Consultório Etimológico

Pergunta #1492

Maravilha!E eu que sempre pensei em depressão como “abaixamento de terra”.Não me conformava muito com abatimento, tristeza e “apertar,comprimir”.

Me diz uma coisa,o senhor não acha que DESINQUIETO é meio contraditório?Já me criticaram por usar essa palavra, mas o “Pai dos burros” me informou que a mesma está correta.O que o senhor me diz da origem?
Té mais…

Resposta:

Bebel:

Viu só como o X-8 também pode ajudar? Mas cuidado, que ele pode mandar-lhe a conta!

“Desinquieto” não é contraditório. O prefixo DES- tem um uso menos comum, como intensificador. Nessa palavra, torna o que já é inquieto mais ainda.
Fica que nem certa diaconisa, não sei se você entende.

Pergunta #1491

Boa Tarde!!
Segunda-feira, dia internacional da preguiça!
Eu amo este site!Só de passar aqui já me sinto bem… Ô Doutor, amo o senhor tambem!Aliás todos nós amamos!

Queria saber a origem da palavra DEPRESSÃO, que hoje muitos chamam de DEPRÊ.
Mais tarde passo por aqui.Bjim!

Resposta:

Bebel:

E nós do site gostamos de todos os que nos visitam.
Se você é a da foto, devo cumprimentá-la pela precocidade. Você escreve excepcionalmente bem para a sua idade.

Não vou responder a esta pergunta. Deixo isso para o colega X-8, que a aguarda com uma surpresa ali em cima, no livrinho cinzento.

Pergunta #1490

QUERO SABER QUAL A ORIGEM DAS PALAVRAS:
MARKETING, PROPAGANDA, JORNAL.
AH TBM PARABENIZA-LOS PELO SITE

Resposta:

Edilaine:

“Marketing” começou sua vida aí por 1561, com o sentido de vender/comprar num mercado. Como “análise/divulgação”, o sentido é de menos de um século.
Essa palavra deriva do Inglês MARKET, “mercado”, que veio do Latim MERX, “material para ser vendido”.
Daí se fez o verbo MERCARI, “comprar”, com o seu particípio passado MERCATUS, “negócio, mercado”. “Mercadoria” é um outro derivado em nosso idioma.

“Propaganda” vem da expressão CONGREGATIO DE PROPAGANDA FIDE, “congregação para propagar a fé”, uma organização católica.
O verbo PROPAGARE, “espalhar”, originalmente se referia ao espalhar de uma planta através dos brotos enxertados em outra.

“Jornal”: abra o livrinho “Etimologia no Maternal” ali acima. Desça até o fim da página, onde estão listadas as edições anteriores.
Abra a de nº 7, “Dia”, que a Tia Odete vai lhe contar mais sobre “jornal”.

Obrigados pelos parabéns.

Pergunta #1489

Me refiro à palavra “renda”, o adorno, bordado…
Sei que em francês é “Dentelle” que vem do latin “laqueare” que significa “laçar”, e em inglês é “lace”.
Agora nao sei a origem da palavra em português.

Resposta:

Daniela:

Puxa, escolhi a acepção errada…
Essa “renda” vem do Espanhol RANDA, que veio do Provençal RANDAR, “adornar, enfeitar”.
Neste idioma, a raiz dessa palavra se referia a “borda, limite, extremidade”.
Daí que RANDA era um enfeite que era usado nas bordas, na orla de um tecido.

Mas DENTELLE não vem de LAQUEARE e sim do próprio Francês DENT, “dente”, no diminutivo.

Pergunta #1488

Ó incontestável Bwana, que tudo sabe e que tudo vê, responda-me sem delongas:

A palavra tênis tem alguma coisa haver com a palavra sapato? E mais… A palavra tênis (o calçado) tem algo haver com a palavra tênis (o jogo)?

Parabéns pelo sucesso do site! É como eu sempre digo: Quem tem competência se estabelece!
T.

Resposta:

Prezado Sr. Tchê Loco:

“Tênis” vem de TENETZ, o grito que se dava, no Inglês da época, para avisar o adversário que ia ser dado o saque.
Essa palavra vinha do Francês TENNEZ, “tome”.
Esse esporte já era popular na época de Shakespeare e, com o correr do tempo, pegou o nome do aviso.
O calçado com sola de borracha recebeu esse nome porque era usado no esporte: TENNIS SHOES.
Mas, quando você for aos EUA, compre pelo nome que eles usam agora: SNEAKERS, de TO SNEAK, “andar em silêncio, às escondidas”, já que eles fariam menos barulho que calçados com salto duro.
Logo, o nome do calçado tem tudo a ver com o do jogo.
A palavra “sapato” tem origem meio mal definida, parecendo derivar do Turco ZABAT.

Obrigado pelos cumprimentos. É que tenho gente boa ajudando…
Da próxima vez que mandar foto, tire aquele bicho feio ali de cima e deixe só a gatinha.

Pergunta #1487

Antes que o senhor me corrija pela colocação do pronome “tu” ali embaixo:
“DESCE” … “QUERES” … “DESCULPA” …
acertei tudo?

Resposta:

Patty:

Não acertou tudo, não. Em vez de VÁ NAQUELA, é VAI ÀQUELA.
Mas, para quem não está acostumada à segunda pessoa, está bem.

Pergunta #1486

AO RODRIGO AQUI EMBAIXO:

NÃO QUERO TE ASSUSTAR, POR ISSO DAR-TE-EI UMA DICA: VÁ NAQUELA PASTINHA AZUL (ASSUNTO DA EDIÇÃO E DESÇA ATÉ A EDIÇÃO DE NÚMERO 14 “ABREVIATURAS”). LÁ ENCONTRARÁS A ETIMOLOGIA DA PALAVRA IDEM E OUTRAS COISAS INTERESSANTES RELACIONADAS.

QUER SABER O MOTIVO PORQUE TE ASSUSTARIAS? OLHA, NÃO É NADA DE IMPORTANTE, TU SÓ NÃO OUVIRÁS UMA FRASE BEM CONHECIDA AQUI: “VOCÊS TÊM QUE SE VIRAR!” (RISOS)
DE TANTO FICAR TONTA, AGORA ME AJUSTEI!
E AINDA QUEBRANDO O GALHO DOS OUTROS.
AH! DESCULPE: SÊ BEM VINDO AO SITE MAIS HIERÁRQUICO DO PLANETA!!

Resposta:

Pattyconisa:

Muito obrigado, fiel guardiã.
E os outros, aprendam o que é ajudar um pobre e cansado ser idoso.
Mas você não precisava ir assustando nosso novo camarada desse jeito. Primeiro a gente vicia os clientes e depois abusa!

Pergunta #1485

gostaria saber o qual o significado da palavra “idem”…
grato pela ajuda”

Resposta:

Rodrigo:

Significados de palavras são para dicionários, não para nós, tão pobrinhos que somos.
Mas, para não passar por muito chato e porque a explicação é curta, IDEM quer dizer “o mesmo”, tanto em Latim quanto em Português. Daí derivou a palavra “idêntico”.

Moças, aprendam com nosso consulente, que mandou a fotinha sem a gente nem pedir!

Pergunta #1484

E aew, Doutor!!

Olha a caveirinha de novo, bom ela naum tem nada haver com meu fisico, pois tenho 145 Kg… hahahahaha!!!

Bom, so passei para lhe agradecer pela ajuda e dizer que obrigado.

E gostaria de saber a origem das palavras:

> Ética
> Filosofia

E o significado da palavra:

> Lammer
> Pascal

Atenciosamente agradeço!!!

Fique Com Deus!!!

Resposta:

Hacker M.:

Então não é você na foto? Mas você pelo menos é verde?

“Ética” vem do Grego ETHIKÉ, “relativo à moral”, de ETHOS, “costume, conduta, maneira de ser”.

“Filosofia” vem do Grego PHILOS, “amigo” mais SOPHOS, “sabedoria, conhecimento”.

O significado da palavra LAMMER, se é relacionado com Informática , você sabe mais que eu. Quanto à sua origem, provavelmente veio de TO LAM, gíria americana para “fugir rapidamente”, atestada desde 1876. Talvez seja uma alteração de TO LAMBASTE, “bater”, usado pelos escolares ingleses já em 1596, quando a escola era bisonha e fraca.

Quanto a Pascal, há demais o que falar. Defina melhor a que área pertence a palavra, para me ajudar.

Não precisa agradecer. Você é pessoa muito polida.

Pergunta #1483

Qual a origem da palavra RENDA?

Resposta:

Daniela:

Imagino que você se refira à “renda” da área financeira.
Esta palavra vem do Latim RENDITA, usado no lugar de REDDITA, particípio passado do verbo REDDERE, “dar novamente”.

Pergunta #1482

Mestre:

Poderia me dar parecer sobre IDIOSINCRASIA / (não o significado ou emprego, que conheço, mas a “origem da palavra”. Belo site o seu.

Abrs.,

Sérgio

Resposta:

Sérgio:

“Idiossincrasia” vem do Grego IDIOSYNKRASIA, “um temperamento peculiar”, formado por IDIOS, “próprio, privado”, mais SYNKRASIS, “temperamento, mistura de características pessoais”, que por sua vez vem de SYN-, “junto”, mais KRASIS, “unir, misturar”.

Gratos pelo elogio. Isso nos faz bem…

Pergunta #1481

A PAZ DO SENHOR PRA TODOS! Vou ficando por aqui, desconfio que escrevi demais!

SHALON EL SHADDAI forró!

For all who like words.

Resposta:

Ana.Maria:

Para você também.

Pergunta #1480

Shalon é paz, né não? Xiiii, domingo sempre tô com a corda toda…

Resposta:

Ana.Maria:

SHALOM é usado como “paz”, mas literalmente quer dizer “bom estado, adequação, estar completo”.
Vem da mesma raiz de SHALAM, “estava intato, completo, em boa saúde”.

É bom estar com toda a corda. Use-a!

Pergunta #1479

Mesmo que SHENON seja nome anglo-saxão, pode ser um louvor ou cumprimento, a expressão; ou de ritual religioso, não acha? Tipo assim:Axé, Caetano !, ou: Salve, Cesar de Alencar, não de Além-Mar!
E agora é que me caiu a ficha: eu citei uma mistura de frances e espanhol no Vasco, mas era Catalão que eu queria dizer.Falha nossa, desculpe! Vi em Barcelona um jornal, sobre o qual me debrucei horas tentando ler, que tinha uma salada dessas duas línguas, além de numa saída de metrô estar escrito SORTIDA, do frances Sortie, saída.Coisas assim.Eles se dizem de “outro país”, mas a moeda é a mesma da Espanha, o governo, as cidades,eles falam espanhol, enfim, separatismo e conquista vão mudando a geografia política-cultural do mundo e seu falar, ideologias à parte (aqui). Uma delícia isso para quem gosta de palavras. Aloísio, o Cauteloso, parece que a-do-ra!

Resposta:

Ana.Maria:

Meu olfato me diz que SHENON deve ser Hebraico e não aparentado com o tal sobrenome.

Hum, confundir Catalão com Basco pode ser perigoso para a sua saúde.
O Catalão é um idioma de direito próprio, tal como o Português ou o Romeno. Sendo românico, ele tem muitas raízes em comum com vários outros, ficando com isso parecido com os dos seus vizinhos.
Não é correto classificá-lo de mistura, ou o mesmo se poderá dizer do Galego.
Ele tem grande vitalidade na Espanha, pois os catalães são muito apegados ao seu idioma.
Quanto a terem os mesmos sistemas que a Espanha, é porque não conseguiram obter sua independência, pela qual há um grupo importante lutando.

Pergunta #1478

Um tal Aloísio Vasconcelos me disse que SHENON é nome próprio. Será…? Shalon!

Resposta:

Ana.Maria:

Sim, vi SHENON citado como nome próprio, mas se não me engano era Anglo-Saxão.

Pergunta #1477

Olá!
Entrei aqui por recomendação da Bebel.Aliás, gosto do site…
Encontrei uma frase desconhecida, queria saber a tradução.

SHALON EUSHADAI:SHENON ADONAI

Obrigada e boa noite!

Resposta:

Rosana:

Nosso site é sobre Etimologia de idiomas ocidentais.
Você está pedindo uma tradução do Hebraico, coisa que está entre as inumeráveis que não sabemos.
O único que posso dizer é que EL SHADDAI é o nome que foi usado por Deus antes de se revelar para Moisés como Jahweh. Parece derivar de SHAD, “seio, regaço, peito”, mas em geral é traduzido como “todo-poderoso”.
Assim, a frase inicial é uma saudação ou invocação a Ele.
O que nos falta é descobrir SHENON, já que ADONAI é “Senhor”.
Mas tenho certeza de que logo receberemos ajuda de nossos bravos colaboradores para esclarecer isto.
Volte mais tarde.

Pergunta #1476

Amado Mestre
Sempre pode contar com meu auxílio.
A frase em questão da Bebel (1472), segundo alguns exegetas, tem sua origem por volta do ano 80 ou 90 dC, pois os romanos utilizavam-na para verificar se alguns deles se tornaram cristãos. Por isso Vs Tracencia utilizou do Latim: Os modos de como eles agiam denunciavam se eles haviam se convertido ao cristianismo ou não.
E já que estamos falando de romanos, “Gladiador” tem sua origem onde?

Resposta:

Diácono:

Taí. É uma maravilha lidar com tanta gente de superior cultura.
Já que sempre posso contar com o seu auxílio, e quanto àqueles dízimozinhos que não estão chegando aqui?…

“Gladiador” vem do Latim GLADIATOR, “aquele que usa o gládio”, de GLADIUS, “espada curta”. E esta palavra parece ter origem gaulesa, de KLADIOS, derivado do Indo-Europeu QELAD-, “bater, golpear”.

Pergunta #1475

Primeiramente quero agradecer por responder minha pergunta.
Em minha pesquisa no site de busca, diz que “moleque” se originou da palavra “moloque” que era um deus pagão.

Resposta:

Alexandre:

Discordo dessa informação. “Moleque” de origem africana inclusive tem o seu primeiro registro escrito em 1726. Onde teria estado essa palavra entre a época em que Moloch tinha seguidores (certamente antes de Cristo) e o ano citado, período em que não é conhecida?

Pergunta #1474

ETA! No idioma basco é PÁTRIA BASCA E LIBERDADE, mas no caso agora é: Êta, pessoa de fino faro? Sou é curiosa mesmo, gosto de fazer dissecação das palavras e idiomas, como numa aula de Biologia se pega a rã e vai cortando.Euskal Herria,língua aglutinante, estrutura de turco e japonês, bastua;
zorionak, eskerrick asko!

O vasconço é pior que o welsh, Vasconcelos? Ô língua difícil, criança de Gales é gênio – já fala aquilo, pior que japonês e chinês junto!
ana.maria
PS: Se o senhor me corrigir em algum erro de escrita, humildemente agradecerei, não confundindo com erro de digitação.

Resposta:

Ana.Maria:

Você pesquisa muito bem. Chegou logo à EUZKADI TA ASKATASUNA.

O Galês é danado, mas as notícias que temos são de que o êuskaro é mais ainda.

Pergunta #1473

Amado Mestre
Até que enfim peguei um final de semana de folga. Delicadeza e Patty não me dão folga, mas acho que se esqueceram de mim por instantes…
Sabemos que este espaço é para que Vs Tracência nos dê a origem de cada palavra, mas não pude deixar de observar a pergunta da BEBEL (1454) sobre Páscoa. Peço permissão para completar a resposta, pois como mestre CMA (Cosmologia Mistica Aleatória) não posso deixar passar em branco.
Quanto a origem da palavra, já foi explanadA magnificamente por nosso Amado Mestre. O sentido vai agora. Essa festa surgiu em celebração do povo Hebreu para relembrar os anos de escravidão no Egito. Todos os anos eles fazem a festa da Páscoa, conhecida também como Festa dos Pães Ázimos. Os Cristão adotaram esta data após a ressurreição de Cristo para celebrar, agora, a vitória da Vida sobre a morte. Desde então, todos os anos, fazemos isso. Quero lembrar também que a Páscoa é comemorada de acordo com a “data lunar”. Deixo esta explicação para nossa Diaconiza Patty, afinal ela também tem que fazer alguma coisa.
Amado mestre….nos dê a origem de “ÁZIMO”.

Resposta:

Diác. Reb.:

Agradeço sua explicação. Em breve, com nossos conhecimentos combinados, acho que poderemos fazer uma Enciclopédia aqui.

Sim, a Páscoa é uma festa antiga que segue o calendário lunar que os hebreus dominaram durante sua estada na Babilônia.
O domingo da Páscoa é definido, se não me falham as antenas, como “o primeiro domingo após a primeira lua cheia depois do equinócio vernal no hemisfério norte”.

“Ázimo” vem do Grego AZYMOS, “sem levedura, sem fermento”, de A-, “sem, não”, mais ZYMÉ, “fermento”.
O pão ázimo, para os judeus, era relacionado com a pureza, pois era de uma massa não-contaminada.

Origem Da Palavra