Consultório Etimológico

Pergunta #156

Palavras: pelourinho

Olá!
Gostaria de saber a origem da palavra “Pelourinho”.
Obrigada!

P.S. Não tem um sistema de busca para procurar se alguém já tinha feito essa mesma pergunta antes?

Resposta:

“Pelourinho” vem do Latim PILA, “coluna, pilastra, pilar”.
Inicialmente, era uma coluna à qual se atavam os escravos para castigo.

Pergunta #153

Palavras: ócio

Qual a origem da palavra Ócio?

Resposta:

“Ócio” vem do Latim OTIUM, (este encontro “TI” soava “CI”), “descanso, retiro, inatividade, tempo livre para fazer algo que não o trabalho, paz, sossego”.

Pergunta #150

Gostaria de saber a origemm das palavras:
_ Qualidade
_ Vida
_ Saúde

Resposta:

Todas as que você pergunta vêm do Latim.
“Qualidade”: de QUALITAS, “jeito de ser, qualidade”. É ligado a QUALIS, uma interrogação que indagava “qual? de que tipo? de que maneira?”. “Qualificação” é outro derivado.
“Vida” vem de VITA, “vida”, mas também “existência, modo de viver, costumes, subsistência”.
“Saúde”: de SALUS, “estado de higidez, conservação(da liberdade, do direito, de qualquer bem), salvação, boa moral”.

Pergunta #149

Palavras: paraninfo

Qual a origem da palavra: paraninfo.

Grato.

Resposta:

Antes de ser o padrinho de um grupo de formandos, “paraninfo” era uma testemunha de casamento, um dos jovens que escoltavam a noiva até a casa do noivo.
A palavra se forma do Grego PARA, “ao lado”, e NYMPHÉ, “noiva”. Assim, era “aquele que fica ao lado da noiva” – antes do casamento, claro.

Pergunta #147

Palavras: chato , purgante

Gostaria de saber a origem da palavra chato. E também purgante. Obrigada

Resposta:

“Chato” vem do Grego PLATYS, pelo Latim PLATTUS, que queriam dizer “largo, amplo, achatado”.
Em Inglês, o nome do ornitorrinco é PLATYPUS, de PLATYS mais POUS, “pé”: é o bicho de pé chato, pois ele tem pés como os do pato.
Sendo “chata” uma coisa sem relevo, sem destaques, desprovida de distinção, que até causa enfado, essa palavra se aplicou metaforicamente às pessoas com essas características.
“Purgante” vem do Latim PURGARE, “limpar de impurezas, pagar pecados, retirar pus de um abscesso”. Esses processos são desagradáveis ou dolorosos, de modo que a palavra se aplicou a pessoas cuja presença nos faz pagar pecados.
Não se esqueça que PURGATÓRIO, o local onde as almas ficam até resgatar os seus pecados, veio daí.

Pergunta #144

Caro Dr.

Gostei muito desse site!!
Muito sucesso a vocês! Muito ÂNIMO!
Gostaria de saber duas coisas:

– As origens das palavras que nomeiam as artes: Teatro, Literatura, Pintura, Escultura, Música, Dança e etc

– E já que estou por aqui, rs, que vc rememorasse a todos a história da palavra carnaval…

Pode ser?
Um grande abraço a você e sua equipe!
Parabéns pelo trabalho.

Resposta:

Teatro: em Grego, THÉASTHAI queria dizer “ver, olhar”. Daí que THÉATRON, uma estrutura aberta para representações, era “o lugar para ver”.
Literatura: vem do Latim LITTERA, “letra”, que também queria dizer “escritos, cartas”. Até agora não se conseguiu fazer isso sem o concurso desses sinaizinhos, e parece que tão cedo não vai ser diferente. Outra derivada é literário.
Pintura: uma raiz Indo-Européia PIG-, PEIG-, passando pelo Sânscrito PINKTE, “pinturas”, deu PINGERE em Latim. Este verbo queria dizer “embelezar, enfeitar, pintar”. Em Latim, “pintor” se dizia PICTOR. Existe até uma constelação com esse nome.
Escultura: em Latim, “esculpir” era SCULPERE, uma variante de SCALPERE, “riscar, escavar”.
Música: do Grego MOUSIKÉ, “relativo às Musas, às artes”. De MOÚSA, “Musa”. Esta arte foi considerada “a arte das Musas”, embora cada uma fosse ligada a outros tipos de manifestação artística.
Dança: do Francês DANSER, do Frâncico DINTJAN, “mover-se de um lado para outro”.
Quanto ao “Carnaval”, -do Latim CARO, “carne” mais LEVARE, “suspender, levantar”. Eram os dias anteriores à Quaresma, quando o consumo de carne era suspenso.

Pergunta #143

Qual é a origem da palavra discípulo?

Resposta:

André:
Em Latim, DOCERE quer dizer “ensinar”. Daí o “corpo docente”, os professores de uma instituição.
Relacionado a este verbo temos DISCERE, “aprender”. O “corpo discente” são os alunos – que nem sempre aprendem tudo o que deviam…
DISCIPULUS é um diminutivo, “aquele que aprende”.
Daí também vem a DISCIPLINA, tanto como “uma matéria a ser estudada, aprendida” como “regras de conduta”.

Pergunta #142

Palavras: justeza , justificar , justo

Porfavor alguem me podia dizer tudo o q podesse a respeito da palavra justeza

Resposta:

JUSTEZA, “qualidade do que é justo, preciso, certo”, vem do Latim JUS (não nos esqueçamos que o “J” soava “I”).
JUS era “o Direito, a Justiça, o Tribunal onde esta era aplicada”.
Daí se formou a palavra JUSTUS, “reto, justo, legítimo, o que segue o Direito, legal”, para nós hoje JUSTO, de onde saiu diretamente JUSTEZA, bem como JUSTIFICAR.

Pergunta #140

Palavras: ciruela , siriguela

Seriguela?

Resposta:

Renata:
Não precisa mais me explicar que a seriguela é uma fruta, já descobri.
Sou do Sul, onde ela não é conhecida. Queria primeiro saber se siriguela não era uma alteração de “sirguilha”, que é outra coisa bem diferente.
Mas acabei descobrindo uma boa possibilidade para a origem desse nome.
A siriguela (Spondias purpurea L.) é uma anacardiácea que tem diversos nomes, entre os quais PURPLE MOMBIM para os americanos e, em alguns países de fala espanhola, CIRUELA (este nome se aplica também a outras frutas). Ao que parece, SIRIGUELA vem de CIRUELA.
E CIRUELA, de onde? Do Latim CEREOLA, diminutivo de CEREUS, “céreo, semelhante à cera”, talvez pela superfície muito lisa.
Será que o aluno agora vai poder dormir em paz? E a professora? Bons sonhos.

Pergunta #137

Palavras: comunhão

Dr.

gostaria de saber sobre a origem e significado da palavra comunhão

Grato!!

Resposta:

Esta palavra vem de uma Indo-Européia KOMOIN-, “compartido por todos”. Em Latim, deu COMMUNIS, que gerou “comum” em Português.
“Comungar” vem do Latim COMMUNICARE, “repartir, espalhar, ter em comum”.

Pergunta #136

Caro Dr. Alaúzo,

Gostaria de saber a origem (raiz) das seguintes palavras: namoro, noivado, compromisso, côrte e casamento.

Muito obrigado,
Igor

Resposta:

“Namoro” vem de “enamorar”, que vem de “estar em amor”.

“Noivado” vem do Latim NOVUS, “novo”, que passou a NOVIUS depois (em Espanhol se diz NOVIO, NOVIA).Naquela época, as pessoas que assumiam esse estado eram muito jovens. Ainda hoje se diz “moça nova”, em alguns lugares, com o significado de “nubente”.
“Compromisso” é interessante. Vem do Latim COM, “junto”, mais PRO, “à frente”, mais MITTERE, “enviar”. Eram pessoas enviadas à frente para agir em nome de alguém, inicialmente em questões militares. No começo, “compromisso” era a garantia de ambas as partes de que seria obedecido o combinado pelos enviados. Depois passou a significar o acordo em si.
“Corte” (pedeu o acento diferencial em 1971) vem do Latim COHORS, “grupo, séquito, décima parte de uma legião”, que virou “corte”, “o grupo de pessoas que rodeia o soberano”.
Como nesta era freqüente o recurso à bajulação, “cortejar” pegou o significado de “adular” e depois “namorar”.
“Casamento”, no Latim Medieval, era CASAMENTUM, “terreno onde há uma casa”. A história do “quem casa quer casa” é antiga.

Pergunta #134

Palavras: babaca , babacuara

Ola,
Ontem eu e minha namorada estavamos discutindo o significado da palavra BABACA, eu ja tinha visto uma vez que babaca e quem pratica sexo oral com sua parceira, mais ela insistiu que nao, e que eu era um babaca em acreditar naquilo, o sr poderia nos esclarecer isso?
Forte abraço
BRuno Rabelo

Resposta:

Uma hipótese é de que este adjetivo é um encurtamento de BABACUARA, do Tupi MBAEBÊ, “nada” e CUA ARA, “o que sabe”. Ou seja, “tolo”.

Pergunta #130

Professor Alaúzo,
a partir de março passarei a ser “professor”, pois darei aulas de anatomia numa faculdade de Porto Alegre, pode? Por isso o interesse anatômico.
Falar nisso, quando falamos de “faculdade” como escola, estamos falando também das “faculdades mentais”? De onde vem faculdade?

Resposta:

Prezado Ygor:
Meus cumprimentos pelo professorado. Eis aí uma belíssima ocupação.
Em homenagem ao novel professor, aí vai:
“Faculdade” vem do Latim FACERE, “fazer”, palavra que originou um contingente numeroso em muitos idiomas.
FACULTAS era “a possibilidade de fazer algo”; por extensão, “um campo de conhecimento”, de onde a nossa “Faculdade”. Além disso significava “facilidade, possibilidade, talento” e até “abundância”.
Use a sua possibilidade de demonstrar seu talento e sua facilidade em tratar com as pessoas para lidar com esse campo de conhecimento, que a abundância – pelo menos em reconhecimento – se seguirá.
Auguri!

Pergunta #129

Palavras: bolsa , mulher

Olá, primeiramente parabéns pelo site!!!
Hoje tava pensando!! Falamos palavras que nem sabemos origem etc… então descobri vocês!!
Fabricamos bolsas, e gostariamos de sabar a origem da palavra BOLSA, MODA E MULHER!!!
GRATOS E OBRIGADO!!!

Resposta:

No que toca a “bolsa”, vem do Latim BURSA. Esta palavra se manteve em uso em Medicina: quem nunca ouviu falar de uma dolorosa “bursite”? BURSA é o nome anatômico de uma estrutura que “embolsa” cada articulação.
A “bolsa de valores” vem da época em que o dinheiro era transportado numa bolsa mesmo.
“Moda” vem do Latim MODUS que, além de querer dizer “dimensões”, “ritmo”, “justa medida”, também significava “maneira de ser, modo”.
“Mulher” vem também do Latim MULIER (acento no “U”), querendo dizer “mulher”, mas principalmente com a conotação de “mulher casada”. Há quem diga que vem de MOLIS AER, “ar macio, macia como o ar”, mas isso é completamente falso.

Pergunta #128

Palavras: escutar , ouvir

Qual a origem das palavras ouvir e escutar ?

Resposta:

“Ouvir” vem do Latim AUDIRE, “ouvir”. As palavras “áudio”, “auditoria”, “audiência” também vêm daí, mantendo mais proximidade com o som original.
Já “Escutar” vem do Latim AUSCULTARE, “ouvir com atenção”, mas também “ouvir às escondidas” e “obedecer”.

Pergunta #127

Palavras: noite , oito

Srs.

Gostaria de saber a origem da palavra “noite”, e se existe ligação com o número oito.

Obrigado,

Pedro

Resposta:

Não, não há ligação.
“Noite” vem do Latim NOX e “oito”, de OCTO.
Em Português, acabaram resultando, por convergência, em palavras até parecidas, com duas sílabas, com o mesmo ditongo na primeira sílaba, com a mesma consoante no início da segunda – mas não são aparentadas.

Pergunta #126

Palavras: evoé

Qual a origem da palavra evoé; tem o mesmo significado de quando era usada antes de ser usada em Português?
Quais o significado, história e etimologia?

Resposta:

Parabéns por ter arranjado uma palavra que nos remete a tempos tão clássicos.
“Evoé”, em Grego EUOÉ, em Latim EVOHÉ, era um grito de alegria e comemoração lançado pelos bacantes nas festas de DIÓNISO (ou BACO, para os romanos).
As Bacanais foram proibidas pelo Senado romano em 186 DC, mas continuaram por um bom tempo. O brado de alegria esteve em uso, em nossa terra, pelo menos até as primeiras décadas do século vinte. A última que vi essa palavra foi Monteiro Lobato quem citou.
A palavra começa com EU-, que significa “bom, propício”.
Não está errado dizer: -“Evoé, evoé, meu time fez um gol!”

Pergunta #125

Palavras: fulano

Caro Dr. Alaúzo
Poderia me dizer qual a origem da palavra FULANO e como passou a ser usada?

Grato

Resposta:

“Fulano” vem do Árabe FULAN e quer dizer “um tal, alguém, uma certa pessoa”. Entrou no nosso idioma durante a dominação árabe da Península Ibérica.
É bastante útil quando não queremos ou não podemos designar claramente uma pessoa pelo nome.

Pergunta #122

Qual a origem das palavras:
1)anatomia?
2)Osso?
3)Músculo?
4)Articulação?
5)Nervo?

Resposta:

Anatomia: do Grego ANA, “para trás, para cima, de novo”, mais TEMNEIN, “cortar”. Esta raiz se encontra em “átomo” (o que não pode ser cortado) e em “tomo” (volume, parte de uma coleção de livros).
Osso: do Latim OSSUM.
Músculo: por estranho que pareça, MUSCULUS em Latim queria dixer “ratinho”, de MUS, “rato” mais o -ULUS, sufixo diminutivo. Os romanos comparavam o movimento de um músculo retesado debaixo da pele a um ratinho se mexendo por baixo de um tecido. Também acho essa idéia esquisita!
Articulação: vem de uma raiz Indo-Européia AR, “juntar, aproximar coisas, encaixar”. Em Latim, ARTUS queria dizer “junto” e ARTICULUS era o seu diminutivo. Daí se fez “articulação”, significando “área onde dois segmentos distintos se juntam, se encaixam”.
Nervo: em Latim, NERVUS, “tendão, corda de arco”. Metaforicamente, eles usavam a palavra para dizer “força, poder”.
Mas os Gregos já aplicavam o termo para o que hoje conhecemos como “nervo” em Medicina.

Pergunta #121

Palavras: bodega

 “bodega”?

Resposta:

“Bodega” vem do Grego APOTHEKE A palavra grega é formada por APO, “adiante, além” e TITHENAI, “colocar”.
Era usada para designar “armazém, depósito”.
Com o tempo, na Península Ibérica, passou a designar um estabelecimento de comidas e, principalmente, bebidas.
“Boutique” é uma das suas derivações mais recentes.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!