Pergunta #1259

Amado Mestre
Como Diácono em 1º Grau da IEU e Mestre da POMFOM, quero dar as boas vindas a Mirabe.
Informo que a Diaconisa Paty está torrando todas as nossas arrecadações da IEU!! Essas férias estão saindo mui caras.Aviso a Delicadeza: Vê se dá um jeito nela!!!
Surgiu uma dúvida entre nós: “descaso” – “desprezar” têm a mesma origem?
PS.O Mestre recebeu no último malote o manuscrito de Galileu? A celulose foi cuidadosamente elaborada, tem um sabor levemente adocicado, do jeito que Sua Sapiência aprecia.

Resposta:

Prezado Diácono:

Diga à Diaconisa que eu peço um pouco de contenção, para que sobre um pouquinho de dízimo para a nossa Central.
Acho que o último pacote se extraviou; terá o correio a cavalo sido atacado pelos índios? Lamento não ter recebido o manuscrito de Galileu.
Pelo visto, você andou lambendo o papel. Se continuar assim, ainda vou ter o prazer de o ver transformado em traça.

“Descaso” e “desprezar” começam pelo mesmo prefixo DES-, com sentido negativo aqui. Na 1ª palavra, ele está para mostrar que se está fazendo “pouco caso” de alguém (CASUS, em Latim).
Na 2ª, aponta para pouco ou nenhum apreço (do Latim PRETIARE, “dar valor, apreciar).

Logo, no que importa, não têm a mesma origem, apenas usam o mesmo prefixo.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!