Consultório Etimológico

Pergunta #1436

Amado Mestre
Uma pequena correção, estou tão emocionado ao indicar a BEBEL que troquei MANTO por mando….

Resposta:

Diác. Reb.:

Mas quem não se emociona ao fazer isso?

Pergunta #1435

Amado Mestre.
Vendo os nossos arquivos, pude notar que a BEBEL já está apta a ser membra sagrada da POMPOM. Solicito de V.Transcelência o ordenamento da mesma, pois não posso fazer isso, apesar de ser Diácono em Primeiro Grau e usar a estola roxa com detalhes dourados cobrindo meu mando de seda.
RESPONDENDO AO JOÃO – 1425
Como um dos mais fiéis discípulos da Grande TRaça e excelente observador e cumpridor da ordem e ensinamentos,para vc saber a resposta à sua pergunta vá até o número 1269 do dia 13/01/2006.

Resposta:

Diácono R.:

Não sei, não. Nossa coleção de fotinhas da candidata não se mostra suficiente. Acho que ela precisa mandar mais umas para colar o grau (não a piña) de POMPOM, bem como receber a descrição das suas vestes sagradas.

Pergunta #1434

Amado Mestre
Estou muito feliz, pois pelo visto teremos logo logo uma grande festa para entronizar, sacramentar e sagrar alguns membros da IEU em Diáconos e Diaconizas. Só precisamos saber de onde são para a arrecadação da taxa dizimal.
E é claro que não poderia deixar de perguntar: Amado mestre, nossa sapiência etimológica, de onde vem “Pina Colada” ??

Resposta:

D. Rebebes:

Sim, logo que os níveis do dízimo permitirem faremos essa maravilhosa festa de que você fala. Avise-nos quando der.

“Piña colada”, essa bebida que será servida na festa, é uma expressão espanhola.
PIÑA é como eles chamam o abacaxi, do Latim PINEA, “pinha”, pela semelhança com esse produto do pinheiro.
“Colada” é o particípio passado de COLAR, “coar”.
Deduz-se daí que em algum momento da preparação se coa um dos líquidos da bebida.

Pergunta #1433

Olá

Saindo da Teologigia (que realmente merece um espaço a parte), vou direto ao profano:

Qual a origem de FOFOCA?

Grato

Resposta:

Sérgio:

Decididamente, nosso site é melhor lidando com altos assuntos como Teologia e Filosofia do que com a gíria.
Da palavra que você cita, apenas descobri que deve ter origem no Quimbundo e que entrou em uso ampliado na década de 1970.

Pergunta #1432

Gostaria de saber a origem da palavra moleque

Resposta:

Alexandre:

“Moleque” vem do Quimbundo MU′LEKE, “menino, rapaz”.
A álavra veio para cá com os escravos africanos e foi adotada pelo idioma local.

Pergunta #1431

Lúcia, obrigada pela explicação.Recebi, tambem como explicaçao, um e-mail do Rodrigo, que aliás sumiu do site.Aí está:
Bem…no texto original, em hebraico, a palavra que aparece é HELOHIM que quer dizer Deuses. Essa forma plural da palavra Deus no original aponta para a Santíssima
Trindade como vc pode notar também em Gn 1;26 quando o Pai, o Filho e o Espírito Santo atuam na criação do homem. Não é o caso de serem três deuses, mas sim três formas de atuação do único e verdadeiro Deus.
Espero que tenha ajudado.
Ass: Rodrigo Figueiredo

Ei João, vc qse acertou!É Isabel mesmo, só que precedido de Miriã.

DOUTOR, valeu pela orientação.
Não vou perguntar nada agora, o senhor anda trabalhando demais…

Resposta:

Miriã Isabel:

Vocês estão transformando este site num antro de cultura teológica. Quase dá para abrir um site paralelo.

Parece que o tempo está cada vez mais frio aí onde você mora.
Apesar disso, sua foto está ótima.
E as demais moças não se mexem para seguir o bom exemplo!

Pergunta #1430

Oi pessoal! Voltei. Com a site turbinado e vocês fazendo perguntas a milhão, tá difícil conseguir vaga.
Resposta a Bebel 1407. Primeiro esclareço que minha área não é exegese, e sim liturgia. Mas vamos lá… consultei diferentes traduções da Bíblia e não encontrei [Deus] no plural em Gen 1,1 – o que está no plural é [céus ]. Quanto a Gen 1,26 [ façamos o homem ] isto tem a ver com o Deus cristão uno e trino ( em Deus e três pessoas) – esta, porém, é uma longa conversa que não cabe aqui.
Ao ensejo, pergunto ao mestre a origem de [firmamento] e de [céus ].

Resposta:

Lúcia:

Muito obrigado. Eu sabia que você não deixaria de vestir a armadura brilhante e cingir as armas do seu saber para ajudar este pobre donzelo em apuros, ameaçado pelo dragão de sua própria ignorância.

Proponho desde já que a Lúcia receba uma parte ainda maior do dízimo, pelo seu valor como auxiliar.

“Céu” vem do Latim CAELUM (usou-se também COELUM), “céu, firmamento, espaço”, de origem incerta.

“Firmamento” vem do Latim FIRMAMENTUS, “apoio, reforço”, de FIRMUS, “firme”.
Foi a tradução da Vulgata para o Grego STEREOMA, “estrutura sólida, firme”, que na Septuaginta foi usada para o RAQIA Hebreu, tanto “abóbada celeste” como “solo” no Antigo Testamento. Ele deriva de RAQA, “espalhar”.

Pergunta #1429

Bebel… hummm Bebel… Isabel??? 🙂
Obrigado pela dica.

Saudade, palavra triste
Quando se perde um grande amor
Na estrada longa da vida
Eu vou chorando a minha dor
Igual um borboleta
Vagando triste, por sobre a flor …
Lá lá lá lá laaaaaa

Linda, não?
Para determinados momentos, é claro!
🙂

Resposta:

João:

Obrigado or qual das dicas da Bebel? A da consulta ou a de que ela anda vendo a Lua sozinha?

Pergunta #1428

Caro Professor,
O senhor é sempre demais!

Primeiro quero agradecer a Patty pelo lindo pensamento, amei! Pena que ando só ultimamente, em minha admiração a Lua…
Ô JOÃO: na pergunta 1303 vc vai encontrar algo sobre saudade…

Doutor,
Eu não conhecia a palavra MÔNADA, e achei interessante, por que ela tem vários significados, inclusive macacos, de MONO.
Uma perguntinha básica:
CARNAVAL.

Como sempre, muito obrigada!

Resposta:

Bebel:

Epa, moça, cuidado que o “mono” símio nada tem a ver com o MONOS Grego.
O nome do bicho não tem origem de todo certa; a hipótese é que tenha vindo do Árabe MAIMUN, “feliz”.
Uma “monada” (paroxítona) é que é o coletivo de “mono”.

Nosso amigo João colocou uma foto e um desenho seus. Você vai deixar ele empatar assim? Qeremos mais fotinhas, mesmo sem Lua. A qual, aliás, está grande e bonita neste momento.

Pergunta #1427

Há, lembrei de uma coisa, oh incomensurável Traça do Saber Infinito!
Teria algum sentido ou origem a palavra cuja pronúncia é: ABDOIA
Seguinte: (não ria, hein?) tenho um irmão que costumava falar, enquanto dormia, uma linguagem muito estranha, gutural, porém bem pronunciada e uma das palavras que ele mencionava com firmeza era exatamente essa: abdooooiiiiaaa
É verdade. Cheguei, na época, a falar com um professor de ética da UFPB, Pe Juarez, já falecido, que ELE o tenha, e ele levou essa incógnita para além túmulo. 🙂
Espero que Vossa Digníssima Sapiência também não a leve. Ehehehehe
Acho que vai ter que consultar o oráculo. 🙂

Resposta:

João:

Minha Incomensurabilidade Traçal vem por meio desta dizer que essa do ABDOIA não existia até o seu irmão inventar.
Portanto, ele tem todo o direito a definir o que isso significa: um tipo de marisco, banana frita com cebola, o brilho do olho esquerdo de uma moça quando está saudosa, enfim, o que ele quiser.
Se ele não escolher um significado e não me contar, levarei essa para o túmulo (já estou levando tanta coisa…).

Pergunta #1426

Tambem faz parte de nossa lista para o bebê o nome Jorge. Poderia o senhor nos dizer a origem deste?
Obrigada novamente.

Resposta:

Alice Maria:

Pensei que já estivesse definido o sexo do herdeiro.

Pois bem, “Jorge” vem do Grego GEÓRGIOS, derivado de GÊ, “terra”, mais ERGON, “trabalho”.
Era “o que trabalha a terra, o agricultor”.
Em Russo se diz YURI, em Catalão JORDÍ, em Finlandês YRJO.

Pergunta #1425

Oláááááá
Há quanto teeemmmpooooo
É que não tenho internet 24 h
Eu já estava com saudade.
Espero que vocês também. (Grande Traça do Saber, inefável Patty, etc, etc e etc)
Taí, por falar em saudade, é verdade que se trata de uma palavra que só tem significado na língua portuguesa? Qual seria sua origem? Seria o mesmo que banzo?
Patty, percebi que você sentiu o cutucão da Grande Traça na resposta de 1378, hein, hein? E mandou bem em 1417 (quero ver o invólucro dele também )
Afinal o que vem a ser POMFOM (Rebebeessss cadê vocêêêê)
Só na sua conta, Patty? Acho que vou dar a minha para que possa, enfim, ter a conecção 24 h tão sonhada hahahahaaa

P.S.: Esse desenho foi uma tentativa de um amigo me desenhar em 1990. 🙂

Resposta:

João:

Já está se sentindo em casa? Muito bem. Nós somos assim, as pessoas chegam meio reticentes e depois caem na gandaia com a gente…

“Saudade” vem do Latim SOLITAS, “solidão”, de SOLUS, “só”.
Em Alemão se usa HEIMWEH, que parece ter um significado bem semelhante.
“Banzo” era uma situação de depressão profunda que se manifestava nos escravos, arrancados de sua terra. Não vem a ser o mesmo que “saudade”.

Decididamente você já se adonou do seu espaço aqui. A gente percebe isso quando a pessoa começa a querer uma parte dos dízimos.

A explicação de POMFOM fica por conta dos Diáconos e Diaconisas. Será que não há por aí quem queira prestar uma ajuda à Nossa Tracelência? São fiéis só na hora de molestar as sagradas antenas?

E aí, moças? Vão ser passadas para trás pelo retrato de um marmanjo? Só a Bebel se manifesta?

Pergunta #1424

Alguém me falou na palavra MONADA, de área religiosa, segundo entendi. Como não a conheço, pode o sr. me esclarecer ??

Muito grato, uma maravilha o site !!!!

Resposta:

Sérgio:

“Mônada” vem do Grego MONAS, “unidade”, passando por MONOS, “só”. Deriva do Indo-Europeu MEN-, “pequeno, isolado”.
Designa certos tipos de Protozoários.
Segundo Leibniz, designa também o elemento mais básico da realidade, sendo imaterial, sem dimensões, indivisível e eterno.
Eu diria que a palavra pertence mais à área filosófica.

Muito agradecidos pelos elogios. Isso é muito estimulante.

Pergunta #1423

Honrarias, ó amado!!

O que significa a sigla ATT inclusas em algumas correspondências?

Por que o senhor se interessou tanto por Játiva?
Ainda sob efeito do nembutal, Patty

Resposta:

Patty Calminha:

Retorno as honrarias, ó fiel.

“ATT” é uma abreviatura para “atento”, que era ATTENTUS em Latim.

Mas agora tenho que prestar contas às Diaconisas do meu interesse? Já se viu?
Era o que faltava a uma traça encanecida pelo saber e pelos trabalhos!

Játiva é o nome atual de Saetebis. Se é que alguém escreveu de lá, significa que temos mais uma pessoa na Europa
a seguir nossas loucuras.
Ainda mais que acho que a Selma enjoou de nós.

Pergunta #1421

Bigada pela resposta, de fato cliquei no lugar errado.Eu e um amigo, também interessado como eu em filosofia e filologia, discutimos por causa da palavra ALTRUÍSTA.Ele garantia que ela foi “criada” por Auguste Comti e eu não a reconheci com neologismo que ele difundiu, pois ALTER já vinha do latim outro e ismo já era sufixo conhecido e usado na época de Comti.Depois entendi que as duas palavras foram juntadas por ele, mas isso significa que a criou? Por favor me esclareça, abração da Ana Maria

Resposta:

Ana.Maria:

Você e seu amigo, interessados em tão altos assuntos, nos deixam em grande obrigação. Mas lutaremos para ficar à altura.

De acordo com nossas fontes, seu amigo está certo. Comte (ou Andrieux, um de seus profesores) parece ter criado essa palavra em 1853, provavelmente baseado na frase legal LE BIEN, LE DROIT D′AUTRUI, “o bem, o direito de outrem”. Se ele não a criou, é certo que a divulgou.
A palavra AUTRUI significa “outrem, os outros, alheio” e vem do Latim ALTER.
Logo, ele fez, sim, um neologismo, já que a idéia de “oposto ao egoísmo” não existia resumida numa só palavra então.
E tanto ela é útil que foi adotada por numerosos idiomas desde então.
Se ele teve a idéia de juntar duas palavras para obter um significado diferente e útil, pode-se dizer que ele a criou, sim.

Pergunta #1422

Bigada pela resposta, de fato cliquei no lugar errado.Eu e um amigo, também interessado como eu em filosofia e filologia, discutimos por causa da palavra ALTRUÍSTA.Ele garantia que ela foi “criada” por Auguste Comti e eu não a reconheci com neologismo que ele difundiu, pois ALTER já vinha do latim outro e ismo já era sufixo conhecido e usado na época de Comti.Depois entendi que as duas palavras foram juntadas por ele, mas isso significa que a criou? Por favor me esclareça, abração da Ana Maria

Resposta:

Pergunta #1420

Significado e origem dos termos: Jornal, jornalismo e jornalista.

Resposta:

Liege Maria:

Abra a seção “Etimologia no Maternal”, clicando no livrinho púrpura ali am cima.
Desça até o fim da página que vai abrir, onde se encontra a lista das seções passadas.
Clique então na edição 7, “Dia”, que a Tia Odete lhe falará sobre o que você quer. Se faltar algo, volte ao Consultório.

Pergunta #1419

Qual a origem do nome Lenora?
Tenho uma lista de nomes para meu bebê e este é um deles.
Grata

Resposta:

Alice Maria:

Parabéns pela gestação. Você e o papai deves estar muito felizes.

Os nomes “Lenora”, “Eleonora”, “Leonor”, “Lenore” são todos variantes de ELEONOR, que vem do Provenção ALIÉNOR, o qual derivou do verbo Gótico ALAN, “crescer” que expressava o desejo de que a criança chegasse normalmente à idade adulta.

Pergunta #1418

Etimologia da Palavra Saetabis

Resposta:

Cecília:

Você está em Játiva mesmo?
O nome romano dessa cidade era Saetabis, como você sabe. Era a latinização de uma palavra ibérica que não se sabe qual é agora e cujo significado também se desconhece.
Há testemunhos desse nome pelo menos desde o século 3 AC.
Seus bispos eram ditos Setabitanus; a sede episcopal era na catedral visigótica de Sant Féliu.

Pergunta #1417

oi…z z z z…Prof..z z z z….foram admistrados apenas 0,1 ml …z z z…de Thiopental na veia, por isso estou assim..z z z z…meu organismo não está acos..z z z…tumado..z z z z…foi dose única, tá?…z z z

Olha, pode ficar tranquilo que não serei motivo de despersuasão de novos visitantes. Não confia em mim?? Só não falemos em dízimos…rsrs… Qualquer emergência tenho estoque de sedativos aqui, mas não prá mim!

Uma mensagem prá Bebel:
Observando seu ardor (e calor) apaixonado pelo satélite natural da terra, veja que bela frase:
“Com o olhar fixo no horizonte, contemplávamos a branca lua elevando-se lentamente por destrás das árvores altas…, os reflexos prateados que espalhava sobre a natureza adormecida…, as estrelas brilhantes cintilando no azul profundo…, o sopro suave da brisa da noite fazendo flutuar as níveas nuvens…,tudo elevava as nossas almas para o Céu, o belo Céu, do qual contemplávamos ainda apenas o límpido reverso!”

Bom, vou perguntar algo para justificar minha visita, né, Supremo?
“sobreviver” (é o que não consigo mais sem este site!)
“infra”, vejo muito este termo nos rodapés dos livros
Não precisa dizer “q.v.”, já o fiz!! Reli até a edição sobre abreviaturas, mas não encontrei nada! Tenha piedade de mim!

Ah, professor, vou enviar uma foto minha assim que ver uma do senhor aqui! Recente, não aquela que ainda nem tinha asas…z z z…z z z…

Resposta:

Patty Roncante:

Nem sedada você deixa de agitar o site. É impressionante. Vou vender o seu cérebro para pesquisas.
Acho que vou pedir que você envie para mim o seu estoque de sedativos, para poder lidar com as suas mensagens.

Peguei para mim o texto, já que sou também um grande fã de Selene. Quem escreveu?

“Sobreviver” vem do Latim SUPERVIVERE, “permanecer vivo, viver mais que”, de SUPER-, “acima, além” e VIVERE, “viver”.

“Infra” é do Latim INFRA, “abaixo, mais abaixo, depois”. Aparenta-se a INFERUM, “o que está abaixo” e, naturalmente, a “Inferno”.
Em geral se usa para “a obra citada a seguir”.

Quanto a fotos, já disse que sou muito feio e não quero espantar a clientela. Além do mais, ultimamente descobri que não apareço em fotos nem em espelhos. Por que será?

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!