Consultório Etimológico

Perlustrar

Palavras: perlustrar

Qual a origem da palavra “perlustrar”?

Resposta:

Ele se formou do Latim PER, “de todo, completamente”, mais LUSTRARE, “limpar, dar brilho” e se referia a observar com minúcia alguma situação ou fato.

Etimologia dos nomes próprios Cátia e Shakira

Palavras: Cátia , Kátia , Shakira

A propósito: o site está ficando cada vez maior, melhor e mais completo, sem dúvidas!

Resposta:

Bondade sua…

a. Diminutivo do nome russo EKATERINA, do Grego EKATERINA, “puro, imaculado”. Em Português usamos Catarina.

b. Do Árabe SHAKIRA, “agradecida”.

B.

Etimologia da palavra tequila

Palavras: tequila

O nome já vem do espanhol?

A propósito: fui enviar essa pergunta e deu um erro na tela na hora, não sei se foi enviada antes, vocês então me perdoem por uma possível duplicata!

Resposta:

O nome vem do Náhuatl, TEQUILA, de TÉQUITL, “trabalho, ofício, emprego”, mais TLAN, “lugar”: “local onde são efetuados certos labores”. Hoje em dia, Tequila designa um município e cidade no Estado de Jalisco, onde se elabora essa aguardente à base de agave muito conhecida.

Guano, Minarete, Pepita e Salitre

Palavras: guano , minarete , pepita , salitre

Boa tarde,

Qual a origem de:

GUANO
MINARETE
PEPITA
SALITRE

Resposta:

a. Do Espanhol HUANO, “esterco”, do Quéchua WANU, “esterco, fertilizante”.

b. Do Espanhol MINARETE, do Árabe MANARAH, “farol”, talvez ligado a NAR, “fogo”.

c. Do Latim PIPPITA, “semente, pevide”, por paralelo entre tamanhos.

d. Do Latim SAL NITRUM, que designava o natrão, carbonato de sódio hidratado.

Etimologia de termos edumentários

Faz tempo que não tiro dúvidas aqui.
Gostaria de saber a origem sobre alguns termos da edumentária:
Edumentária;
Fato (por favor, não confundam com “facto”);
Fraque;
Casaca (jaqueta de maestros e do Coringa);
Costume (no sentido de vestes);
Lapela;
Alexandrino (uniforme de gala da Marinha);
Labita;

Resposta:

Tiago, houve algum problema de grafia. Atrevemo-nos a sugerir que você quis dizer indumentária, a outra palavra não existe.

a. A origem da que acabamos de citar se encontra em nossa Lista de Palavras.

b. No sentido de vestimenta, viria do Gótico FAT, “trapo, roupa, trajo, bagagem para deslocamento”.

c. Do Francês FRAC, de FROC, “vestimenta grosseira de monges”. Mudou bastante de significado.

d. Da expressão italiana veste cosacca, “roupa cossaca”. E “cossaco” vem do Russo kozak, do Turco qaz, “andar sem destino”.

e. Viria do Latim CONSUETUDO, “hábito, costume”, ligado ao uso repetido de certas vestimentas pelo menos em áreas eclesiásticas e militares.

f. Esta origem é incerta.

Talvez você não saiba, mas não respondemos a mais de 6 perguntas por dia.

Entre aqui amanhã para receber as que faltam.

Eis o resto:

g. Do Almirante Alexandrino de Alencar, (1848 – 1926), reorganizador da Marinha do Brasil.

h. É uma alteração de levita, um tipo de casaco cujo nome deriva da tribo hebraica de Levi, cujos membros eram dedicados ao sacerdócio e que usavam vestimentas especiais.

Arborismo

Palavras: arborismo

Gostaria de saber qual a origem da palavra Arborismo e qual seu significado

Resposta:

A origem é o Latim ARBOR, que tinha o significado de “árvore”.

Já o significado se encontra em dicionários.

Sufixo

Gostaria de saber a origem dos sufixos a seguir: Ão, alhão, aça, anzil, eirão, ança e são.
Obrigada desde já!

Resposta:

Infelizmente não dispomos de material para responder a essa pergunta.

Etimólogos, ou caros etimologistas…

Olá, caros mestres. Trago outra dúvida suturna, digo, noturna.

As barraqueiras do baile de hoje envolvem a disputa entre “dissolver” e “desfazer” por seus namoradinhos. Vejam, quando misturamos dois líquidos, fazemos uma “dissolução”. Mas temos uma palavra tão mais próxima que ficaria feliz em ocupar o seu lugar. Refiro-me à “dissolvição” – essa mesma que não tem nada a ver com química, apesar de ter uma semelhança notável com o assunto citado. Claro, jamais aventaria o uso de “desfazeção” (horror!), mas creio que o verbo desfazer anda com substantivos que seriam mais felizes em outros braços…

Ademais, também procurei por “dissolvimento” no VOLP e não encontrei. Acho que ele se magoou, pareço tê-lo ofendido, embora não tenha sido minha intenção.

(E dissolução me lembra a resolução de equações quadráticas, que tem duas respostas. Leviandades, ignorem.)

Grato!

Resposta:

Dissolvição seria uma palavra adequada para o caso.

Mas a outra já tomou o seu lugar e é pouco provável uma mudança.

É o caso do Latim DOMUS, “casa”, que acabou sendo substituída em Português por

casa, “barraco, casa pobre”. Quando uma palavra se instala num nicho dificilmente os falantes de modo geral a substituem.

Mais palavras

Para aumentar ainda mais a Lista, peço as etimologias destas 6 palavras:

Incinerar
Dose
Dispositivo
Píxel (com acento porque está aportuguesada)
Hábil
Faia

Valeu 👍

Resposta:

a. Do Latim INCINERARE, “reduzir a cinzas, queimar totalmente”, de IN, “em”, mais CINERE, “cinzas”.

b. Entre na Lista e olhe pela origem de dosar.

c. Do L. DISPONERE, de DIS, “à parte, de lado”, mais PONERE, “colocar”, com o sufixo -itivo, de grande uso em nomenclatura tecnológica.

d. Do Inglês PICTURE ELEMENT. Bem feita, não? Curta e expressiva.

e. Olhe pela origem de habilidade na Lista.

f. Do L. FAGUS, “faia”, o nome dessa árvore que tinha um caráter sagrado em outras épocas.

Mascavar?

Palavras: mascabar , mascavo

Olá novamente, povo de um dos meus sites favoritos. Só depois de muito tempo é que precisei escrever uma pergunta. Estava lidando com umas traduções, e me deparei com “brown sugar”. Que em português conhecemos por “açúcar mascavo”. Aí me dei conta, de que não sei o que carambas significa mascavo/mascavar. Como de costume, vim direto pra cá. Infelizmente não encontrei essa palavra, então achei que seria interessante deixar a pergunta constando: “Qual a origem de mascavo/mascavar?”. Agradeço desde já meus amigos. Um forte abraço a todos.

Resposta:

Prezado amigo Korvo, mascabar, “fazer serviço incompleto”, é uma contração de menoscabar, uma derivação de MINUS CAPUT, “pessoa privada de seus direitos e portanto incompleta”.

Foi associado ao ato de não completar o refinamento do açúcar, deixando-o grosseiro, inacabado.

Retribuímos o abraço.

Etimologias dos nomes próprios Demétrio e Gunther.

Palavras: Demétrio , Guenther

Um grande abraço para toda a equipe!

Resposta:

a. Do Latim DEMETRIUS, “relativo a Deméter, deusa grega”, do Grego DEMETER, possivelmente significando “Mãe Terra”.

b. Do antigo Alemão GUNTER, “guerra, batalha”.

Banheiros

Como escrevo etnograficamente que organizei a história dos banheiros utilizando a ordem cronológica dividida em eras feita de maneira que não condizem com minha percepção histórica por europeus cis heteros e brancos do século IXI

Resposta:

Infelizmente não sabemos; sua pergunta não se encontra dentro da nossa limitada capacidade.

Insulto

Olá, segundo o dicionário etimológico o termo insulto do latim é insultare in -> sobre ou em + sultare-> pular = pular por cima de, mas pode denotar também passar por cima ou atropelar? Então, Quando alguém passa por cima das leis ou dignidade de alguém é considerado um insulto? Qual é a ideia transmitida quando é dito pular, passar por cima, atropelar? Obrigado professores

Resposta:

Rafael, você está exigindo demais de um pobre grupo de etimologistas. Observe que sua pergunta é sobre o significado de palavras, não exatamente sobre a origem.

Essa área é sujeita a muitas avaliações e interpretações diferentes, preferimos não nos envolver no que viria a ser uma longa discussão.

etimologia

Gostaria de saber, se possível, a origem das palavras:

Almíscar
Âmbar
Ânus
Bílis
Hímen
Hífen
Líder
Revólver

Resposta:

Entre em nossa Lista de Palavras e olhe por essas origens. Caso falte alguma, volte com ela.

Sugestão: coloquem uma seção com as etimologias dos nomes dos deuses greco-romanos e nórdicos!

Ou, pelo menos, os principais, já que são em enorme número!

E, se quiserem, aproveitem e coloquem que ambas as mitologias são a mesma, eu descobri que são ao confrontar os significados dos dias da semana em inglês com suas contrapartes em espanhol! Depois disso, consultei em vários sites e confirmam que, por exemplo, Friga é a mesma deusa do que Afrodite e Vênus na realidade!

Resposta:

Sávio, já fizemos referência bastante divertida aos deuses greco-romanos em textos intitulados Os Deuses Antigos  na Nossa Vida,  da Seção Assunto da Edição.

Mas aqui há umas dificuldades. Não acredite que as mitologias eram as mesmas, apenas com mudanças de nome, não. Elas eram muito mais distintas entre si do que nossa cultura atual nos informa. Uns deuses surgiam num povo e eram adaptados por outros povos vizinhos ou subjugados. A  riqueza por trás dessa área é enorme e muito complexa.

E seus nomes são muito antigos, bem anteriores ao começo da escrita. Isso dificulta muito estudar suas origens.

etimologia

Olá. Gostaria de receber a etimologia da palavra “inteligência”.
Obrigada!
Marisa de Oliveira

Resposta:

Entre em nossa Lista de Palavras e olhe por essa origem.

Etimologia

Palavras: celeiro

Origem da palavra celeiro

Resposta:

Ela vem do Latim CELLARIUM, “depósito de provisões, tulha”, de CELLA, “compartimento, peça de uma casa”, relacionado com o verbo CELARE, “esconder”.

Um padre preocupado

Bom dia!

Lembro dos meus tempos do ensino fundamental, onde os mestres nos levavam aos passeios turísticos mais interessantes – e infelizmente pouco conhecidos – da cidade. Num deles, na paróquia local, um padre muito conceituado (exímio historiador da cidade) expôs as mais variadas obras em latim constantes no seu acervo histórico. Ele bem que tentou falar para aquelas crianças algo de latim, porém, após algumas tentativas e numa expressão muito triste, sentiu pelo abandono do ensino do latim nas escolas. Nós, como crianças, ficamos muito curiosas. Certamente não nos oporíamos ao ensino dessa língua atualmente tão misteriosa.

Minha pergunta, que creio ser acessível para os mestres, está muito distante da claridade do ensino que eu tive. Qual o motivo do português, sendo uma língua latina, não ter herdado o sistema de declinações do latim? Por que abandonamos o ensino dele, se é por ali que se constrói grande parte da etimologia?

P. S.: Creio que o papel dos gramáticos – e aqui enfatizo o da ABL – está mais longe dos falantes da língua do que o próprio latim dos padres. Justifico: grande parte do povo brasileiro sequer sabe da existência da Academia, que além de não nos ajudar com a fluidez do idioma, não fundamenta nossos alicerces linguísticos e tampouco mantém uma comunicação clara. Na minha concepção, pode-se deitar ao túmulo a ABL. Já me deram desgosto demais com uma reforma tola em que, por muitos anos, valeram duas alternativas – e nós aprendemos um bananal de regras que caíram. Benéfico ou não, fato é que a ciência exata não renegou suas origens, tendo adotado o latim nos nomes científicos. No português brasileiro, no entanto, o que se vê é a negação da história (lembranças aos pioneiros jesuítas) em detrimento de um ufanismo que nunca fez parte da nossa brasilidade, tão marcada por exploração, quando nos são negados os direitos mais essenciais desde a colônia; censura, quando o Estado Novo proibiu a fala aos imigrantes e ignorância, quando na escola nos expõem um amontoado de regras gramaticais que constrói pouco, afinal sequer existe aqui uma interpretação de texto coerente.

Até mais e obrigado, caros ilustres!

Resposta:

Belas observações. Concordamos com elas.

O Português e outros idiomas romances praticamente abandonaram o sistema de declinações porque os casos destas eram demonstrados pela variação da sílaba final. E a humanidade tem uma tendência danada de engolir o final das palavras. Com isso, a função delas na frase ficava difícil de reconhecer. De tal modo, os idiomas acabaram se tornando analíticos, isto é, passaram a ter as funções designadas por palavras auxiliares, como “de”, “para”, “em”, etc.

Mas não chore muito pela perda, que ela não foi total. Pense que indicar o gênero ou o número de uma palavra são mostras vivas diárias do uso de declinações.

Cindir

Palavras: cindir , cissão

Boa tarde,

Qual a origem da palavra CINDIR?

Resposta:

É o Latim SCINDERE, “cortar”.

ETIMOLOGIA

ETIMOLOGIA DA PALAVRA – RES PONSA BILIDADE………………..??? ta meio confuso poderia me ajudar

Resposta:

“Responsabilidade” vem do Latim RESPONSUS, particípio passado de RESPONDERE, “responder, prometer em troca”, de RE-, “de volta, para trás”, mais SPONDERE, “garantir, prometer”.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!