Pergunta #357

Caro guru:

Agora, com os acontecimentos envolvendo a morte do Sumo Pontífice, voltei e ler uma expressão que me intrigava desde os tempos de juventude no colégio de freiras: “Fulano morreu em odor de santidade”. Que é isso? Santidade tem cheiro? Quem possui um bom nariz (no sentido olfativo, claro) pode ficar certa de só escolher gente boa para amigo?
Grande abraço, e sucesso nesse site tão interessante.

Resposta:

Mariasil:
Há numerosas histórias não-comprovadas sobre pessoas que tiveram uma vida considerada santa e que, ao terem seus caixões abertos bastante tempo depois do passamento, se encontravam tão conservadas como se estivessem apenas dormindo – e mais, exalavam um divino perfume.
Quem conhece os processos que se instalam sem demora num corpo após o cessar da circulação só pode colocar em dúvida essas descrições e atribuí-las à veneração dos fiéis.
A expressão “morrer em odor de santidade” como que manifesta o adiantamento do desejo de um corpo não corrompido pelos desígios naturais.
Quanto a conhecer amigos pelo cheiro, conheço gente com excelente olfato que fez péssimas escolhas. Assim, resta escolher os amigos pelas suas ações e pelo seu caráter, o que demora mais que o olfato mas é mais seguro.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!