Palavra calota

Material Automotivo 1

Os veículos automotores são formados por um enorme número de peças, algumas com nomes que nos parecem muito esquisitos. Vamos hoje descobrir algumas de suas origens.

RODA – vem do Latim rota, “roda” mesmo. Liga-se à palavra rotundus, “redondo”. Atenção: essa palavra rota nada tem a ver com a “rota” que a roda do carro percorre; esta vem do Latim rupta, “rompida”, da expressão via rupta , “caminho aberto, rompido à força”.

EIXO – onde há uma roda girando, tem que haver um eixo. Esta palavra deriva do Latim axis, “eixo”, que em Indo-Europeu se dizia aks-.

Em 1936 se constituiu o Eixo, aliança político-militar entre Alemanha e Itália, depois incluindo o Japão, mas isso é outro assunto.

A segunda vértebra cervical é chamada de axis, porque ela apresenta uma protrusão vertical que nos permite girar a cabeça de um lado para outro, para fazer que “não” com ela.

PNEU – encurtamento do Francês pneumatique, “pneumático”, ou seja, “cheio de ar”. Deriva do Grego pneuma, “ar, vento, sopro”.

Sim, pneumonia, “doença pulmonar infecciosa” é parente; a palavra grega foi usada para diversos nomes cultos relacionados com o pulmão.

CALOTA – enquanto os ladrõezinhos não a levarem, geralmente as rodas apresentam uma calota. Ela vem do Francês callotte, “solidéu, gorrinho redondo usado colado à cabeça”, do Provincial calota.

MOTOR – sem ele nem adianta existir o veículo… Deriva do Latim motor, “aquele que desloca, que move” do verbo movere, “deslocar, trocar de lugar”.

Sim, movimento vem daí. Bem como movediço e móvel.

VIRABREQUIM – eta nome mais estranho. Ele veio do Francês vilebréquin, “conjunto de articulações para transformar um movimento retilíneo em rotativo”, em uso desde o século XVII, do Holandês wimmelkijn, idem.

CARBURADOR – vem do Inglês carburet, “material composto por carbono e outra substância”. A parte de motor a explosão onde se mistura a gasolina com o ar recebeu esse nome em 1896.

CILINDRO – os motores costumam ter um número variável deles. A palavra vem do Latim cilindrus, do Grego kylindros, “rolo”.

ENGRENAGEM – do Francês engrener, “encaixar rodas dentadas”, “colocar grão no moinho”, derivado do Latim granus, “grão”.

Portanto, é parente de grânulo, granola, granja.

GUIDOM – do Francês guider, “guiar”.

SUSPENSÃO – é o que nos permite chegar no destino sem que as articulações se tenham desconjuntado.

Vem do Latim suspendere, “pendurar”, formado por sub-, “de cima para baixo”, mais pendere, “manter pendurado”.

Resposta:

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!