Consultório Etimológico

Pergunta #1141

Estou de volta…
Professor, qual a origem de “esquizofrenia”?

Grato!

Resposta:

Sérgio:

Essa palavra vem do Grego SCHYZEIN, “separar, dividir”, mais PHRENOS, “cérebro”.

Pergunta #1140

pergunta 1120
O que é super pistolão, professor?
Hexa? Ah, é que eu ainda vou ser uma hexápode, essa vida de humana às vezes cansa. A outra vida parece ser mais light ou não?
Aquelas duas expressões em latim são de Santo Agostinho. Assim que tiver em mãos a frase vou repassá-la ao senhor. A Lúcia vai ficar contente comigo! Também leio os grandes místicos! BOM FIM DE SEMANA ao senhor e às antenas!

Resposta:

Patty F.:

Você está sentada à pata direita da Traça. Por isso você é um grande pistolão. Alías, já se perguntou a razão desta palavra?

Não sei não, minha filha, aposto que, como humana, você nunca é corrida por gente com uma lata de inseticida na mão. Continue assim, que está bom.

Aguardo as frases de Agostinho. Parabéns pelas leituras.

Não fale nas antenas, por favor, que elas se agitam e depois ficam descontroladas e acabo passando vexame em público porque elas não param quietas.

Pergunta #1139

Momento para a cultura!

Boa tarde, prof.!

Agora “peguei pesado”! Meus direitos em primeiro lugar!!!

Cá estou, preciso de ajuda com as palavras: condicionado; efetividade, eficácia, eficiência; regimento e regulamento (que diferença?)

Agradeço pela superdose!

Bom fim de tarde… e um final de semana muito alegre!

Resposta:

Delicadeza:

“Condicionado” vem do Latim CONDITIO, “situação, acordo”, de CONDICERE, “falar com, conversar”, formado por COM-, “junto”, mais DICERE, “dizer”.
Evoluiu em sentido de “estipulação, condições” para “situação, modo de ser” e depois para “trazer a uma situação desejada”, que corresponde ao sentido atual de “condicionado”.

“Efetividade”: do Latim EFFECTUS, “realização, desempenho”, da mesma raiz de EFFICERE, “lidar com, cumprir”, formado por EX-, “fora”, mais FACERE, “fazer”.

“Eficácia”: do Latim EFFICAX, “ativo, o que produz bom resultado”, derivado de EFFICERE.

“Eficiência”: de EFFICIENS, “o que produz”, do mesmo EFFICERE.
“Eficácia” tem uma conotação de realmente alcançar o objetivo, “eficiência” se liga mais a seguir as normas.

“Regimento”: dê uma chegada à seção “Assunto da Edição” e procure “Nas Forças Armadas”, edição 11.

“Regulamento”: de REGULA, “régua”, parente de REGERE, “governar, reger”.
A diferença entre esta palavra e “regimento” não é grande. O nome é escolhido mais conforme a instituição do que outra coisa.

Descrute da sua superdose. Se for necessário, já sabe que trabalhamos no fim de semana também.

Pergunta #1138

Patty, é que sou lenta pra escrever, ou seja, demorei 04 minutos pra editar aquele texto… preciso de um(a) digitador(a)… não sou boa nisso!!! A paz!

Resposta:

Delicadeza, não ligue para a Patty.

Pergunta #1137

Gostaria de saber qual o significado dos nomes dos 12 meses do ano, do nosso calendário.
Obrigada.

Resposta:

Regina Márcia:

Coloque o cursor na caixinha logo aqui acima, com fundo branco, que diz “Consultório Etimológico” e clique. Selecione os números “611-620”, e clique em “Ir”, logo do ladinho. Ali, procure a pergunta nº 618, que explica exatamente isso.

Pergunta #1136

Bom dia!!!!
Nooooosssa, quanto tempom hein!! Uma semana parece um século!!
Faltei ao cultos semanais, mas já retornei,por favor, sem broncas!
Então, as antenas vão bem?
Sabe que é? É que fiquei vagando por aí à procura de ingredientes de alto padrão de qualidade para a ceia natalina que o senhor encomendou. Precisei fazer orçamentos, pois os produtos serão todos exportados de Queensland, o lugar mais próximo onde os encontrei. Não pagarei o frete, aí sobrarão recursos para a sobremesa! Recursos sobrados + montante da Lúcia + dízimos dos membros da IEU… olha! O senhor vai engordar essas antenas prá valer!

A Delicadeza se enganou ali em baixo! Ela conseguiu 2 minutinhos DEPOIS das 8:00 e não antes…. rsrsrsr

Bom, tenho um punhado de palavras hoje:
“Et inhorresco”, “Et inardesco”, “pressuroso e pressuposto” ( que significa este sufixo pressu?), “encomiástico” (aliás, temos que agendar as seções -com ç?- encomiásticas na IEU!), “apologético”, “helenístico”, “taumaturgo”…Ah, por que palavra “personagem” é feminina? Por hoje é só!
Hoje trouxe-lhe uns canapés, se quiser pode dar um (um só!) prá Lúcia, prá Delicadeza, p/ o Rebebes, Selminha, Tânia… um só… que eles se virem!
Ah, professor, o que é ser um fortíssimo pistolão? Era uma indireta??
Inté!

Resposta:

Pattyhexaconisa:

Hexa por quê? Em todo caso, se você o diz, é porque é.
Para que não haja broncas pela demorada ausência de tão importante pessoa em nossa hierarquia, seus dízimos deverão ser elevados e pagos sob a forma de canapés.
As antenas já estavam murchas, pensando que ninguém mais se importava com elas. Mas agora estão mais esperançosas.
Oba! Espero que cheguem logo esses recursos e delícias para roer, que ando mais magro que um graveto.
Hoje vejo que você está decidida. Então vamos trabalhar:

ET INHORRESCO: “e me arrepio, tenho medo, horrorizo-me”.

ET INARDESCO: “e ardo, me inflamo, acendo-me”. De onde você tirou estas?

“Pressuroso e Pressuposto”: aqui você conseguiu um exemplo muito interessante de semelhanças que podem induzir a enganos.
O PREfixo (não SU) PRESSU faz parte da primeira palavra, e vem do Latim PRESSIO, “pressão”, que leva uma pessoa a ter “pressa” no que faz. Mas o início da outra palavra vem do prefixo PRAE-, “antes”, mais SUPONERE, “supor”: “supor antes do tempo, antes da prova”.

“Encomiástico”: do Latim ENCOMIUM, “elogio, loa”, do Grego ENKÓMION, “discurso ou canto em louvor”, de EN-, “em”, mais KOMOS, “celebração”.

“Apologético” – nada a ver com Apolo, não. Do Latim APOLOGIA, do Grego APOLOGÍA, “falar em defesa de”, de APOLOGEISTHAI, “defender-se falando”, de APOLOGOS, “conto, história”, de APO-, “de, fora”, mais LOGOS, “fala”.

“Helenístico”: de HELLENOI, uma tribo que acabou denominando a região e os povos da Grécia.

“Taumaturgo”: do Grego THAUMATOURGÓS, “aquele que espanta os outros por meio de milagres, mágico”, de THAUMA, “mágica, milagre”, mais ERGON, “trabalho”.

A palavra “personagem” é um substantivo de dois gêneros. Você pode tanto usar o artigo masculino como o feminino.

Pergunta #1135

Bom dia, prof.!
Está cada vez mais difícil recorrer à IEU!!! Meu chefe me enche de trabalho e não dá tempo pra receber a dose diária… Mas hoje, consegui dois minutinhos antes das 8:00h para estar com os fiéis… por favor, não me considere inadimplente!
Preciso de ajuda na palavra: holística.
Muito agradecida!

Resposta:

Delicadeza:

Diga ao seu chefe que ele precisa lhe dar tempo para a Cultura. E avise que é melhor ninguém se meter com a poderosíssima IEU!

“Holística” vem do Grego HÓLOS, “todo, inteiro, total”.

Pergunta #1134

Boa tarde!

Mestre, gostaria de saber a origem das palavras:

* obrigado
* Iberico
* latino

Obrigado!

Resposta:

Erivelton:

Estou preocupado com a sua saúde. O seu médico não disse que você iria ficar mais verde? Pois não vejo melhora. Como anda o seu nível de clorofila?

“Obrigado”: do Latim OBLIGARE, “obrigar”, de OB-, “a”, mais LIGARE, “unir, ligar”. Quem deve um favor a outrem está como que “ligado a” essa pessoa.

“Ibérico”: do Grego IBERES, nome atribuído a um povo celta da Espanha. Crê-se que seja ligado ao nome do Rio Ebro, na Espanha.

“Latino”: de LATINUS, “habitante do Lácio”, que era a região ao redor de Roma, e que recebeu este nome por ter pouco relevo (LATUS, “plano” em Latim).

Pergunta #1133

Olá professor, gostaria da origem da palavra “adorar”, obrigado.

Resposta:

JD:

“Adorar” vem do Latim ADORARE, “rezar para”, formado de AD-, “para”, mais ORARE, “rezar, orar”.
E ORARE vem de OS, “boca”, órgão usado para essa finalidade.

Pergunta #1132

Respondendo à Patty 1113: após atenta leitura de suas diversas intervenções aqui no ′pergunte′ – concluí que estou sendo vítima de um ′traçaduto′ acoplado ao desinteresse generalizado por moedas, pois até agora não vi a cor sequer de um tostão furado, nem mesmo um ′pila′.
Perguntinha de hoje: origem da palavra ′miríades′ com a qual o livro do Apocalipse se refere à quantidade de anjos.

Resposta:

Lúcia:

Favor não me envolver nessas broncas humanas. Como não passo de um ingênuo inseto, às vezes penso se não estou sendo usado para locupletar as burras de certos bípedes implumes.
Eu tampouco recebi um átimo de centavo sequer. E agora?

“Miríade” é do Grego MYRIAS, inicialmente “incontável” e depois “dez mil”.
“Miríades de anjos” significa “dezenas de milhares de anjos”.

Pergunta #1131

Gostaria de saber a origem da palavra comunidade. Obrigado

Resposta:

Antonio Carlos:

Essa palavra tem uma raiz Indo-Européia MOI-, “mudança, troca”. Ela se reuniu a outra raiz de uso para coletivos, KOM-, produzindo KOMOIN-, “repartido entre todos”.
Daí derivou o Latim COMMUNIS, de onde vem “comunidade”.
Outros derivados são: “comunhão”, “comunicar”, “comunismo”.

Pergunta #1130

Olá, gostaria de saber a origem da palavra “prática”.

Obrigada!!

Resposta:

Olá, Aline.

“Prática” vem do Grego PRÁSSEIN, “fazer, praticar”.
PRAKTIKÓS era “relativo à ação, prático”.
“Pragmático” é outra palavra que deriva daí.

Pergunta #1129

Gostaria de saber a origem da palavra
Dwitza, e seu significado, nome de um álbum totalmente
instrumental do cantor Ed Motta.

Grata

ADriana

Resposta:

Adriana:

Essa palavra não existe nos idiomas que pesquisamos. Palavras usadas como títulos no meio artístico muitas vezes são criações do autor, jogos sonoros, até reminiscências particulares.

Pergunta #1128

Origem da palavra negócio

Resposta:

Valério:

“Negócio” vem do Latim NEGOTIUM, formado por NEC-, “não”, mais OTIUM, “descanso, ócio”.
Só faz negócio quem não está descansando.

Pergunta #1127

Oi Professor, comop esta? Espero que tudo certo.
A minha dúvida é em relação a Nome.
Terei uma filhinha e provavelmente colocarei o nome de Isabela.
Gostaria de saber se existe um significado e qual é a correta grafia deste nome?
Dede já, obrigado.

Resposta:

Alysson, há tempo você não nos consultava!

Desde já, parabéns pela filha. Ela há de trazer muitas alegrias.
“Isabela” é uma variante de “Isabel”. E esta vem da forma grega, ELÍSABET, do Hebreu ELISHEBA, “Deus é meu juramento”, “consagrada por juramento a Deus”.
Variantes em diversos idiomas: Elisa, Elsa, Elizabeth, Isobel, Isabeau.
“Isabella” (dois LL)é a forma italiana.

Pergunta #1126

Professor

Qual a origem de UTOPIA ?

Grato

Resposta:

Sérgio:

Essa palavra foi cunhada em 1516 por Thomas More para nomear uma ilha no romance político de mesmo nome. O lugar representava a perfeição em moral, ética, legislação, comportamento, etc.
Pertinentemente, o nome foi composto das palavras gregas OÚ, “não”, mais TOPOS, “lugar”.
Ou seja, isso se encontra em lugar nenhum.

Pergunta #1125

Caríssimo Sr.Dr.Tracinha, mui querido,
Paz! Muita Paz!
Domingo…IEU a meio gás, mas sempre atenta. Vejo que o amado Mestre está muito badalado pelas Diaconisas do nosso País, ainda bem que no exterior não há concorrência…por enquanto!
Vamos dar mais uma dica da nossa casa, suba a Avenida da Torre de Belém, e venha me ver no Natal, a gente toma um café “brasileiro”, marca o horário?!
A de hoje: PHILOKALIA
Boa Semana! De além-mar, sua enviada especial,
Selma

Resposta:

Prezada Selma:

Este tracinha, mui encabulado, agradece e retribui os desejos de paz.
Ah, no exterior não sei se minha existência é conhecida além de você. Há quem diga que você não conta para mais ninguém deste site.
A Avenida da Torre de Belém é a que parte do parque junto à Torre e sobe até terminar numa outra, em curva, onde há um relvado e árvores? Uma que passa por três ruas à direita e cinco à esquerda de quem sobe?
Quero mais informações. Tenho a esperança de localizar a sua morada.

PHILOKALIA significa “amor pelo belo, apreço pela elegância, pela beleza em geral”.
Vem do Grego PHILO, “amizade, amor”, mais KALÓS, “bonito”.
Vocês clientes andam se dando a cada leitura mais elevada!

Pergunta #1124

Professor, também gostaria da forma grega para “organização”, por favor.

Obrigado.

Resposta:

JD:

No sentido de “arranjo”, era DIÁTHESIS.
No de “preparação”, PARASKEUÉ.

Pergunta #1123

Eu de novo professor

Qual a origem de “Limbo” e “Palingenesia”?

Grato

Resposta:

Sérgio:

“Limbo” vem do Latim LIMBUS, “borda, fronteira, orla”.

“Palingenesia” vem do Grego PALIN, “de novo, outra vez”, mais o Latim GENESIS, “criação, gênese”.

Você anda com umas leituras muito estranhas.

Pergunta #1122

O Júpiter, Jove para os íntimos era assim chamado pela sua posição de chefia.. Agora, sim, tenho certeza que sou jovial!!
Ah, o senhor nem sabe! Chegou a minha encomenda, além daquela que vou servir na noite de Natal: um Papel cartão produzido em processo alcalino com 4 camadas… Agora vou elaborar um recheio especial. O senhor tem preferência?

Resposta:

Patty:

Já que você anda se dedicando à Pâttisserie (este trocadilho foi fino…) em derivados da celulose, eu adoraria um recheio de borda de papel-Bíblia pintado de ouro com um pouco de açúcar de pergaminho antigo. Pode ser?

Origem Da Palavra