora está pagando mal posso compensar o custo das diversas taxas e subornos que preciso ajeitar para poder exercer esta perigosa atividade.

Falado em ditado, temos o dito, “frase, afirmação, expressão”.  Ou, como adjetivo, “aludido, referido, do qual se disse”, como na frase “o dito político foi acusado de…”.

E a dita, querendo dizer “sorte, fado, fortuna” vem de dicta, “coisas ditas, fatos predeterminados pelo destino”.

Para dizer essas coisas todas, é necessária uma boa dicção,  “modo de articular palavras, pronúncia”, que em Latim é dictio, “modo de dizer, discurso”.

E quem quer saber o significado das palavras deve recorrer ao dicionário, que deriva do Latim dictionarium, “coleção de palavras e frases”.

A ideia de fazer uma obra listando os significados de palavras e frases vem já desde o sétimo século AC, veja só, na Babilônia.

A pessoa que é muito crítica, irônica, mordaz, pode ser chamada – atualmente, só por pessoas cultas – de dicaz, que também vem de dicere.

Mas acho que já disse tudo o que poderia dizer sobre Dizer, se me permite o trocadilho. Vou abrir a porta do escritório para a minha cara cliente.

Não se esqueça de tomar cuidado nas ruas, este bairro é muito perigoso. Passar bem!

 

Resposta:

Pergunta

Palavras: conveniência , dizer

Gostaria que vocês particionassem a etimologia destas três palavras:

Dizer

Conveniência

Oportunidade

Grato !

Resposta:

1) Do Latim DICERE, “dizer, falar”.

2) Do L. CONVENIRE, “concordar, adequar, unir”, de COM-, “junto”, mais VENIRE, “vir”.

3) Procure OPORTUNO em nossa Lista de Palavras.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!